Bombeiros fazem buscas a pescador que se afogou no rio Maranguapinho

PREOCUPAÇÃO

Bombeiros fazem buscas a pescador que se afogou no rio Maranguapinho

Nos três primeiros meses de 2019, o Corpo de Bombeiros registrou 20 afogamentos fatais em rios e açudes no Ceará

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

17 de abril de 2019 às 10:56

Há 1 mês

Bombeiros procuram corpo de pescador desaparecido. (FOTO: Reproduçaõ/TV Jangadeiro)

Um pescador foi vítima de afogamento e está desaparecido no rio Maranguapinho, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, no fim da tarde de segunda-feira (15). José Maria, de 65 anos, estava pescando com amigos quando caiu na água e ainda não foi encontrado.

Os bombeiros foram acionados para realizar as buscas na área. Nesta quarta-feira (17), uma retroescavadeira foi solicitada para limpar a área de busca dos mergulhadores.

José Maria, também conhecido como Zelão, estava numa pescaria com amigos, em trecho do rio, no bairro Maracanãzinho, quando caiu na água.

O Corpo de Bombeiros esteve no local para buscas iniciais, mas o homem ainda não foi encontrado. Na manhã desta quarta-feira, a equipe do Núcleo de Busca e Salvamento retomou a procura, mas, após três horas de procura, o pescador ainda não havia sido localizado.

O local é de difícil acesso. As operações de mergulho começaram nesta terça-feira e continuam ainda nesta quarta. A dificuldade é que o local tem correnteza forte e há muitos aguapés, o que dificulta a varredura de mergulho. Assim, o Corpo de Bombeiros solicitou uma retroescavadeira para limpar a área melhorar a varredura.

Nos três primeiros meses de 2019, o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) registrou 20 ocorrências de afogamentos fatais em rios e açudes em todo o estado. O número supera em 300% o registrado no mesmo período do ano passado.

Confira a reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta quarta-feira (17).

Publicidade

Dê sua opinião

PREOCUPAÇÃO

Bombeiros fazem buscas a pescador que se afogou no rio Maranguapinho

Nos três primeiros meses de 2019, o Corpo de Bombeiros registrou 20 afogamentos fatais em rios e açudes no Ceará

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

17 de abril de 2019 às 10:56

Há 1 mês

Bombeiros procuram corpo de pescador desaparecido. (FOTO: Reproduçaõ/TV Jangadeiro)

Um pescador foi vítima de afogamento e está desaparecido no rio Maranguapinho, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, no fim da tarde de segunda-feira (15). José Maria, de 65 anos, estava pescando com amigos quando caiu na água e ainda não foi encontrado.

Os bombeiros foram acionados para realizar as buscas na área. Nesta quarta-feira (17), uma retroescavadeira foi solicitada para limpar a área de busca dos mergulhadores.

José Maria, também conhecido como Zelão, estava numa pescaria com amigos, em trecho do rio, no bairro Maracanãzinho, quando caiu na água.

O Corpo de Bombeiros esteve no local para buscas iniciais, mas o homem ainda não foi encontrado. Na manhã desta quarta-feira, a equipe do Núcleo de Busca e Salvamento retomou a procura, mas, após três horas de procura, o pescador ainda não havia sido localizado.

O local é de difícil acesso. As operações de mergulho começaram nesta terça-feira e continuam ainda nesta quarta. A dificuldade é que o local tem correnteza forte e há muitos aguapés, o que dificulta a varredura de mergulho. Assim, o Corpo de Bombeiros solicitou uma retroescavadeira para limpar a área melhorar a varredura.

Nos três primeiros meses de 2019, o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) registrou 20 ocorrências de afogamentos fatais em rios e açudes em todo o estado. O número supera em 300% o registrado no mesmo período do ano passado.

Confira a reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta quarta-feira (17).