Camilo critica "omissão" do PT na segurança durante gestões no Governo Federal

FOGO AMIGO

Camilo critica “omissão” do PT na segurança durante gestões no Governo Federal

Para o governador, a crise vivida no Ceará é um problema nacional, que não foi trabalhado da forma ideal por todas as últimas gestões do Governo Federal

Por Jéssica Welma em Segurança Pública

9 de janeiro de 2019 às 12:30

Há 5 meses
Camilo Santana disse que "tomou decisão difícil". (Foto: Adriano Paiva/Arquivo/Tribuna do Ceará)

Camilo Santana disse que “tomou decisão difícil”. (Foto: Adriano Paiva/Arquivo/Tribuna do Ceará)

(*) Atualizado às 17h55.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), em entrevista à Tribuna BandNews FM, nesta quarta-feira (9), reafirmou a decisão de enfrentar o crime organizado no Ceará e criticou a “omissão” do Governo Federal na segurança pública nas gestões passadas, incluindo as de seu próprio partido, que governou de 2003 a 2010, com Lula, e de 2011 a 2016, com Dilma Rousseff.

“O Brasil foi dominado por facções criminosas por omissão dos governos. Até o governo que foi presidido pelo meu partido foi omisso”, reconheceu o governador, apontando que o Ceará atravessa os reflexos de um problema nacional.

Questionado se o Governo está surpreso pela extensão da onda de terror que atinge o Ceará desde o dia 2 de janeiro, Camilo entende que os ataques são uma reação aos atos de sua gestão nos primeiros dias de 2019.

“É uma ação dura, é uma problemática em todos os estados brasileiros. Tomamos a decisão de enfrentar. É um momento difícil para garantir, a médio e longo prazo, um futuro melhor para o Estado”, afirmou o governador, que contou nos últimos dias com ajuda do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Camilo reafirmou o diálogo com o Governo Federal e o apoio no envio de tropas, na garantia de vagas nos presídios federais e no contato com o ministro da Justiça, Sergio Moro. “É momento de união, independentemente de partido”.

O governador é enfático ao dizer que a crise na segurança é um problema nacional. “O que posso garantir à população é que não vamos abrir mão de endurecer e ser duro contra o crime. O Estado precisa mostrar que quem manda é o Estado, não tem recuo nesse sentido. Isso precisa ser feito no Brasil inteiro”. 

Prisões

Camilo destacou que 215 pessoas já foram presas por participação nos ataques criminosos que assolam o Ceará há 8 dias. Também foram feitas 21 transferências de presos para presídios federais, ação que deve se estender a outros líderes de facções. O governador frisou que os ataques estão “em declínio”.

“O Ceará se preparou”, afirmou o petista, elencando aumento de agentes da segurança pública, investimentos em equipamentos e em tecnologia, em inteligência e reestruturação do comando do sistema penitenciário.

O governador se esquivou de avaliar a manutenção da divisão de presos por facções nos presídios. Teria sido declaração do novo secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque, de que acabaria com a separação, o estopim da onda de terror. Ainda assim, ele reafirmou que vai endurecer as ações e fez elogios ao secretário.

“Essa é uma decisão que tomei. Fiz uma reestruturação no governo, criei uma secretaria exclusivamente (para o sistema penitenciário), chamei o que há de melhor para comandar essa secretaria, que é o secretário Luís Mauro, que tem experiência, conhece o sistema, sabe o que fazer para colocar a ordem e a disciplina dentro dos presídios. Essa foi minha decisão e teve a consequência disso. Meu maior sofrimento aqui é saber as angústias que a população está sofrendo”, disse Camilo.

Confira a entrevista com Camilo Santana, nos últimos 13 minutos de transmissão:

AO VIVO – TRIBUNA BANDNEWS FM – 09/01/2019

TRIBUNA BANDNEWS PRIMEIRA EDIÇÃO – Acompanhe as principais notícias do dia com Nonato Albuquerque e Ariane Cajazeiras.

