Mesmo com sol intenso de Fortaleza, faltam árvores em algumas praças da cidade

URBANIZAÇÃO

Mesmo com sol intenso de Fortaleza, faltam árvores em algumas praças da cidade

O cochilo despreocupado no banco da praça só é possível porque quando há árvores. O problema é que tem praças em Fortaleza que não oferecem nenhuma sombra

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

21 de maio de 2019 às 16:56

Há 4 semanas
Algumas praças não atraem frequentadores por causa do sol intenso. (Foto: Reprodução/TV Jangadeiro)

Algumas praças não atraem frequentadores por causa do sol intenso. (Foto: Reprodução/TV Jangadeiro)

Quem não gosta de um passeio na praça? Mas em algumas de Fortaleza é praticamente impossível, em determinados horários do dia, por causa do sol forte. É aí que as árvores fazem toda diferença.  O cochilo despreocupado no banco da praça só é possível porque tem muita árvore. O clima fica agradável para uma caminhada, uma corridinha, ou apenas para passar o tempo. O problema é que tem praças na Capital que não oferecem nenhuma sombra e não atraem frequentadores.

A cobertura verde da Praça das Flores, no bairro Aldeota, é fechada e quase não deixa o sol passar. Um alívio para quem vive na Fortaleza de temperatura alta. Esta praça é escolha até de quem mora em outros locais mais distantes da cidade. “A gente vem lá do Álvaro Weyne pra cá, porque lá, não tem um espaço bom assim. A gente vem pra cá porque é mais arborizado, é mais ventilado”, afirma a aposentada Lucia Fernandes.

Já a Praça 31 de Março, na Praia do Futuro, tem uma estrutura muito bacana, mas é pouco utilizada. E quem a gente ainda encontra se protege num pouquinho na sombra do Pinheiro. Em outras praças na região, é possível encontrar o cenário ideal.

A Praça da Bandeira, no Centro, é rodeada por árvores que estão no local há décadas, mas apenas no entorno. Na área central, praticamente não tem sombra, aí fica difícil para as pessoas frequentarem o espaço.

Confira a reportagem completa de Marco Meireles, no Jornal Jangadeiro/TV Jangadeiro:

Publicidade

Dê sua opinião

URBANIZAÇÃO

Mesmo com sol intenso de Fortaleza, faltam árvores em algumas praças da cidade

O cochilo despreocupado no banco da praça só é possível porque quando há árvores. O problema é que tem praças em Fortaleza que não oferecem nenhuma sombra

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

21 de maio de 2019 às 16:56

Há 4 semanas
Algumas praças não atraem frequentadores por causa do sol intenso. (Foto: Reprodução/TV Jangadeiro)

Algumas praças não atraem frequentadores por causa do sol intenso. (Foto: Reprodução/TV Jangadeiro)

Quem não gosta de um passeio na praça? Mas em algumas de Fortaleza é praticamente impossível, em determinados horários do dia, por causa do sol forte. É aí que as árvores fazem toda diferença.  O cochilo despreocupado no banco da praça só é possível porque tem muita árvore. O clima fica agradável para uma caminhada, uma corridinha, ou apenas para passar o tempo. O problema é que tem praças na Capital que não oferecem nenhuma sombra e não atraem frequentadores.

A cobertura verde da Praça das Flores, no bairro Aldeota, é fechada e quase não deixa o sol passar. Um alívio para quem vive na Fortaleza de temperatura alta. Esta praça é escolha até de quem mora em outros locais mais distantes da cidade. “A gente vem lá do Álvaro Weyne pra cá, porque lá, não tem um espaço bom assim. A gente vem pra cá porque é mais arborizado, é mais ventilado”, afirma a aposentada Lucia Fernandes.

Já a Praça 31 de Março, na Praia do Futuro, tem uma estrutura muito bacana, mas é pouco utilizada. E quem a gente ainda encontra se protege num pouquinho na sombra do Pinheiro. Em outras praças na região, é possível encontrar o cenário ideal.

A Praça da Bandeira, no Centro, é rodeada por árvores que estão no local há décadas, mas apenas no entorno. Na área central, praticamente não tem sombra, aí fica difícil para as pessoas frequentarem o espaço.

Confira a reportagem completa de Marco Meireles, no Jornal Jangadeiro/TV Jangadeiro: