Apesar do reforço nas ambulâncias, espera por atendimento continua longa

11 NOVOS VEÍCULOS

Apesar do reforço na frota de ambulâncias, tempo de espera por atendimento continua longo

O Samu opera com 24 ambulâncias em Fortaleza, divididas em 19 de atendimento básico, quatro UTIs e 1 de suporte intermediário. Todos são veículos novos. Onze foram entregues em fevereiro deste ano

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

20 de abril de 2019 às 07:00

Há 1 mês
Por mês, são realizados em média 3.500 atendimentos (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Por mês, são realizados em média 3.500 atendimentos (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Em fevereiro deste ano, a frota de ambulâncias de Fortaleza recebeu 11 novos veículos. A expectativa era melhorar as condições de atendimento e reduzir o tempo de espera por ambulância, mas nem sempre isso acontece.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) opera com 24 ambulâncias em Fortaleza, divididas em 19 de atendimento básico, quatro UTIs e 1 de suporte intermediário. Todos são veículos novos. Onze foram entregues em fevereiro deste ano.

Por mês, são realizados em média 3.500 atendimentos. A demora na chegada das ambulâncias ainda é a principal reclamação da população.

Confira todos os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

11 NOVOS VEÍCULOS

Apesar do reforço na frota de ambulâncias, tempo de espera por atendimento continua longo

O Samu opera com 24 ambulâncias em Fortaleza, divididas em 19 de atendimento básico, quatro UTIs e 1 de suporte intermediário. Todos são veículos novos. Onze foram entregues em fevereiro deste ano

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

20 de abril de 2019 às 07:00

Há 1 mês
Por mês, são realizados em média 3.500 atendimentos (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Por mês, são realizados em média 3.500 atendimentos (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Em fevereiro deste ano, a frota de ambulâncias de Fortaleza recebeu 11 novos veículos. A expectativa era melhorar as condições de atendimento e reduzir o tempo de espera por ambulância, mas nem sempre isso acontece.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) opera com 24 ambulâncias em Fortaleza, divididas em 19 de atendimento básico, quatro UTIs e 1 de suporte intermediário. Todos são veículos novos. Onze foram entregues em fevereiro deste ano.

Por mês, são realizados em média 3.500 atendimentos. A demora na chegada das ambulâncias ainda é a principal reclamação da população.

Confira todos os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: