São encontrados mortos 3 detentos no IPPOO II em 24 horas


São encontrados mortos 3 detentos no IPPOO II em 24 horas

Sejus informou, por meio de nota, que está acompanhando de perto a apuração de todas as mortes ocorridas na unidade

Por Hayanne Narlla em Segurança Pública

8 de abril de 2016 às 18:31

Há 3 anos
Presos foram encontrados mortos em 24 horas (FOTO: Reprodução OAB)

Presos foram encontrados mortos em 24 horas (FOTO: Reprodução OAB)

Foram encontrados mortos três presos em 24 horas no Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), em Itaitinga. Na quinta-feira (7), dois foram achados por volta das 7h e 8h. Já nesta sexta-feira, o terceiro detento foi localizado por volta das 8h.

Alcides Sousa Vieira foi encontrado com uma corda amarrada ao pescoço nesta sexta. A Perícia e a Delegacia de Homicídios foram chamadas à unidade para adotar as providências cabíveis. Ele respondia por homicídio e estava na unidade desde janeiro de 2015.

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) informou, por meio de nota, que está acompanhando de perto a apuração de todas as mortes ocorridas na unidade e já solicitou o apoio do Ministério Público neste sentido. Em conjunto com a direção das unidades, estão sendo buscada medidas preventivas para evitar esses incidentes.

Outros

Os outros dois detentos foram encontrados por volta das 7h da quinta, enquanto os agentes plantonistas faziam os procedimentos rotineiros da unidade. O primeiro era Carlos Aurélio Pereira Santos. A equipe de saúde da unidade ainda chegou para atendimento, mas Carlos Aurélio já estava sem vida.

Já por volta de 8h, os agentes foram chamados a intervir em uma briga na vivência 5 da unidade. Janderson Silva dos Santos foi levado à enfermaria da unidade, mas não resistiu aos ferimentos. Todas as vivências foram trancadas para que as providências necessárias sejam tomadas.

Carlos Aurelio estava na unidade há um mês. Ele respondia por furto e homicídio. O corpo havia sinais de lesão corporal. Janderson respondia por roubo e estava na unidade desde fevereiro.

Publicidade

Dê sua opinião

São encontrados mortos 3 detentos no IPPOO II em 24 horas

Sejus informou, por meio de nota, que está acompanhando de perto a apuração de todas as mortes ocorridas na unidade

Por Hayanne Narlla em Segurança Pública

8 de abril de 2016 às 18:31

Há 3 anos
Presos foram encontrados mortos em 24 horas (FOTO: Reprodução OAB)

Presos foram encontrados mortos em 24 horas (FOTO: Reprodução OAB)

Foram encontrados mortos três presos em 24 horas no Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), em Itaitinga. Na quinta-feira (7), dois foram achados por volta das 7h e 8h. Já nesta sexta-feira, o terceiro detento foi localizado por volta das 8h.

Alcides Sousa Vieira foi encontrado com uma corda amarrada ao pescoço nesta sexta. A Perícia e a Delegacia de Homicídios foram chamadas à unidade para adotar as providências cabíveis. Ele respondia por homicídio e estava na unidade desde janeiro de 2015.

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) informou, por meio de nota, que está acompanhando de perto a apuração de todas as mortes ocorridas na unidade e já solicitou o apoio do Ministério Público neste sentido. Em conjunto com a direção das unidades, estão sendo buscada medidas preventivas para evitar esses incidentes.

Outros

Os outros dois detentos foram encontrados por volta das 7h da quinta, enquanto os agentes plantonistas faziam os procedimentos rotineiros da unidade. O primeiro era Carlos Aurélio Pereira Santos. A equipe de saúde da unidade ainda chegou para atendimento, mas Carlos Aurélio já estava sem vida.

Já por volta de 8h, os agentes foram chamados a intervir em uma briga na vivência 5 da unidade. Janderson Silva dos Santos foi levado à enfermaria da unidade, mas não resistiu aos ferimentos. Todas as vivências foram trancadas para que as providências necessárias sejam tomadas.

Carlos Aurelio estava na unidade há um mês. Ele respondia por furto e homicídio. O corpo havia sinais de lesão corporal. Janderson respondia por roubo e estava na unidade desde fevereiro.