Posted by Tribuna Bandnews FM on Wednesday, January 9, 2019

Veja a cobertura sobre o caso:

9/1 – Bandidos passam a quebrar lâmpadas de postes para deixar ruas de Fortaleza às escuras

9/1 – Polícia obriga bandidos a pintar muro onde haviam pichado ameaças em Fortaleza

9/1 – Ônibus de Fortaleza voltam a circular com 100% da frota, garante Sindionibus

9/1 – Onda de terror no Ceará chega ao 8º dia, mas perde força em número de ataques

8/1 – 20 presos devem ser transferidos para sistema prisional de segurança máxima

8/1 – Comércio estima queda de 80% nas vendas por conta de ataques criminosos

8/1 – “População tem que ir às ruas, não podemos nos amedrontar”, defende coronel da PM

8/1 – Prefeitura descontará salário de profissionais que faltarem o trabalho em postos de saúde

8/1 – Em 1 semana, Fortaleza já tem metade do número de ônibus incendiados em 2018

8/1 – Governador vira o principal porta-voz das ações da Polícia durante a onda de terror

8/1 – 2º dia de “toque de recolher” tem comércios e postos de saúde fechados em Fortaleza

8/1 – Nova gestão retira tomadas elétricas de celas em presídios cearenses

8/1 – Instrutor de autoescola fica em estado grave após ter carro incendiado em ataque

8/1 – Trio é preso após gravar vídeo comemorando fechamento de comércio em ‘toque de recolher’

8/1 – Bandidos explodem bomba em ponte na BR-222, em Caucaia, em mais um ataque

8/1 – Linha Oeste do metrô em Fortaleza é paralisada por suspeita de bomba nos trilhos

8/1 – Frota de Fortaleza opera em quase 100%, apesar de ataques, garante o Sindiônibus

8/1 – Sobe para 168 o número de presos por suspeita de participação em ataques no Ceará

8/1 – Onda de terror no Ceará chega ao 7º dia, ganha força e se espalha pelo interior

7/1 – Fortaleza recebe mais 200 agentes da Força Nacional; efetivo supera 500 policiais federais

7/1 – Comércios são fechados por todo o Ceará após ordem de facções criminosas

7/1 – Carro de empresa telefônica é incendiado enquanto funcionários realizavam serviço em poste

7/1 – Ataques de facções a delegacias são previsíveis, afirma Sinpol

7/1 – Quem é o novo secretário que endureceu a relação com os presos no Ceará

7/1 – Patrimônio privado vira novo alvo dos ataques na onda de terror de 2019 no Ceará

7/1 – Mais uma bíblia fica intacta após casa ser incendiada em Fortaleza

7/1 – Governo disponibiliza telefone para população denunciar autores de ataques no Ceará

7/1 – Já existiam ameaças, mas seria impossível evitar todos os ataques, diz secretário da Casa Civil 

7/1 – Caminhão é incendiado a 700 metros de onde a Força Nacional está instalada 

7/1 – Sobe para 148 o número de presos na onda de ataques que causa terror no Ceará 

7/1 – Onda de ataques deve migrar para o interior do Ceará, alerta especialista em segurança

7/1 – Facções ordenam fechamento de estabelecimentos em Fortaleza e mais 4 cidades

7/1 – Onda de ataques prejudica turismo em meio à alta estação em Fortaleza

7/1 – Onda de terror no Ceará chega ao 6º dia de ataques; Líderes de facções são transferidos

7/1 – Sindionibus espera a chegada de policiais para ter toda a frota de Fortaleza em circulação

6/1 – Caminhão é incendiado na Rodovia Estruturante, em Caucaia, no fim da tarde deste domingo

6/1 – Frota de ônibus funcionará normalmente na Grande Fortaleza nesta segunda-feira, diz Sindiônibus

6/1 – Bíblia fica intacta após caminhão ser destruído em ataque em Fortaleza

6/1 – Ataque à antena de telefonia deixa 12 cidades do interior do Ceará sem sinal

6/1 – PMs da Bahia especializados em patrulhamento e explosivistas vão atuar no interior do Ceará

6/1 – Frota de veículos de Ibaretama é destruída em ataque: “triste realidade”, diz gestor da Prefeitura

6/1 – Jericoacoara sofre 2º ataque criminoso em incêndio a veículos estacionados na Prefeitura

