Casa de chacina no Porto das Dunas fica a 350 metros do vizinho mais próximo

NO MEIO DO NADA

Casa de chacina no Porto das Dunas fica a 350 metros do vizinho mais próximo

A casa onde a quadrilha foi morta fica no alto do morro do Porto das Dunas, a 3 quilômetros da orla

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

6 de junho de 2017 às 07:00

Há 2 anos

A casa fica em local bastante afastado da orla do Porto das Dunas. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

A casa onde houve uma chacina na noite de sábado (3), localizada na praia do Porto das Dunas, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, fica em um local bastante isolado e sem vizinhos próximos, como mostra reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

A residência mais próxima fica a 350 metros da mansão, localizada no alto do morro da praia. A distância até a orla é de 3 quilômetros.

O imóvel havia sido alugado por três dias, para comemorar a soltura de Davi Saraiva Benigno, de 23 anos. O jovem foi preso em uma operação da Polícia Civil, em 2015, suspeito de liderar uma quadrilha de tráfico de drogas sintéticas.

Nesta segunda-feira (5), os donos do imóvel foram até o local e relataram que não estavam presentes quando houve o crime. “A gente só entrega a casa e sai. Entrega na sexta e recebe no domingo”, diz a mulher.

Eles ressaltam que tomam o maior cuidado na hora de alugar a casa. “A gente tem muita cautela na hora de alugar. A gente faz contrato, pergunta quem indicou a casa”, conta o homem, que preferiu não se identificar

Segundo os proprietários, o rapaz que fez a reserva da mansão já havia alugado o mesmo local outras duas vezes. Ele foi um dos que conseguiram escapar da chacina. “Já tinha alugado outras vezes e com muito sucesso. Era um menino sempre preocupado em manter tudo direitinho“, conta o proprietário.

Chacina no Porto das Dunas
1/2

Chacina no Porto das Dunas

FOTO: Reprodução/Maps

Chacina no Porto das Dunas
2/2

Chacina no Porto das Dunas

FOTO: Reprodução/Maps

Confira o relato dos proprietários no vídeo (entre 2min40 e 3min50) na reportagem do Barra Pesada: 

Rap da Chacina

Nesta segunda-feira (5), também foi divulgado em redes sociais um rap que exalta o ataque surpresa e as mortes dos criminosos. Na letra, há todos os detalhes do ocorrido.

Escute agora, com muita atenção / Eu vou mandar o rap da chacina na mansão / Um monte de vagabundo se juntaram pra curtir / festejando na mansão a soltura do Davi”, diz a canção.

O citado é Davi Saraiva Benigno, de 23 anos. Em 2015, ele havia sido preso em uma operação da Polícia Civil, suspeito de liderar uma quadrilha de tráfico de drogas sintéticas. O rapaz pretendia se tornar o rei do tráfico de ecstasy em Fortaleza, e na sua apreensão foi pego com R$ 220 mil em comprimidos, fazendo a venda num posto de combustíveis.

Em outro trecho da música, o cantor cita que fuzilaram Nilo e “os GDE”. Essa é a facção Guardiões do Estado, uma das que mais crescem no Ceará, ameaçando o poderio do Comando Vermelho e do Primeiro Comando da Capital, que possuem ramificações no Estado.

Banho de sangue
1/2

Banho de sangue

Os investigadores acreditam que a chacina esteja relacionada a disputa pelo tráfico de drogas (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

Banho de sangue
2/2

Banho de sangue

Os investigadores acreditam que a chacina esteja relacionada a disputa pelo tráfico de drogas (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

O caso

Uma festa em mansão da praia do Porto das Dunas terminou em banho de sangue, na noite de sábado (3). Cerca de dez homens encapuzados derrubaram o portão da casa com dois veículos e executaram seis pessoas com tiros de pistola, deixando pelo menos três feridos.

A casa, localizada na Rua Búzios, havia sido alugada por três dias. Segundo a Divisão de Homicídios da Polícia Civil, a festa marcava a comemoração pela libertação de um integrante de facção criminosa. A Polícia Civil investiga a autoria do crime.

