Tropas federais atuam no combate a crimes eleitorais durante 2º turno no Ceará


Tropas federais atuam no combate a crimes eleitorais durante 2º turno no Ceará

TSE determinou que militares estejam em 11 municípios do estado; Tribuna do Ceará esteve em 25 locais de votação, mas só verificou a presença em três deles

Por Rosana Romão em Política

26 de outubro de 2014 às 14:34

Há 5 anos

A presença das tropas federais aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para atuar durante o segundo turno das eleições em Fortaleza e mais 10 municípios auxiliaram no combate a crimes eleitorais e até infrações de trânsito. No bairro Pirambu, cerca de 15 militares se reuniram em frente à escola Governador Flávio Marcílio e encaminharam pessoas que praticavam boca de urna à Polícia Federal.

O promotor Sávio Amorim, representante da zona 114 foi até o local, que pertence à zona 82 para auxiliar os militares. “O pessoal do exército fez a abordagem nas pessoas que andavam de motocicleta fazendo carreata, com buzinaço e camisas padronizadas de cor amarela. Agora estamos aguardando um ônibus pra fazer a condução das pessoas responsáveis pelas motocicletas até à polícia federal”, relatou.

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
1/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará
2/25

Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará

Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará

Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará
3/25

Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará

Tropas federais atuam no combate a crimes eleitorais durante 2º turno no Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
4/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
5/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
6/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
7/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
8/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
9/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
10/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
11/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
12/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
13/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
14/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
15/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
16/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
17/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
18/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
19/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
20/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
21/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
22/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
23/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
24/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
25/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Parte dos condutores dessas motocicletas não usavam capacete e haviam menores de idade pilotando o veículo. Um jovem foi preso por ter desacatado um oficial da polícia militar. “As infrações estão proliferando com desrespeito às instituições e à legislação e nós à medida do possível vamos coibir com ímpeto”, conclui o promotor.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou a vinda de 2.500 soldados do exército para atuar nas zonas eleitorais de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Sobral, Crateús e Aracati, Fortaleza, Caucaia, Maranguape, Pacatuba e Maracanaú. O Tribuna do Ceará esteve presente em 25 locais de votação em Fortaleza, mas só verificou a presença de tropas federais em três deles: Escola Governador Flávio Marcílio, no bairro Pirambu, e na Escola Herondina Lima Cavalcante, localizada no bairro Vila Velha, e na Apae, entre a Rua Doralice Costa e a Avenida Rogaciano Leite, Bairro Luciano Cavalcante, em Fortaleza, foram avistados militares fazendo ronda, mas sem abordagem à eleitores.

Confira os 22 locais visitados pelo Tribuna do Ceará onde não houve presença do exército:

– Centro de Saúde César Cals Oliveira: Rua Capitão Aragão Nº 555 – Alto da Balança
– Náutico Atlético Cearense: Avenida da Abolição Nº 2727 – Meireles
– Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental São Rafael: Rua dos Tabajaras Nº 244 – Praia de Iracema
– Escola Estadual de Educação Profissional Jaime Alencar de Oliveira: Avenida Rogaciano Leite S/N – Luciano Cavalcante
– Escola Municipal Maria de Lourdes Ribeiro Jereissati: Rua Reino Unido Nº 115 – Presidente Tancredo Neves
– Colégio Dáulia Bringel: R. Trajano Alves de Aguiar Nº 55 – Cidade dos Funcionários – Fortaleza
– Colégio Ari de Sá Cavalcante: Av. Washington Soares Nº 3737 – Edson Queiroz – Fortaleza
– Colégio Ari de Sá Cavalcante: R. Monsenhor Catão Nº 1655 – Aldeota – Fortaleza
– Escola Municipal Irmã Simas: R. José Sobreira Nº 608 – Edson Queiroz – Fortaleza
– Colégio Batista Santos Dumont: R. Des. Leite Albuquerque Nº 105 – Aldeota – Fortaleza
– Posto de Saúde Guiomar Arruda – Pirambu – Fortaleza
– Escola Francisco Domingos da Silva – Fortaleza
– Liceu Vila Velha – Fortaleza
– Escola Joaquim Nogueira – Fortaleza
– Escola João Nunes Pinheiro – Conjunto Ceará – Fortaleza
– Escola João Paulo II – Conjunto Ceará – Fortaleza
– Colégio Kerigma – Dionísio Torres – Fortaleza
– Faculdades Nordeste – FANOR – Praia do Futuro – Fortaleza
– Círculo Militar – Meirelles – Fortaleza
– Colégio Academus – Aldeota – Fortaleza
– Colégio Santo Inácio – Bairro Dionísio Torres – Fortaleza
– Escola Francisco Alves do Amaral – Conjunto Metrópole – Caucaia

