Exame de elastografia agora está disponível na rede pública de saúde no Ceará

EXAME DE GRAÇA

Exame de elastografia agora está disponível na rede pública de saúde no Ceará

O exame, que custa em média R$ 1.500 na rede privada, agora está disponível na clínica da ABPH Ceará, em Fortaleza

Por Tribuna do Ceará em Saúde

19 de abril de 2016 às 05:30

Há 3 anos
A clínica da ABPH tem capacidade para atender 1.200 pacientes por mês. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

A clínica da ABPH tem capacidade para atender 1.200 pacientes por mês. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O exame de elastografia avalia a elasticidade do fígado. Além disso, a avaliação permite analisar uma parte maior do órgão, por isso é mais complexo que uma biopsia.

Antes o exame só era realizado na rede particular de saúde, custando, em média, R$ 1.500. Agora o procedimento está disponível gratuitamente na clínica da Associação Brasileira de Portadores de Hepatite, inaugurada em Fortaleza há quase um mês.

O espaço presta atendimento e orientação aos portadores de hepatite C e outras doenças do fígado. A capacidade da clínica é para atender aproximadamente 1.200 pacientes por mês. A consulta deve ser agendada por telefone, tendo em mãos a solicitação médicas.

 

http://mais.uol.com.br/view/15834182

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro 2°edição.
Publicidade

Dê sua opinião

EXAME DE GRAÇA

Exame de elastografia agora está disponível na rede pública de saúde no Ceará

O exame, que custa em média R$ 1.500 na rede privada, agora está disponível na clínica da ABPH Ceará, em Fortaleza

Por Tribuna do Ceará em Saúde

19 de abril de 2016 às 05:30

Há 3 anos
A clínica da ABPH tem capacidade para atender 1.200 pacientes por mês. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

A clínica da ABPH tem capacidade para atender 1.200 pacientes por mês. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O exame de elastografia avalia a elasticidade do fígado. Além disso, a avaliação permite analisar uma parte maior do órgão, por isso é mais complexo que uma biopsia.

Antes o exame só era realizado na rede particular de saúde, custando, em média, R$ 1.500. Agora o procedimento está disponível gratuitamente na clínica da Associação Brasileira de Portadores de Hepatite, inaugurada em Fortaleza há quase um mês.

O espaço presta atendimento e orientação aos portadores de hepatite C e outras doenças do fígado. A capacidade da clínica é para atender aproximadamente 1.200 pacientes por mês. A consulta deve ser agendada por telefone, tendo em mãos a solicitação médicas.

 

http://mais.uol.com.br/view/15834182

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro 2°edição.