Armas de policiais e de bandidos do ataque em Milagres foram recolhidas para perícia

INVESTIGAÇÃO AO CASO

Armas de policiais e de bandidos do ataque em Milagres foram recolhidas para perícia

O governador Camilo Santana anunciou que a Controladoria Geral de Disciplina vai apurar a ação policial que resultou na morte de seis reféns

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

10 de dezembro de 2018 às 09:52

Há 5 meses
Houve troca de tiros entre a polícia e os bandidos (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Houve troca de tiros entre a polícia e os bandidos (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O governador Camilo Santana informou que as armas de policiais e bandidos envolvidos na tragédia de Milagres, na região do Cariri, foram recolhidas. Entre criminosos e reféns, 14 pessoas morreram durante a tentativa de assalto a dois bancos da cidade que foi evitada pela polícia. Além disso, foi anunciada também a criação de um grupo especial de investigação focado no caso.

O pronunciamento foi por meio das redes sociais. A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) vai apurar o ocorrido. O Ministério Público também vai acompanhar as investigações.

“Informo que foi criado um grupo especial de investigação para o caso, com a Delegacia Regional de Brejo Santo, Delegacia Municipal de Milagres e apoio da Delegacia de Roubos e Furtos e do Departamento de Polícia do Interior Sul. A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) abriu investigação preliminar para apurar o ocorrido. Até o momento, oito suspeitos já foram presos em flagrante e 24 pessoas foram ouvidas. As armas dos suspeitos e dos policiais envolvidos na ação foram recolhidas pela Polícia Civil para serem periciadas”, declarou.

O governador continuou. “Reforço que, desde o momento do fato, minha determinação tem sido de investigação rigorosa e isenta, para que toda a ação e suas responsabilidades sejam devidamente apuradas. Nenhuma ação da polícia cearense é feita com a intenção deliberada de tirar vidas, muito menos de vítimas inocentes, que devem sempre ser protegidas em primeiro lugar. Reitero minha solidariedade às famílias das vítimas. Este momento nos coloca um dever ainda maior de proteger vidas e fortalecer a paz”, disse Camilo Santana, nas redes sociais. Confira o texto completo aqui.

Por meio de nota no site oficial, o Ministério Público do Ceará lamentou as mortes em Milagres e informou que o Procurador-geral da Justiça vai designar um grupo de promotores para acompanhar as investigações e garantir apuração completa sobre as mortes no caso.

Entenda o caso

Um grupo fortemente armado chegou à cidade durante a madrugada e tentou atacar duas agências bancárias. De acordo com informações preliminares levantadas pela inteligência e que serão aprofundadas durante o inquérito da Polícia Civil, os assaltantes renderam pessoas que passavam pela BR-116 e levaram os reféns até os bancos.

O grupo utilizou um caminhão para bloquear o acesso dos carros na rodovia. As viaturas do BPChoque entraram na cidade e, ao se posicionar próximo ao banco, se depararam com a ação criminosa em andamento. Houve troca de tiros entre suspeitos e os profissionais de segurança.

Durante o tiroteio, cinco criminosos foram baleados e vieram a óbito no local; outros dois foram atingidos por disparos, socorridos e morreram em unidades hospitalares. O oitavo suspeito morreu em outro confronto com a Polícia no município de Barro. Além dos criminosos, seis reféns foram feridos e morreram. Até o momento, oito pessoas foram presas.

Acompanhe o caso:

9/12/18 – Familiares de reféns mortos em Milagres reclamam da ausência de membros do Governo em velório

9/12/18 – “Vimos uma cena horrorosa de guerra”, diz homem que perdeu 5 familiares em Milagres

8/12/18 – Governo ainda não responde de onde partiram os tiros que mataram 6 reféns em Milagres

8/12/18 – Caso de mortes em Milagres ganha repercussão internacional

8/12/18 – Vereador pede moção de repúdio contra declarações de Camilo Santana sobre caso de Milagres

8/12/18 – Sobe para 8 o número de presos por participação em grupo que tentou roubar bancos

8/12/18 – Secretaria divulga lista de mortos em tentativa de assalto a banco; 2 eram adolescentes

8/12/18 – Sindicato dos Bancários avalia tentativa de assalto com mortes: “indignação e preocupação”

7/12/18 – Sobe para 14 o número de mortos em tentativa de assalto a banco em Milagres

7/12/18 – Clima é de medo e comoção em Milagres, após tiroteio em tentativa de assalto a banco

7/12/18 – Família pernambucana morta em tiroteio voltava do aeroporto com parentes

7/12/18 – Camilo enaltece ação da Polícia em Milagres e questiona se vítimas eram mesmo reféns

7/12/18 – Ceará já registra 47 bancos, caixas eletrônicos e carros-forte atacados em 2018

7/12/18 – Na fuga em Milagres, bandido invadiu casa, deitou na cama de criança e se escondeu com lençol

7/12/18 – Tentativa de assalto a banco em Milagres deixa 12 mortos, dentre eles pessoas de uma mesma família

