Rosier Alexandre: O desafio de mudar os hábitos

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “O desafio de mudar os hábitos”

Para que ocorra a mudança é necessário mudar de atitude, adquirir um novo comportamento e é aí que começa o desafio

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

27 de março de 2017 às 14:15

Há 2 anos

Por Rosier Alexandre

Vou te desafiar a mudar um hábito. Não vou sugerir o que você deve mudar, apenas escolha algo que você sinta que não está bem e trace o seu plano. Primeiro resista a todas as tentações de dar desculpas e se justificar. Para que ocorra a mudança é necessário mudar de atitude, adquirir um novo comportamento e é aí que começa o desafio, pois tudo tende ao repouso, inclusive o nosso corpo.

Ele adora uma zona de conforto e no começo vai te tentar de todas as formas para você continuar exatamente como está, ele vai te mostrar falta de tempo, cansaço, vai te dizer para fazer depois, te mostrar algo mais divertido para se entreter e por aí vai. Serão muitas as formas que o teu corpo vai usar para tentar te impedir de mudar, isso ocorre porque é mais cômodo fazer tudo como sempre fizemos.

Creio que você tenha desejos ainda não realizados, mas com força de vontade e uma autoavaliação crítica você vai entender os perigos de não mudar, pois permanecer na zona de conforto é perigoso e só leva à estagnação. O crescimento só vem com novos hábitos.

Quero te trazer um exemplo de alguns amigos que me dizem que desejam correr uma maratona, mas nunca começam a preparação, porque não conseguem correr mais que 3 ou 4 quilômetros e se desestimulam. Tendo estabelecido a sua meta, sugiro que comece devagar. Mais importante que a velocidade é a direção e a constância, depois vá melhorando com o tempo. Você que hoje só consegue correr 3 quilômetros, se melhorar 1% em cada semana, em menos de 3 anos você terá corrido a sua maratona. Este exemplo vale para todas as áreas da sua vida.

No começo do processo tudo é difícil, depois vai se tornando natural e até automático. Mas não caia na armadilha do imediatismo, tenha paciência, se algo faz sentido pra você, vale investir alguns anos para conquistar. Eu investi mais de 12 anos da minha vida para conseguir escalar a maior montanha de cada continente, mas valeu muito cada dia de treinamento, todas as renúncias e a espera.

Este longo prazo me tornou uma pessoa mais centrada, disciplinada, mais aberta a mudanças e com hábito de planejar antes de começar um trabalho. Isso faz toda a diferença na minha vida e pode fazer também na sua.

Te desejo uma semana cheia de mudanças com o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.

Publicidade

Dê sua opinião

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “O desafio de mudar os hábitos”

Para que ocorra a mudança é necessário mudar de atitude, adquirir um novo comportamento e é aí que começa o desafio

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

27 de março de 2017 às 14:15

Há 2 anos

Por Rosier Alexandre

Vou te desafiar a mudar um hábito. Não vou sugerir o que você deve mudar, apenas escolha algo que você sinta que não está bem e trace o seu plano. Primeiro resista a todas as tentações de dar desculpas e se justificar. Para que ocorra a mudança é necessário mudar de atitude, adquirir um novo comportamento e é aí que começa o desafio, pois tudo tende ao repouso, inclusive o nosso corpo.

Ele adora uma zona de conforto e no começo vai te tentar de todas as formas para você continuar exatamente como está, ele vai te mostrar falta de tempo, cansaço, vai te dizer para fazer depois, te mostrar algo mais divertido para se entreter e por aí vai. Serão muitas as formas que o teu corpo vai usar para tentar te impedir de mudar, isso ocorre porque é mais cômodo fazer tudo como sempre fizemos.

Creio que você tenha desejos ainda não realizados, mas com força de vontade e uma autoavaliação crítica você vai entender os perigos de não mudar, pois permanecer na zona de conforto é perigoso e só leva à estagnação. O crescimento só vem com novos hábitos.

Quero te trazer um exemplo de alguns amigos que me dizem que desejam correr uma maratona, mas nunca começam a preparação, porque não conseguem correr mais que 3 ou 4 quilômetros e se desestimulam. Tendo estabelecido a sua meta, sugiro que comece devagar. Mais importante que a velocidade é a direção e a constância, depois vá melhorando com o tempo. Você que hoje só consegue correr 3 quilômetros, se melhorar 1% em cada semana, em menos de 3 anos você terá corrido a sua maratona. Este exemplo vale para todas as áreas da sua vida.

No começo do processo tudo é difícil, depois vai se tornando natural e até automático. Mas não caia na armadilha do imediatismo, tenha paciência, se algo faz sentido pra você, vale investir alguns anos para conquistar. Eu investi mais de 12 anos da minha vida para conseguir escalar a maior montanha de cada continente, mas valeu muito cada dia de treinamento, todas as renúncias e a espera.

Este longo prazo me tornou uma pessoa mais centrada, disciplinada, mais aberta a mudanças e com hábito de planejar antes de começar um trabalho. Isso faz toda a diferença na minha vida e pode fazer também na sua.

Te desejo uma semana cheia de mudanças com o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.