Polícia apreende carga de alimentos não perecíveis roubados em casa de Fortaleza

TUDO SEM NOTA FISCAL

Polícia apreende carga de alimentos não perecíveis roubados em casa de Fortaleza

A polícia suspeita de que a carga foi armazenada na residência do bairro Autran Nunes, em Fortaleza, para ser revendida a comerciantes da área

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

26 de março de 2019 às 10:18

Há 2 meses
mercadoria

Polícia apreende mercadoria sem nota fiscal. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Após investigação, a Polícia chegou a uma casa com mercadoria não perecível, de procedência não comprovada, que estava armazenada em uma casa no bairro Autran Nunes, em Fortaleza, nesta terça-feira (26). As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Durante a tarde de segunda-feira, os agentes estiveram no imóvel e encontraram várias caixas de produtos como manteiga, bolachas, biscoitos, sem nota fiscal. Depois voltaram para retirar a mercadoria na madrugada desta terça. Duas pessoas foram presas e encaminhadas ao 10º DP.

A polícia recebeu informação e chegou a residência, localizada na Avenida Virgílio de Morais. Por lá, encontrou diversas caixas de alimentos como bolacha, macarrão instantâneo, biscoito, temperos, manteiga e congelados. A carga teria sido roubada e armazenada na casa.

“São caixas de vários valores. São mercadorias perecíveis e não tem como calcular a olho nu. Aí é uma carga roubada, que creio que comerciantes aqui da área já estariam em negociação com essa carga aqui dentro. Essa carga não ia pra longe. Ela ia ficar nos comércios locais. A gente não tem certeza quais seriam os comerciantes, mas creio que as investigações vão conseguir, através dos presos, chegar até os receptadores”, disse o Sargento Maia, do 18º DP.

Duas pessoas foram presas no imóvel, alugado recentemente, possivelmente para o armazenamento, embora não seja o local adequado. O casal disse que a mercadoria não pertencia a eles e que apenas guardavam o material. Os dois foram encaminhados para o 10º DP. Na delegacia, advogados afirmaram para a polícia que a carga tinha nota fiscal mas até a madrugada de terça-feira o documento não foi apresentado e, então, a autoridade policial decidiu pela apreensão do material.

Confira reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta terça-feira (26).

Publicidade

Dê sua opinião

TUDO SEM NOTA FISCAL

Polícia apreende carga de alimentos não perecíveis roubados em casa de Fortaleza

A polícia suspeita de que a carga foi armazenada na residência do bairro Autran Nunes, em Fortaleza, para ser revendida a comerciantes da área

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

26 de março de 2019 às 10:18

Há 2 meses
mercadoria

Polícia apreende mercadoria sem nota fiscal. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Após investigação, a Polícia chegou a uma casa com mercadoria não perecível, de procedência não comprovada, que estava armazenada em uma casa no bairro Autran Nunes, em Fortaleza, nesta terça-feira (26). As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Durante a tarde de segunda-feira, os agentes estiveram no imóvel e encontraram várias caixas de produtos como manteiga, bolachas, biscoitos, sem nota fiscal. Depois voltaram para retirar a mercadoria na madrugada desta terça. Duas pessoas foram presas e encaminhadas ao 10º DP.

A polícia recebeu informação e chegou a residência, localizada na Avenida Virgílio de Morais. Por lá, encontrou diversas caixas de alimentos como bolacha, macarrão instantâneo, biscoito, temperos, manteiga e congelados. A carga teria sido roubada e armazenada na casa.

“São caixas de vários valores. São mercadorias perecíveis e não tem como calcular a olho nu. Aí é uma carga roubada, que creio que comerciantes aqui da área já estariam em negociação com essa carga aqui dentro. Essa carga não ia pra longe. Ela ia ficar nos comércios locais. A gente não tem certeza quais seriam os comerciantes, mas creio que as investigações vão conseguir, através dos presos, chegar até os receptadores”, disse o Sargento Maia, do 18º DP.

Duas pessoas foram presas no imóvel, alugado recentemente, possivelmente para o armazenamento, embora não seja o local adequado. O casal disse que a mercadoria não pertencia a eles e que apenas guardavam o material. Os dois foram encaminhados para o 10º DP. Na delegacia, advogados afirmaram para a polícia que a carga tinha nota fiscal mas até a madrugada de terça-feira o documento não foi apresentado e, então, a autoridade policial decidiu pela apreensão do material.

Confira reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta terça-feira (26).