6/1 – Fortaleza segue com apenas 108 ônibus atendendo toda a cidade

6/1 – Ponte é explodida e fica com buracos na estrutura na BR-116

6/1 – Onda de terror chega ao 5º dia, se espalha pelo interior e já soma mais de 100 ataques

5/1 – Visitas a detentos das CPPLs 1 e 3 estão suspensas neste final de semana

5/1 – Onda de ataques chega a Jericoacoara, em incêndio a ônibus escolar em creche

5/1 – “Endureceremos cada vez mais contra o crime”, diz Camilo Santana no 4° dia de ataques

5/1 – SSPDS afirma que é falsa nota nas redes sociais que determina toque de recolher no Ceará

5/1 – Maior onda de terror da história do Ceará: Veja o número atualizado de ataques de facções

5/1 – Pichações dizem que onda de ataques só vai parar com saída de secretário

5/1 – Milhares de frangos são queimados vivos após incêndio de caminhão

5/1 – Carros estacionados em shopping são incendiados em ataque

5/1 – Fortaleza e interior vivem mais uma noite de ataques, apesar da chegada da Força Nacional

5/1 – Veja quais linhas de ônibus circulam neste sábado em Fortaleza

4/1 –  “Para resolver o problema das ruas precisamos resolver o dos presídios primeiro”, diz Capitão Wagner

4/1 – Ônibus passam a circular com 3 policiais em cada veículo em Fortaleza

4/1 – 100% das vans de Fortaleza são retiradas de circulação para evitar ataques de facções 

4/1 – Bolsonaro cutuca Camilo ao enviar Força Nacional ao Ceará: “Posição radical contra nós”

4/1 – “Estado perdeu domínio dos presídios e dos bairros onde as facções atuam”, avalia especialista

4/1 – Governo adota reforço na segurança para resguardar Palácio da Abolição

4/1 – Carros de empresas de água e energia são incendiados no Ceará

4/1 – Chefe da operação da Força Nacional será um ex-comandante da elite da PM-CE, indica General Theophilo

4/1 – Coleta de lixo é parcialmente suspensa em Fortaleza devido à onda de ataques

4/1 – “Não recuaremos”, garante secretário de segurança após terrorismo de facções no Ceará

4/1 – Camilo amplia gabinete de crise e confirma 45 prisões de suspeitos de ataques

4/1 – Frota de ônibus de Fortaleza é reduzida a 30% nesta sexta, por segurança contra ataques

4/1 – Concessionária de Fortaleza tem 6 carros incendiados em onda de ataques de facções

4/1 – Viaduto de Caucaia que sofreu explosão recebe operação para evitar desabamento

4/1 – Força Nacional deve chegar ao Ceará até este sábado, com 300 agentes e 30 carros

4/1 – Ceará atinge 3º dia de onda de terror com ataques a ônibus e prédios públicos e privados

4/1 – “Declaração do secretário sobre mudanças em presídios instigou ataques”, avalia especialista

3/1 – Entenda como é a separação dos presídios por facções criminosas no Ceará

3/1 – Viaduto que corre risco de desabar após ataque criminoso passa por operação emergencial

3/1 – Casal de idosos e motorista ficam feridos após ataque a ônibus 

3/1 – Camilo Santana pede apoio da Força Nacional e do Exército após ataques no Ceará 

3/1 – “Pensei que era um meteoro”, diz moradora após explosão em viaduto de Caucaia

3/1 – Secretário opta por não comentar ataques registrados um dia após anunciar mudanças em presídios 

3/1 – Polícia prende 9 suspeitos de envolvimento na onda de ataques na Grande Fortaleza

3/1 – Cartas espalhadas em viaduto atacado ameaçam Governo por mudanças no sistema prisional 

3/1 – Ônibus de Fortaleza vão circular normalmente mesmo após ataques, garante Sindiônibus

3/1 – General Theophilo oferece intervenção federal após ataques no Ceará: “Está na mão do governador”

3/1 – Grande Fortaleza sofre onda de ataques um dia após secretário anunciar fim da divisão de facções em presídios

2/1 – “Haverá matança, se juntar detentos de facções diferentes no mesmo presídio”, alerta Copen

