Pastora evangélica mãe de policial é morta na calçada de casa antes de momento de oração

CONJUNTO CEARÁ

Pastora evangélica mãe de policial é morta na calçada de casa antes de momento de oração

Vera Maria Falcão Andrade, de 52 anos, receberia amigos da igreja quando foi vítima de uma tentativa de assalto

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

22 de novembro de 2018 às 09:28

Há 6 meses
pm

Pastora foi morta durante tentativa de assalto no bairro Conjunto Ceará. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Atualizada às 12h17.

Uma pastora evangélica foi morta na calçada de casa em uma tentativa de assalto no Conjunto Ceará, em Fortaleza. A vítima, Vera Maria Falcão de Andrade, de 52 anos, estava junto a outra pessoa, que estava armada e reagiu. Na troca de tiros, a mulher acabou atingida.

Os bandidos teriam se passado por motorista de aplicativo de transporte particular de passageiros. No entanto, eles haviam sequestrado o motorista que foi obrigado a continuar a corrida. Os dois suspeitos, um menor e um maior, foram apreendidos pela polícia. O crime, que ocorreu nesta quarta-feira (21), está sendo investigado pelo 12º Distrito Policial.

Segundo populares, os homens chegaram em um carro branco, anunciando o assalto e agiram com violência. A vítima estava sentada na calçada, na rua 924, com outra pessoa, que seria um agente de segurança e reagiu a abordagem. No momento, a pastora Vera Maria recebia em casa membros da igreja para uma reunião.

A vítima recebeu um tiro na altura da axila e foi imediatamente socorrida para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, no próprio bairro, mas não sobreviveu. Ela é mãe de um policial militar.

O BP Raio conseguiu localizar os suspeitos já no bairro Granja Portugal. Os suspeitos ainda tentaram se esconder em um Ecoponto, receptor de lixo reciclável, mas a polícia conseguiu capturá-los.

Confira a nota completa da Secretaria de Segurança Pública.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que duas pessoas foram presas suspeitas do latrocínio que vitimou Vera Maria Falcão Barros (52). A captura ocorreu na madrugada desta quinta-feira (22), no bairro Conjunto Ceará, Área Integrada de Segurança (02), em Fortaleza. A dupla, um maior, identificado como Leandro Marcos Marinho (21), e um menor, de 17 anos de idade, foi detida após roubar um carro, sequestrar o motorista e cometer o latrocínio de Vera Maria. Após a ação criminosa, policiais militares do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) realizaram diligências e conseguiram capturar os envolvidos. Os dois foram conduzidos para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde foram autuados – o maior por roubo majorado, latrocínio, tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo, sequestro e cárcere privado; e o menor por atos infracionais análogos aos mesmos crimes. Leandro ainda foi autuado por corrupção de menor. Um revólver calibre 38 com cinco munições deflagradas foi apreendido com a dupla. A Polícia Civil, por meio do 12º Distrito Policial, continua as investigações com o intuito de prender outras duas pessoas que participaram das ações criminosas.

Latrocínio

A vítima, identificada como Vera Lúcia Falcão de Andrade (52), estava sentada na calçada de casa em uma reunião religiosa com membros de uma igreja. Durante a reunião, dois homens se aproximaram em um carro e anunciaram um assalto. Uma das pessoas que estava na reunião reagiu e houve troca de tiros. Um dos disparos atingiu a vítima. Vera foi socorrida por meios próprios ao hospital Nossa Senhora da Conceição no Conjunto Ceará, mas não resistiu.

Antes do latrocínio, os dois suspeitos da ação tinham roubado e sequestrado o motorista de um veículo que atuava com transporte de passageiros. Durante a fuga, a dupla trocou tiros com a composição militar. O maior, Leandro, foi atingido no pé.

Publicidade

Dê sua opinião

CONJUNTO CEARÁ

Pastora evangélica mãe de policial é morta na calçada de casa antes de momento de oração

Vera Maria Falcão Andrade, de 52 anos, receberia amigos da igreja quando foi vítima de uma tentativa de assalto

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

22 de novembro de 2018 às 09:28

Há 6 meses
pm

Pastora foi morta durante tentativa de assalto no bairro Conjunto Ceará. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Atualizada às 12h17.

Uma pastora evangélica foi morta na calçada de casa em uma tentativa de assalto no Conjunto Ceará, em Fortaleza. A vítima, Vera Maria Falcão de Andrade, de 52 anos, estava junto a outra pessoa, que estava armada e reagiu. Na troca de tiros, a mulher acabou atingida.

Os bandidos teriam se passado por motorista de aplicativo de transporte particular de passageiros. No entanto, eles haviam sequestrado o motorista que foi obrigado a continuar a corrida. Os dois suspeitos, um menor e um maior, foram apreendidos pela polícia. O crime, que ocorreu nesta quarta-feira (21), está sendo investigado pelo 12º Distrito Policial.

Segundo populares, os homens chegaram em um carro branco, anunciando o assalto e agiram com violência. A vítima estava sentada na calçada, na rua 924, com outra pessoa, que seria um agente de segurança e reagiu a abordagem. No momento, a pastora Vera Maria recebia em casa membros da igreja para uma reunião.

A vítima recebeu um tiro na altura da axila e foi imediatamente socorrida para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, no próprio bairro, mas não sobreviveu. Ela é mãe de um policial militar.

O BP Raio conseguiu localizar os suspeitos já no bairro Granja Portugal. Os suspeitos ainda tentaram se esconder em um Ecoponto, receptor de lixo reciclável, mas a polícia conseguiu capturá-los.

Confira a nota completa da Secretaria de Segurança Pública.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que duas pessoas foram presas suspeitas do latrocínio que vitimou Vera Maria Falcão Barros (52). A captura ocorreu na madrugada desta quinta-feira (22), no bairro Conjunto Ceará, Área Integrada de Segurança (02), em Fortaleza. A dupla, um maior, identificado como Leandro Marcos Marinho (21), e um menor, de 17 anos de idade, foi detida após roubar um carro, sequestrar o motorista e cometer o latrocínio de Vera Maria. Após a ação criminosa, policiais militares do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) realizaram diligências e conseguiram capturar os envolvidos. Os dois foram conduzidos para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde foram autuados – o maior por roubo majorado, latrocínio, tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo, sequestro e cárcere privado; e o menor por atos infracionais análogos aos mesmos crimes. Leandro ainda foi autuado por corrupção de menor. Um revólver calibre 38 com cinco munições deflagradas foi apreendido com a dupla. A Polícia Civil, por meio do 12º Distrito Policial, continua as investigações com o intuito de prender outras duas pessoas que participaram das ações criminosas.

Latrocínio

A vítima, identificada como Vera Lúcia Falcão de Andrade (52), estava sentada na calçada de casa em uma reunião religiosa com membros de uma igreja. Durante a reunião, dois homens se aproximaram em um carro e anunciaram um assalto. Uma das pessoas que estava na reunião reagiu e houve troca de tiros. Um dos disparos atingiu a vítima. Vera foi socorrida por meios próprios ao hospital Nossa Senhora da Conceição no Conjunto Ceará, mas não resistiu.

Antes do latrocínio, os dois suspeitos da ação tinham roubado e sequestrado o motorista de um veículo que atuava com transporte de passageiros. Durante a fuga, a dupla trocou tiros com a composição militar. O maior, Leandro, foi atingido no pé.