Duas mulheres que amam o Ceará Sporting Club


Duas mulheres que amam o Ceará Sporting Club

Helena e Ercila têm a vida dedicada ao time

Por Renato Ferreira em Jangadeiro Esporte Clube

29 de maio de 2014 às 18:00

Há 5 anos

Duas mulheres, duas histórias distintas, unidas por amor pelo Ceará Sporting Club. Helena é funcionária do time, responsável por lavar as roupas dos treinos e jogos da equipe. Ercila, é há 100 anos uma torcedora com muito amor ao clube.

Helena chegou aos 16 anos na equipe e espera chegar aos 100 anos alvinegra. Questionada sobre deixar o time ela revela que não gosta nem de tirar férias e revela alguns momentos marcantes. Tiquinho era uma pessoa muito boa, muito danado, mas eu gostava dele”, conta.

Ersila, com seu amor centenário, conta que ouvia no rádio antigamente, para sempre acompanhar o time do coração. “Pra que coisa mais bonita que nosso time ganhar o campeonato?”, humoriza ainda a torcedora.

O neto de Ersila, Pedro, revela que quando era pequeno, tomava como referência a avó, que sabia a escalação completa do time. “Além de assistir ela mandava beijo para os jogadores, era muito engraçado”, relata.

Leia outras matérias relacionadas à Copa do Mundo de 2014.

[uol video=”https://mais.uol.com.br/view/15054471″]

Veja outros vídeos do Jangadeiro Esporte Clube.

Publicidade

Dê sua opinião

Duas mulheres que amam o Ceará Sporting Club

Helena e Ercila têm a vida dedicada ao time

Por Renato Ferreira em Jangadeiro Esporte Clube

29 de maio de 2014 às 18:00

Há 5 anos

Duas mulheres, duas histórias distintas, unidas por amor pelo Ceará Sporting Club. Helena é funcionária do time, responsável por lavar as roupas dos treinos e jogos da equipe. Ercila, é há 100 anos uma torcedora com muito amor ao clube.

Helena chegou aos 16 anos na equipe e espera chegar aos 100 anos alvinegra. Questionada sobre deixar o time ela revela que não gosta nem de tirar férias e revela alguns momentos marcantes. Tiquinho era uma pessoa muito boa, muito danado, mas eu gostava dele”, conta.

Ersila, com seu amor centenário, conta que ouvia no rádio antigamente, para sempre acompanhar o time do coração. “Pra que coisa mais bonita que nosso time ganhar o campeonato?”, humoriza ainda a torcedora.

O neto de Ersila, Pedro, revela que quando era pequeno, tomava como referência a avó, que sabia a escalação completa do time. “Além de assistir ela mandava beijo para os jogadores, era muito engraçado”, relata.

Leia outras matérias relacionadas à Copa do Mundo de 2014.

[uol video=”https://mais.uol.com.br/view/15054471″]

Veja outros vídeos do Jangadeiro Esporte Clube.