2/1 – Novo secretário promete fim da divisão de presídios por facções no Ceará

Publicidade

Dê sua opinião

FOGO AMIGO

Camilo critica “omissão” do PT na segurança durante gestões no Governo Federal

Para o governador, a crise vivida no Ceará é um problema nacional, que não foi trabalhado da forma ideal por todas as últimas gestões do Governo Federal

Por Jéssica Welma em Segurança Pública

9 de janeiro de 2019 às 12:30

Há 5 meses
Camilo Santana disse que "tomou decisão difícil". (Foto: Adriano Paiva/Arquivo/Tribuna do Ceará)

Camilo Santana disse que “tomou decisão difícil”. (Foto: Adriano Paiva/Arquivo/Tribuna do Ceará)

(*) Atualizado às 17h55.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), em entrevista à Tribuna BandNews FM, nesta quarta-feira (9), reafirmou a decisão de enfrentar o crime organizado no Ceará e criticou a “omissão” do Governo Federal na segurança pública nas gestões passadas, incluindo as de seu próprio partido, que governou de 2003 a 2010, com Lula, e de 2011 a 2016, com Dilma Rousseff.

“O Brasil foi dominado por facções criminosas por omissão dos governos. Até o governo que foi presidido pelo meu partido foi omisso”, reconheceu o governador, apontando que o Ceará atravessa os reflexos de um problema nacional.

Questionado se o Governo está surpreso pela extensão da onda de terror que atinge o Ceará desde o dia 2 de janeiro, Camilo entende que os ataques são uma reação aos atos de sua gestão nos primeiros dias de 2019.

“É uma ação dura, é uma problemática em todos os estados brasileiros. Tomamos a decisão de enfrentar. É um momento difícil para garantir, a médio e longo prazo, um futuro melhor para o Estado”, afirmou o governador, que contou nos últimos dias com ajuda do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Camilo reafirmou o diálogo com o Governo Federal e o apoio no envio de tropas, na garantia de vagas nos presídios federais e no contato com o ministro da Justiça, Sergio Moro. “É momento de união, independentemente de partido”.

O governador é enfático ao dizer que a crise na segurança é um problema nacional. “O que posso garantir à população é que não vamos abrir mão de endurecer e ser duro contra o crime. O Estado precisa mostrar que quem manda é o Estado, não tem recuo nesse sentido. Isso precisa ser feito no Brasil inteiro”. 

Prisões

Camilo destacou que 215 pessoas já foram presas por participação nos ataques criminosos que assolam o Ceará há 8 dias. Também foram feitas 21 transferências de presos para presídios federais, ação que deve se estender a outros líderes de facções. O governador frisou que os ataques estão “em declínio”.

“O Ceará se preparou”, afirmou o petista, elencando aumento de agentes da segurança pública, investimentos em equipamentos e em tecnologia, em inteligência e reestruturação do comando do sistema penitenciário.

O governador se esquivou de avaliar a manutenção da divisão de presos por facções nos presídios. Teria sido declaração do novo secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque, de que acabaria com a separação, o estopim da onda de terror. Ainda assim, ele reafirmou que vai endurecer as ações e fez elogios ao secretário.

“Essa é uma decisão que tomei. Fiz uma reestruturação no governo, criei uma secretaria exclusivamente (para o sistema penitenciário), chamei o que há de melhor para comandar essa secretaria, que é o secretário Luís Mauro, que tem experiência, conhece o sistema, sabe o que fazer para colocar a ordem e a disciplina dentro dos presídios. Essa foi minha decisão e teve a consequência disso. Meu maior sofrimento aqui é saber as angústias que a população está sofrendo”, disse Camilo.

Confira a entrevista com Camilo Santana, nos últimos 13 minutos de transmissão:

AO VIVO – TRIBUNA BANDNEWS FM – 09/01/2019

TRIBUNA BANDNEWS PRIMEIRA EDIÇÃO – Acompanhe as principais notícias do dia com Nonato Albuquerque e Ariane Cajazeiras.