Publicidade

Dê sua opinião

INVESTIGAÇÃO AO CASO

Armas de policiais e de bandidos do ataque em Milagres foram recolhidas para perícia

O governador Camilo Santana anunciou que a Controladoria Geral de Disciplina vai apurar a ação policial que resultou na morte de seis reféns

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

10 de dezembro de 2018 às 09:52

Há 5 meses
Houve troca de tiros entre a polícia e os bandidos (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Houve troca de tiros entre a polícia e os bandidos (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O governador Camilo Santana informou que as armas de policiais e bandidos envolvidos na tragédia de Milagres, na região do Cariri, foram recolhidas. Entre criminosos e reféns, 14 pessoas morreram durante a tentativa de assalto a dois bancos da cidade que foi evitada pela polícia. Além disso, foi anunciada também a criação de um grupo especial de investigação focado no caso.

O pronunciamento foi por meio das redes sociais. A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) vai apurar o ocorrido. O Ministério Público também vai acompanhar as investigações.

“Informo que foi criado um grupo especial de investigação para o caso, com a Delegacia Regional de Brejo Santo, Delegacia Municipal de Milagres e apoio da Delegacia de Roubos e Furtos e do Departamento de Polícia do Interior Sul. A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) abriu investigação preliminar para apurar o ocorrido. Até o momento, oito suspeitos já foram presos em flagrante e 24 pessoas foram ouvidas. As armas dos suspeitos e dos policiais envolvidos na ação foram recolhidas pela Polícia Civil para serem periciadas”, declarou.

O governador continuou. “Reforço que, desde o momento do fato, minha determinação tem sido de investigação rigorosa e isenta, para que toda a ação e suas responsabilidades sejam devidamente apuradas. Nenhuma ação da polícia cearense é feita com a intenção deliberada de tirar vidas, muito menos de vítimas inocentes, que devem sempre ser protegidas em primeiro lugar. Reitero minha solidariedade às famílias das vítimas. Este momento nos coloca um dever ainda maior de proteger vidas e fortalecer a paz”, disse Camilo Santana, nas redes sociais. Confira o texto completo aqui.

Por meio de nota no site oficial, o Ministério Público do Ceará lamentou as mortes em Milagres e informou que o Procurador-geral da Justiça vai designar um grupo de promotores para acompanhar as investigações e garantir apuração completa sobre as mortes no caso.

Entenda o caso

Um grupo fortemente armado chegou à cidade durante a madrugada e tentou atacar duas agências bancárias. De acordo com informações preliminares levantadas pela inteligência e que serão aprofundadas durante o inquérito da Polícia Civil, os assaltantes renderam pessoas que passavam pela BR-116 e levaram os reféns até os bancos.

O grupo utilizou um caminhão para bloquear o acesso dos carros na rodovia. As viaturas do BPChoque entraram na cidade e, ao se posicionar próximo ao banco, se depararam com a ação criminosa em andamento. Houve troca de tiros entre suspeitos e os profissionais de segurança.

Durante o tiroteio, cinco criminosos foram baleados e vieram a óbito no local; outros dois foram atingidos por disparos, socorridos e morreram em unidades hospitalares. O oitavo suspeito morreu em outro confronto com a Polícia no município de Barro. Além dos criminosos, seis reféns foram feridos e morreram. Até o momento, oito pessoas foram presas.

Acompanhe o caso:

9/12/18 – Familiares de reféns mortos em Milagres reclamam da ausência de membros do Governo em velório

9/12/18 – “Vimos uma cena horrorosa de guerra”, diz homem que perdeu 5 familiares em Milagres

8/12/18 – Governo ainda não responde de onde partiram os tiros que mataram 6 reféns em Milagres

8/12/18 – Caso de mortes em Milagres ganha repercussão internacional

8/12/18 – Vereador pede moção de repúdio contra declarações de Camilo Santana sobre caso de Milagres

8/12/18 – Sobe para 8 o número de presos por participação em grupo que tentou roubar bancos

8/12/18 – Secretaria divulga lista de mortos em tentativa de assalto a banco; 2 eram adolescentes

8/12/18 – Sindicato dos Bancários avalia tentativa de assalto com mortes: “indignação e preocupação”

7/12/18 – Sobe para 14 o número de mortos em tentativa de assalto a banco em Milagres

7/12/18 – Clima é de medo e comoção em Milagres, após tiroteio em tentativa de assalto a banco

7/12/18 – Família pernambucana morta em tiroteio voltava do aeroporto com parentes

7/12/18 – Camilo enaltece ação da Polícia em Milagres e questiona se vítimas eram mesmo reféns

7/12/18 – Ceará já registra 47 bancos, caixas eletrônicos e carros-forte atacados em 2018

7/12/18 – Na fuga em Milagres, bandido invadiu casa, deitou na cama de criança e se escondeu com lençol

7/12/18 – Tentativa de assalto a banco em Milagres deixa 12 mortos, dentre eles pessoas de uma mesma família