Publicidade

Dê sua opinião

Tropas federais atuam no combate a crimes eleitorais durante 2º turno no Ceará

TSE determinou que militares estejam em 11 municípios do estado; Tribuna do Ceará esteve em 25 locais de votação, mas só verificou a presença em três deles

Por Rosana Romão em Política

26 de outubro de 2014 às 14:34

Há 5 anos

A presença das tropas federais aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para atuar durante o segundo turno das eleições em Fortaleza e mais 10 municípios auxiliaram no combate a crimes eleitorais e até infrações de trânsito. No bairro Pirambu, cerca de 15 militares se reuniram em frente à escola Governador Flávio Marcílio e encaminharam pessoas que praticavam boca de urna à Polícia Federal.

O promotor Sávio Amorim, representante da zona 114 foi até o local, que pertence à zona 82 para auxiliar os militares. “O pessoal do exército fez a abordagem nas pessoas que andavam de motocicleta fazendo carreata, com buzinaço e camisas padronizadas de cor amarela. Agora estamos aguardando um ônibus pra fazer a condução das pessoas responsáveis pelas motocicletas até à polícia federal”, relatou.

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
1/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará
2/25

Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará

Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará

Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará
3/25

Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará

Tropas federais atuam no combate a crimes eleitorais durante 2º turno no Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
4/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
5/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
6/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
7/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
8/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
9/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
10/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
11/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
12/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
13/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
14/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
15/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
16/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
17/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
18/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
19/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
20/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
21/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
22/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
23/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
24/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará
25/25

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Foto: Rosana Romão/Tribuna do Ceará

Parte dos condutores dessas motocicletas não usavam capacete e haviam menores de idade pilotando o veículo. Um jovem foi preso por ter desacatado um oficial da polícia militar. “As infrações estão proliferando com desrespeito às instituições e à legislação e nós à medida do possível vamos coibir com ímpeto”, conclui o promotor.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou a vinda de 2.500 soldados do exército para atuar nas zonas eleitorais de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Sobral, Crateús e Aracati, Fortaleza, Caucaia, Maranguape, Pacatuba e Maracanaú. O Tribuna do Ceará esteve presente em 25 locais de votação em Fortaleza, mas só verificou a presença de tropas federais em três deles: Escola Governador Flávio Marcílio, no bairro Pirambu, e na Escola Herondina Lima Cavalcante, localizada no bairro Vila Velha, e na Apae, entre a Rua Doralice Costa e a Avenida Rogaciano Leite, Bairro Luciano Cavalcante, em Fortaleza, foram avistados militares fazendo ronda, mas sem abordagem à eleitores.

Confira os 22 locais visitados pelo Tribuna do Ceará onde não houve presença do exército:

– Centro de Saúde César Cals Oliveira: Rua Capitão Aragão Nº 555 – Alto da Balança
– Náutico Atlético Cearense: Avenida da Abolição Nº 2727 – Meireles
– Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental São Rafael: Rua dos Tabajaras Nº 244 – Praia de Iracema
– Escola Estadual de Educação Profissional Jaime Alencar de Oliveira: Avenida Rogaciano Leite S/N – Luciano Cavalcante
– Escola Municipal Maria de Lourdes Ribeiro Jereissati: Rua Reino Unido Nº 115 – Presidente Tancredo Neves
– Colégio Dáulia Bringel: R. Trajano Alves de Aguiar Nº 55 – Cidade dos Funcionários – Fortaleza
– Colégio Ari de Sá Cavalcante: Av. Washington Soares Nº 3737 – Edson Queiroz – Fortaleza
– Colégio Ari de Sá Cavalcante: R. Monsenhor Catão Nº 1655 – Aldeota – Fortaleza
– Escola Municipal Irmã Simas: R. José Sobreira Nº 608 – Edson Queiroz – Fortaleza
– Colégio Batista Santos Dumont: R. Des. Leite Albuquerque Nº 105 – Aldeota – Fortaleza
– Posto de Saúde Guiomar Arruda – Pirambu – Fortaleza
– Escola Francisco Domingos da Silva – Fortaleza
– Liceu Vila Velha – Fortaleza
– Escola Joaquim Nogueira – Fortaleza
– Escola João Nunes Pinheiro – Conjunto Ceará – Fortaleza
– Escola João Paulo II – Conjunto Ceará – Fortaleza
– Colégio Kerigma – Dionísio Torres – Fortaleza
– Faculdades Nordeste – FANOR – Praia do Futuro – Fortaleza
– Círculo Militar – Meirelles – Fortaleza
– Colégio Academus – Aldeota – Fortaleza
– Colégio Santo Inácio – Bairro Dionísio Torres – Fortaleza
– Escola Francisco Alves do Amaral – Conjunto Metrópole – Caucaia