Posted by Tribuna Bandnews FM on Wednesday, January 9, 2019

Veja a cobertura sobre o caso:

9/1 – Bandidos passam a quebrar lâmpadas de postes para deixar ruas de Fortaleza às escuras

9/1 – Polícia obriga bandidos a pintar muro onde haviam pichado ameaças em Fortaleza

9/1 – Ônibus de Fortaleza voltam a circular com 100% da frota, garante Sindionibus

9/1 – Onda de terror no Ceará chega ao 8º dia, mas perde força em número de ataques

8/1 – 20 presos devem ser transferidos para sistema prisional de segurança máxima

8/1 – Comércio estima queda de 80% nas vendas por conta de ataques criminosos

8/1 – “População tem que ir às ruas, não podemos nos amedrontar”, defende coronel da PM

8/1 – Prefeitura descontará salário de profissionais que faltarem o trabalho em postos de saúde

8/1 – Em 1 semana, Fortaleza já tem metade do número de ônibus incendiados em 2018

8/1 – Governador vira o principal porta-voz das ações da Polícia durante a onda de terror

8/1 – 2º dia de “toque de recolher” tem comércios e postos de saúde fechados em Fortaleza

8/1 – Nova gestão retira tomadas elétricas de celas em presídios cearenses

8/1 – Instrutor de autoescola fica em estado grave após ter carro incendiado em ataque

8/1 – Trio é preso após gravar vídeo comemorando fechamento de comércio em ‘toque de recolher’

8/1 – Bandidos explodem bomba em ponte na BR-222, em Caucaia, em mais um ataque

8/1 – Linha Oeste do metrô em Fortaleza é paralisada por suspeita de bomba nos trilhos

8/1 – Frota de Fortaleza opera em quase 100%, apesar de ataques, garante o Sindiônibus

8/1 – Sobe para 168 o número de presos por suspeita de participação em ataques no Ceará

8/1 – Onda de terror no Ceará chega ao 7º dia, ganha força e se espalha pelo interior

7/1 – Fortaleza recebe mais 200 agentes da Força Nacional; efetivo supera 500 policiais federais

7/1 – Comércios são fechados por todo o Ceará após ordem de facções criminosas

7/1 – Carro de empresa telefônica é incendiado enquanto funcionários realizavam serviço em poste

7/1 – Ataques de facções a delegacias são previsíveis, afirma Sinpol

7/1 – Quem é o novo secretário que endureceu a relação com os presos no Ceará

7/1 – Patrimônio privado vira novo alvo dos ataques na onda de terror de 2019 no Ceará

7/1 – Mais uma bíblia fica intacta após casa ser incendiada em Fortaleza

7/1 – Governo disponibiliza telefone para população denunciar autores de ataques no Ceará

7/1 – Já existiam ameaças, mas seria impossível evitar todos os ataques, diz secretário da Casa Civil 

7/1 – Caminhão é incendiado a 700 metros de onde a Força Nacional está instalada 

7/1 – Sobe para 148 o número de presos na onda de ataques que causa terror no Ceará 

7/1 – Onda de ataques deve migrar para o interior do Ceará, alerta especialista em segurança

7/1 – Facções ordenam fechamento de estabelecimentos em Fortaleza e mais 4 cidades

7/1 – Onda de ataques prejudica turismo em meio à alta estação em Fortaleza

7/1 – Onda de terror no Ceará chega ao 6º dia de ataques; Líderes de facções são transferidos

7/1 – Sindionibus espera a chegada de policiais para ter toda a frota de Fortaleza em circulação

6/1 – Caminhão é incendiado na Rodovia Estruturante, em Caucaia, no fim da tarde deste domingo

6/1 – Frota de ônibus funcionará normalmente na Grande Fortaleza nesta segunda-feira, diz Sindiônibus

6/1 – Bíblia fica intacta após caminhão ser destruído em ataque em Fortaleza

6/1 – Ataque à antena de telefonia deixa 12 cidades do interior do Ceará sem sinal

6/1 – PMs da Bahia especializados em patrulhamento e explosivistas vão atuar no interior do Ceará

6/1 – Frota de veículos de Ibaretama é destruída em ataque: “triste realidade”, diz gestor da Prefeitura

6/1 – Jericoacoara sofre 2º ataque criminoso em incêndio a veículos estacionados na Prefeitura