Confira a cobertura do caso:

4/6/2017 – Chacina em mansão da praia do Porto das Dunas deixa seis mortos

4/6/2017 – Áudios de sobreviventes relatam cenas de terror na chacina em mansão do Porto das Dunas

5/6/2017 – Rap exalta chacina de membros de facção criminosa em mansão do Porto das Dunas

5/6/2017 – Líder de quadrilha executado queria virar o “rei do tráfico de ecstasy” em Fortaleza

5/6/2017 – Vídeos registram festa de bandidos horas antes de chacina em mansão do Porto das Dunas

Publicidade

Dê sua opinião

NO MEIO DO NADA

Casa de chacina no Porto das Dunas fica a 350 metros do vizinho mais próximo

A casa onde a quadrilha foi morta fica no alto do morro do Porto das Dunas, a 3 quilômetros da orla

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

6 de junho de 2017 às 07:00

Há 2 anos

A casa fica em local bastante afastado da orla do Porto das Dunas. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

A casa onde houve uma chacina na noite de sábado (3), localizada na praia do Porto das Dunas, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, fica em um local bastante isolado e sem vizinhos próximos, como mostra reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

A residência mais próxima fica a 350 metros da mansão, localizada no alto do morro da praia. A distância até a orla é de 3 quilômetros.

O imóvel havia sido alugado por três dias, para comemorar a soltura de Davi Saraiva Benigno, de 23 anos. O jovem foi preso em uma operação da Polícia Civil, em 2015, suspeito de liderar uma quadrilha de tráfico de drogas sintéticas.

Nesta segunda-feira (5), os donos do imóvel foram até o local e relataram que não estavam presentes quando houve o crime. “A gente só entrega a casa e sai. Entrega na sexta e recebe no domingo”, diz a mulher.

Eles ressaltam que tomam o maior cuidado na hora de alugar a casa. “A gente tem muita cautela na hora de alugar. A gente faz contrato, pergunta quem indicou a casa”, conta o homem, que preferiu não se identificar

Segundo os proprietários, o rapaz que fez a reserva da mansão já havia alugado o mesmo local outras duas vezes. Ele foi um dos que conseguiram escapar da chacina. “Já tinha alugado outras vezes e com muito sucesso. Era um menino sempre preocupado em manter tudo direitinho“, conta o proprietário.

Chacina no Porto das Dunas
1/2

Chacina no Porto das Dunas

FOTO: Reprodução/Maps

Chacina no Porto das Dunas
2/2

Chacina no Porto das Dunas

FOTO: Reprodução/Maps

Confira o relato dos proprietários no vídeo (entre 2min40 e 3min50) na reportagem do Barra Pesada: 

Rap da Chacina

Nesta segunda-feira (5), também foi divulgado em redes sociais um rap que exalta o ataque surpresa e as mortes dos criminosos. Na letra, há todos os detalhes do ocorrido.

Escute agora, com muita atenção / Eu vou mandar o rap da chacina na mansão / Um monte de vagabundo se juntaram pra curtir / festejando na mansão a soltura do Davi”, diz a canção.

O citado é Davi Saraiva Benigno, de 23 anos. Em 2015, ele havia sido preso em uma operação da Polícia Civil, suspeito de liderar uma quadrilha de tráfico de drogas sintéticas. O rapaz pretendia se tornar o rei do tráfico de ecstasy em Fortaleza, e na sua apreensão foi pego com R$ 220 mil em comprimidos, fazendo a venda num posto de combustíveis.

Em outro trecho da música, o cantor cita que fuzilaram Nilo e “os GDE”. Essa é a facção Guardiões do Estado, uma das que mais crescem no Ceará, ameaçando o poderio do Comando Vermelho e do Primeiro Comando da Capital, que possuem ramificações no Estado.

Banho de sangue
1/2

Banho de sangue

Os investigadores acreditam que a chacina esteja relacionada a disputa pelo tráfico de drogas (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

Banho de sangue
2/2

Banho de sangue

Os investigadores acreditam que a chacina esteja relacionada a disputa pelo tráfico de drogas (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

O caso

Uma festa em mansão da praia do Porto das Dunas terminou em banho de sangue, na noite de sábado (3). Cerca de dez homens encapuzados derrubaram o portão da casa com dois veículos e executaram seis pessoas com tiros de pistola, deixando pelo menos três feridos.

A casa, localizada na Rua Búzios, havia sido alugada por três dias. Segundo a Divisão de Homicídios da Polícia Civil, a festa marcava a comemoração pela libertação de um integrante de facção criminosa. A Polícia Civil investiga a autoria do crime.

Confira a cobertura do caso:

4/6/2017 – Chacina em mansão da praia do Porto das Dunas deixa seis mortos

4/6/2017 – Áudios de sobreviventes relatam cenas de terror na chacina em mansão do Porto das Dunas

5/6/2017 – Rap exalta chacina de membros de facção criminosa em mansão do Porto das Dunas

5/6/2017 – Líder de quadrilha executado queria virar o “rei do tráfico de ecstasy” em Fortaleza

5/6/2017 – Vídeos registram festa de bandidos horas antes de chacina em mansão do Porto das Dunas