Casos de chikungunya continuam assustando população de Fortaleza - Noticias

DOENÇA

Casos de chikungunya continuam assustando população de Fortaleza

Mesmo com as ações no combate ao mosquito Aedes Aegepity situação ainda é preocupante

Por Tribuna do Ceará em Saúde

24 de maio de 2016 às 17:12

Há 3 anos
Casos de Chikungunya crese no Ceará(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Casos de Chikungunya crese no Ceará(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Febre alta, dores pelo corpo, dor de cabeça, cansaço e manchas avermelhadas. O mosquito Aedes aegypti continua assustando a população de Fortaleza. Os casos de chikungunya crescem em larga escala. Até a última semana, mais de 900 pessoas foram confirmadas com a doença no Ceará.

O mais alarmante que é que, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, esse número pode aumentar. O mosquito se reproduz a cada sete dias, então é necessário que as pessoas cuidem de suas casas e terrenos para que possa auxiliar no combate. Veja mais detalhes no vídeo.

 

http://mais.uol.com.br/view/15872820
Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

DOENÇA

Casos de chikungunya continuam assustando população de Fortaleza

Mesmo com as ações no combate ao mosquito Aedes Aegepity situação ainda é preocupante

Por Tribuna do Ceará em Saúde

24 de maio de 2016 às 17:12

Há 3 anos
Casos de Chikungunya crese no Ceará(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Casos de Chikungunya crese no Ceará(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Febre alta, dores pelo corpo, dor de cabeça, cansaço e manchas avermelhadas. O mosquito Aedes aegypti continua assustando a população de Fortaleza. Os casos de chikungunya crescem em larga escala. Até a última semana, mais de 900 pessoas foram confirmadas com a doença no Ceará.

O mais alarmante que é que, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, esse número pode aumentar. O mosquito se reproduz a cada sete dias, então é necessário que as pessoas cuidem de suas casas e terrenos para que possa auxiliar no combate. Veja mais detalhes no vídeo.

 

http://mais.uol.com.br/view/15872820
Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.