6/1 – Fortaleza segue com apenas 108 ônibus atendendo toda a cidade

6/1 – Ponte é explodida e fica com buracos na estrutura na BR-116

6/1 – Onda de terror chega ao 5º dia, se espalha pelo interior e já soma mais de 100 ataques

5/1 – Visitas a detentos das CPPLs 1 e 3 estão suspensas neste final de semana

5/1 – Onda de ataques chega a Jericoacoara, em incêndio a ônibus escolar em creche

5/1 – “Endureceremos cada vez mais contra o crime”, diz Camilo Santana no 4° dia de ataques

5/1 – SSPDS afirma que é falsa nota nas redes sociais que determina toque de recolher no Ceará

5/1 – Maior onda de terror da história do Ceará: Veja o número atualizado de ataques de facções

5/1 – Pichações dizem que onda de ataques só vai parar com saída de secretário

5/1 – Milhares de frangos são queimados vivos após incêndio de caminhão

5/1 – Carros estacionados em shopping são incendiados em ataque

5/1 – Fortaleza e interior vivem mais uma noite de ataques, apesar da chegada da Força Nacional

5/1 – Veja quais linhas de ônibus circulam neste sábado em Fortaleza

4/1 –  “Para resolver o problema das ruas precisamos resolver o dos presídios primeiro”, diz Capitão Wagner

4/1 – Ônibus passam a circular com 3 policiais em cada veículo em Fortaleza

4/1 – 100% das vans de Fortaleza são retiradas de circulação para evitar ataques de facções 

4/1 – Bolsonaro cutuca Camilo ao enviar Força Nacional ao Ceará: “Posição radical contra nós”

4/1 – “Estado perdeu domínio dos presídios e dos bairros onde as facções atuam”, avalia especialista

4/1 – Governo adota reforço na segurança para resguardar Palácio da Abolição

4/1 – Carros de empresas de água e energia são incendiados no Ceará

4/1 – Chefe da operação da Força Nacional será um ex-comandante da elite da PM-CE, indica General Theophilo

4/1 – Coleta de lixo é parcialmente suspensa em Fortaleza devido à onda de ataques

4/1 – “Não recuaremos”, garante secretário de segurança após terrorismo de facções no Ceará

4/1 – Camilo amplia gabinete de crise e confirma 45 prisões de suspeitos de ataques

4/1 – Frota de ônibus de Fortaleza é reduzida a 30% nesta sexta, por segurança contra ataques

4/1 – Concessionária de Fortaleza tem 6 carros incendiados em onda de ataques de facções

4/1 – Viaduto de Caucaia que sofreu explosão recebe operação para evitar desabamento

4/1 – Força Nacional deve chegar ao Ceará até este sábado, com 300 agentes e 30 carros

4/1 – Ceará atinge 3º dia de onda de terror com ataques a ônibus e prédios públicos e privados

4/1 – “Declaração do secretário sobre mudanças em presídios instigou ataques”, avalia especialista

3/1 – Entenda como é a separação dos presídios por facções criminosas no Ceará

3/1 – Viaduto que corre risco de desabar após ataque criminoso passa por operação emergencial

3/1 – Casal de idosos e motorista ficam feridos após ataque a ônibus 

3/1 – Camilo Santana pede apoio da Força Nacional e do Exército após ataques no Ceará 

3/1 – “Pensei que era um meteoro”, diz moradora após explosão em viaduto de Caucaia

3/1 – Secretário opta por não comentar ataques registrados um dia após anunciar mudanças em presídios 

3/1 – Polícia prende 9 suspeitos de envolvimento na onda de ataques na Grande Fortaleza

3/1 – Cartas espalhadas em viaduto atacado ameaçam Governo por mudanças no sistema prisional 

3/1 – Ônibus de Fortaleza vão circular normalmente mesmo após ataques, garante Sindiônibus

3/1 – General Theophilo oferece intervenção federal após ataques no Ceará: “Está na mão do governador”

3/1 – Grande Fortaleza sofre onda de ataques um dia após secretário anunciar fim da divisão de facções em presídios

2/1 – “Haverá matança, se juntar detentos de facções diferentes no mesmo presídio”, alerta Copen

2/1 – Novo secretário promete fim da divisão de presídios por facções no Ceará