Operação cumpre 46 mandados de prisão contra integrantes de facção criminosa no Ceará

15 MUNICÍPIOS

Operação cumpre 46 mandados de prisão contra integrantes de facção criminosa no Ceará

No total, foram capturados 17 alvos que atuavam em Fortaleza e RMF, oito no interior do Estado. Ainda foram cumpridos os mandados de prisão contra 21 internos do sistema penitenciário

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

21 de março de 2019 às 16:54

Há 1 mês
A coletiva aconteceu na tarde desta quinta-feira (FOTO: Luciana Lemos/ TV Jangadeiro)

A coletiva aconteceu na tarde desta quinta-feira (FOTO: Luciana Lemos/ TV Jangadeiro)

Um operação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou no cumprimento de 46 mandados de prisão de integrantes de uma organização criminosa do estado. A informação foi divulgada durante coletiva na tarde desta quinta-feira (21).

No total, foram capturados 17 alvos que atuavam em Fortaleza e Região Metropolitana, oito no interior do Estado. Ainda foram cumprido os mandatos de prisão contra 21 internos do sistema penitenciário.

A investigação teve início quando, no final do mês de janeiro, a Polícia Civil prendeu um homem que era responsável por fazer o cadastro de novos integrantes da organização criminosa. A partir desse procedimento foi possível identificar os integrantes da facção. 

“Nosso objetivo é capturar todos os envolvidos em organizações criminosas. Nós trabalhamos diuturnamente com a função de desarticular esses esquemas criminosos”, afirma o delegado Harley Filho, titular da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco), de onde partiram as investigações.

Os mandados foram cumpridos em 15 municípios: Aracati, Barbalha, Caucaia, Forquilha, Fortaleza, Horizonte, Iguatu, Juazeiro, Pacatuba, Quixadá, Jaguaruana, Itaitinga, Eusébio, Pedra Branca e Canindé. A operação mobilizou cerca de 250 policiais civis na capital e interior e coordenada pelo Departamento Técnico Operacional ( DTO) da PCCE. O trabalho policial é resultado de investigação da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

Publicidade

Dê sua opinião

15 MUNICÍPIOS

Operação cumpre 46 mandados de prisão contra integrantes de facção criminosa no Ceará

No total, foram capturados 17 alvos que atuavam em Fortaleza e RMF, oito no interior do Estado. Ainda foram cumpridos os mandados de prisão contra 21 internos do sistema penitenciário

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

21 de março de 2019 às 16:54

Há 1 mês
A coletiva aconteceu na tarde desta quinta-feira (FOTO: Luciana Lemos/ TV Jangadeiro)

A coletiva aconteceu na tarde desta quinta-feira (FOTO: Luciana Lemos/ TV Jangadeiro)

Um operação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou no cumprimento de 46 mandados de prisão de integrantes de uma organização criminosa do estado. A informação foi divulgada durante coletiva na tarde desta quinta-feira (21).

No total, foram capturados 17 alvos que atuavam em Fortaleza e Região Metropolitana, oito no interior do Estado. Ainda foram cumprido os mandatos de prisão contra 21 internos do sistema penitenciário.

A investigação teve início quando, no final do mês de janeiro, a Polícia Civil prendeu um homem que era responsável por fazer o cadastro de novos integrantes da organização criminosa. A partir desse procedimento foi possível identificar os integrantes da facção. 

“Nosso objetivo é capturar todos os envolvidos em organizações criminosas. Nós trabalhamos diuturnamente com a função de desarticular esses esquemas criminosos”, afirma o delegado Harley Filho, titular da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco), de onde partiram as investigações.

Os mandados foram cumpridos em 15 municípios: Aracati, Barbalha, Caucaia, Forquilha, Fortaleza, Horizonte, Iguatu, Juazeiro, Pacatuba, Quixadá, Jaguaruana, Itaitinga, Eusébio, Pedra Branca e Canindé. A operação mobilizou cerca de 250 policiais civis na capital e interior e coordenada pelo Departamento Técnico Operacional ( DTO) da PCCE. O trabalho policial é resultado de investigação da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco).