Aplicativo criado por cearense simplifica burocracia em condomínios


Aplicativo criado por cearense simplifica burocracia em condomínios

Há plataformas para moradores, porteiros e síndicos. A iniciativa venceu como uma das ideia mais inovadoras da Campus Party Brasil 2015

Por Rosana Romão em Tecnologia

3 de outubro de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Ideia foi considerada uma das mais inovadoras da Campus Party Brasil 2015. (FOTO: Divulgação)

Ideia foi considerada uma das mais inovadoras da Campus Party Brasil 2015. (FOTO: Divulgação)

Imagine você ter um problema de infiltração no seu apartamento e não conseguir resolvê-lo porque chega em casa todos os dias à noite e não consegue encontrar o síndico do seu prédio. A solução encontrada é registrar a situação no livro de ocorrências que fica na portaria e esperar que o síndico passe por lá. O processo, além de ser demorado, pode gerar transtorno entre as duas partes. Pensando nisso, um cearense e um catarinense se uniram para criar um aplicativo que diminuir essa burocracia, o Severino App.

“No meu caso, foi bem difícil porque eu era novo no prédio, não tinha o contato da síndica. E, mesmo que eu ligasse à noite poderia incomodar o tempo de qualidade dela com a família”, relembra André Souza, um dos fundadores do aplicativo. Para criar a ferramenta, ele se uniu ao síndico Átila Façanha para entender as necessidades do cargo e pensar em uma tecnologia que atenda tanto os síndicos, quanto os moradores e porteiros.

Foram três meses de pesquisa para obter informações e feedbacks. Decidiram se inscrever para a Campus Party Brasil na categoria Startups Iniciantes. Foram selecionados e, durante o evento, se apresentaram duas vezes e venceram como uma das ideias mais inovadoras. Passaram o mês de agosto trabalhando na usabilidade, e agora estão nos ajustes finais para lançarem a versão final ainda no mês de setembro.

Projeto do aplicativo. (FOTO: Divulgação)

Projeto do aplicativo. (FOTO: Divulgação)

Para adquirir o sistema é preciso que haja adesão de todos os condôminos. Todavia, o síndico é quem comprará o aplicativo, custando apenas R$ 3 por apartamento. O Severino App disponibiliza treinamento para cadastro e uso correto da ferramenta, além de material impresso autoexplicativo. Em Fortaleza, já existem 10 condomínios interessados  em adquirir a tecnologia. Há também interesse de condomínios fora do estado.

Com a tecnologia, é possível disponibilizar um histórico de documentos para o síndico, trazer mais segurança através de um banco de dados, contendo nome e fotos de todos os moradores. Já o serviço de entregas terá de passar por algumas exigências de segurança, como informar identidade, CPF, foto e nome do estabelecimento para o qual trabalha. “Assim, será mais fácil para o porteiro controlar as entradas e também facilita para o morador, que receberá uma notificação no seu celular informando que seu pedido chegou”, detalha André Souza.

Cadastro de visitantes

Os moradores também poderão cadastrar registros de pessoas que costumam ir ao apartamento com frequência, como parentes, diaristas, entre outros. Assim, ao chegarem na portaria, essas pessoas terão acesso liberado e não será preciso interfonar todas as vezes que chegarem. Também será possível para os moradores reservarem o salão de festas com mais conforto e comodidade. Enquanto a plataforma não é lançada, os sócios estão disponíveis para visitarem os condomínios que desejam adquirir o Severino App.

Serviço
Severino App

Publicidade

Dê sua opinião

Aplicativo criado por cearense simplifica burocracia em condomínios

Há plataformas para moradores, porteiros e síndicos. A iniciativa venceu como uma das ideia mais inovadoras da Campus Party Brasil 2015

Por Rosana Romão em Tecnologia

3 de outubro de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Ideia foi considerada uma das mais inovadoras da Campus Party Brasil 2015. (FOTO: Divulgação)

Ideia foi considerada uma das mais inovadoras da Campus Party Brasil 2015. (FOTO: Divulgação)

Imagine você ter um problema de infiltração no seu apartamento e não conseguir resolvê-lo porque chega em casa todos os dias à noite e não consegue encontrar o síndico do seu prédio. A solução encontrada é registrar a situação no livro de ocorrências que fica na portaria e esperar que o síndico passe por lá. O processo, além de ser demorado, pode gerar transtorno entre as duas partes. Pensando nisso, um cearense e um catarinense se uniram para criar um aplicativo que diminuir essa burocracia, o Severino App.

“No meu caso, foi bem difícil porque eu era novo no prédio, não tinha o contato da síndica. E, mesmo que eu ligasse à noite poderia incomodar o tempo de qualidade dela com a família”, relembra André Souza, um dos fundadores do aplicativo. Para criar a ferramenta, ele se uniu ao síndico Átila Façanha para entender as necessidades do cargo e pensar em uma tecnologia que atenda tanto os síndicos, quanto os moradores e porteiros.

Foram três meses de pesquisa para obter informações e feedbacks. Decidiram se inscrever para a Campus Party Brasil na categoria Startups Iniciantes. Foram selecionados e, durante o evento, se apresentaram duas vezes e venceram como uma das ideias mais inovadoras. Passaram o mês de agosto trabalhando na usabilidade, e agora estão nos ajustes finais para lançarem a versão final ainda no mês de setembro.

Projeto do aplicativo. (FOTO: Divulgação)

Projeto do aplicativo. (FOTO: Divulgação)

Para adquirir o sistema é preciso que haja adesão de todos os condôminos. Todavia, o síndico é quem comprará o aplicativo, custando apenas R$ 3 por apartamento. O Severino App disponibiliza treinamento para cadastro e uso correto da ferramenta, além de material impresso autoexplicativo. Em Fortaleza, já existem 10 condomínios interessados  em adquirir a tecnologia. Há também interesse de condomínios fora do estado.

Com a tecnologia, é possível disponibilizar um histórico de documentos para o síndico, trazer mais segurança através de um banco de dados, contendo nome e fotos de todos os moradores. Já o serviço de entregas terá de passar por algumas exigências de segurança, como informar identidade, CPF, foto e nome do estabelecimento para o qual trabalha. “Assim, será mais fácil para o porteiro controlar as entradas e também facilita para o morador, que receberá uma notificação no seu celular informando que seu pedido chegou”, detalha André Souza.

Cadastro de visitantes

Os moradores também poderão cadastrar registros de pessoas que costumam ir ao apartamento com frequência, como parentes, diaristas, entre outros. Assim, ao chegarem na portaria, essas pessoas terão acesso liberado e não será preciso interfonar todas as vezes que chegarem. Também será possível para os moradores reservarem o salão de festas com mais conforto e comodidade. Enquanto a plataforma não é lançada, os sócios estão disponíveis para visitarem os condomínios que desejam adquirir o Severino App.

Serviço
Severino App