Jingle de Camilo tem semelhanças com música de propaganda do governo de Cid, indica especialista


Jingle de Camilo tem semelhanças com música de propaganda do governo de Cid, indica especialista

Para produtor musical consultado pelo Tribuna do Ceará, o jingle do candidato ao governo pode ter sido construído com base na composição da propaganda do governo

Por Roberta Tavares em Política

17 de setembro de 2014 às 08:00

Há 5 anos
Propaganda institucional veiculada durante o primeiro semestre de 2014 (FOTO: Reprodução/Youtube)

Propaganda institucional veiculada durante o primeiro semestre de 2014 (FOTO: Reprodução/Youtube)

A música da campanha institucional em comemoração aos 7 anos de governo Cid Gomes (Pros) repercutiu bastante na mídia durante o primeiro semestre de 2014. Intitulada “Um novo Ceará”, a propaganda mostrava obras realizadas durante a gestão e insinuava que deveria ser dada continuidade ao trabalho. Indo no mesmo caminho, o jingle de campanha do candidato a governador apoiado por Cid, Camilo Santana (PT), utiliza como base a mesma fórmula de composição da canção institucional.

Segundo um produtor musical consultado pelo Tribuna do Ceará, um olhar mais apurado das duas músicas indica que o jingle de Camilo Santana pode ter sido construído a partir da mesma fórmula musical da propaganda do governo do Estado. “Os dois adotam a mesma estrutura: verso, terminando com verbo de primeira conjugação, com ênfase e sustentação da sílaba final”, explica.

O coro de vozes, de acordo com a fonte do Tribuna do Ceará, também aparenta ser formado, pelo menos em parte, pelos mesmos cantores, em razão da semelhança do timbre. “Na prática, no momento exato antes do refrão, é como se estivéssemos ouvindo a mesma música, mas em nível subliminar”, indica.

Inspiração

Outro aspecto é que, apesar de terem adotado melodias e harmonias diferentes, é possível fundir a melodia de uma música no instrumental da outra, ajudando o tom e o tempo. “Esse fato, por si só, subentende que o jingle teria sido feito para ‘parecer’ com a música governamental. Esses elementos dão a entender que tanto a música do governo do Estado quanto o jingle de Camilo tenham sido feitos pela mesma produtora”, acrescenta.

Mesmo assim, para o produtor, não é possível afirmar que as repetidas execuções da música institucional do governo, em período pré-eleitoral, tenham configurado campanha antecipada para o candidato do PT. “E também não se pode dizer que o jingle seja um plágio da música anterior. A música da campanha foi deliberadamente inspirada na peça governamental, para aproveitar o eventual sucesso da fórmula e obter algum proveito em nível subliminar”, conclui.

Escute abaixo uma junção do refrão das duas músicas, feita pela fonte do Tribuna do Ceará:

Escute abaixo a música da campanha de Camilo Santana:

Escute abaixo a música da campanha do governo do Estado:

Sem ferir a legislação

O Procurador Regional Eleitoral, Rômulo Conrado, informou que na legislação não há nenhum item que trate a respeito de mensagem subliminar na campanha política. “Do ponto de vista eleitoral, não há nenhum problema. Pode até haver algo subliminar, mas isso não fere a legislação; não tendo, portanto, irregularidade”, finaliza.

Tribuna do Ceará entrou em contato com a assessoria do candidato Camilo Santana (PT), mas não obteve retorno até o fechamento desta reportagem.

Publicidade

Dê sua opinião

Jingle de Camilo tem semelhanças com música de propaganda do governo de Cid, indica especialista

Para produtor musical consultado pelo Tribuna do Ceará, o jingle do candidato ao governo pode ter sido construído com base na composição da propaganda do governo

Por Roberta Tavares em Política

17 de setembro de 2014 às 08:00

Há 5 anos
Propaganda institucional veiculada durante o primeiro semestre de 2014 (FOTO: Reprodução/Youtube)

Propaganda institucional veiculada durante o primeiro semestre de 2014 (FOTO: Reprodução/Youtube)

A música da campanha institucional em comemoração aos 7 anos de governo Cid Gomes (Pros) repercutiu bastante na mídia durante o primeiro semestre de 2014. Intitulada “Um novo Ceará”, a propaganda mostrava obras realizadas durante a gestão e insinuava que deveria ser dada continuidade ao trabalho. Indo no mesmo caminho, o jingle de campanha do candidato a governador apoiado por Cid, Camilo Santana (PT), utiliza como base a mesma fórmula de composição da canção institucional.

Segundo um produtor musical consultado pelo Tribuna do Ceará, um olhar mais apurado das duas músicas indica que o jingle de Camilo Santana pode ter sido construído a partir da mesma fórmula musical da propaganda do governo do Estado. “Os dois adotam a mesma estrutura: verso, terminando com verbo de primeira conjugação, com ênfase e sustentação da sílaba final”, explica.

O coro de vozes, de acordo com a fonte do Tribuna do Ceará, também aparenta ser formado, pelo menos em parte, pelos mesmos cantores, em razão da semelhança do timbre. “Na prática, no momento exato antes do refrão, é como se estivéssemos ouvindo a mesma música, mas em nível subliminar”, indica.

Inspiração

Outro aspecto é que, apesar de terem adotado melodias e harmonias diferentes, é possível fundir a melodia de uma música no instrumental da outra, ajudando o tom e o tempo. “Esse fato, por si só, subentende que o jingle teria sido feito para ‘parecer’ com a música governamental. Esses elementos dão a entender que tanto a música do governo do Estado quanto o jingle de Camilo tenham sido feitos pela mesma produtora”, acrescenta.

Mesmo assim, para o produtor, não é possível afirmar que as repetidas execuções da música institucional do governo, em período pré-eleitoral, tenham configurado campanha antecipada para o candidato do PT. “E também não se pode dizer que o jingle seja um plágio da música anterior. A música da campanha foi deliberadamente inspirada na peça governamental, para aproveitar o eventual sucesso da fórmula e obter algum proveito em nível subliminar”, conclui.

Escute abaixo uma junção do refrão das duas músicas, feita pela fonte do Tribuna do Ceará:

Escute abaixo a música da campanha de Camilo Santana:

Escute abaixo a música da campanha do governo do Estado:

Sem ferir a legislação

O Procurador Regional Eleitoral, Rômulo Conrado, informou que na legislação não há nenhum item que trate a respeito de mensagem subliminar na campanha política. “Do ponto de vista eleitoral, não há nenhum problema. Pode até haver algo subliminar, mas isso não fere a legislação; não tendo, portanto, irregularidade”, finaliza.

Tribuna do Ceará entrou em contato com a assessoria do candidato Camilo Santana (PT), mas não obteve retorno até o fechamento desta reportagem.