Ferreira Gomes não terão influência sobre Camilo Santana, garante Ciro Gomes


Família Ferreira Gomes não terá influência sobre governo de Camilo Santana, garante Ciro

Ciro Gomes negou que a derrota de Camilo em Fortaleza seja temeridade para possível reeleição de Roberto Cláudio, em 2016

Por Pedro Alves em Política

27 de outubro de 2014 às 11:27

Há 5 anos
Ciro-Gomes

Ciro Gomes garante que está fora do novo governo (Foto: Sobral Agora)

Ciro Gomes diz que a eleição de Camilo encerra a participação dele e de seu irmão Cid Gomes (Pros) no Governo do Estado. Os dois possuem cargos até o fim de dezembro no governo estadual. Segundo Ciro, a influência deles na gestão de Camilo será “absolutamente nenhuma”. As declarações foram dadas no comitê do governador eleito, na avenida Sebastião de Abreu.

“Minha participação se encerra aqui. Cumpri minha obrigação de ajudar os cearenses a entender que o Camilo representa um nova geração, que o Camilo é o novo líder do Ceará”, disse Ciro. Segundo ele, o desafio agora é entender o eleitorado que não votou em Camilo, principalmente parcela de Fortaleza.

Questionado se a rejeição de parcela do eleitorado da capital ao candidato Camilo representa temeridade para uma possível reeleição de Roberto Cláudio como prefeito, Ciro respondeu que “uma coisa não tem nada a ver com a outra”.

Publicidade

Dê sua opinião

Família Ferreira Gomes não terá influência sobre governo de Camilo Santana, garante Ciro

Ciro Gomes negou que a derrota de Camilo em Fortaleza seja temeridade para possível reeleição de Roberto Cláudio, em 2016

Por Pedro Alves em Política

27 de outubro de 2014 às 11:27

Há 5 anos
Ciro-Gomes

Ciro Gomes garante que está fora do novo governo (Foto: Sobral Agora)

Ciro Gomes diz que a eleição de Camilo encerra a participação dele e de seu irmão Cid Gomes (Pros) no Governo do Estado. Os dois possuem cargos até o fim de dezembro no governo estadual. Segundo Ciro, a influência deles na gestão de Camilo será “absolutamente nenhuma”. As declarações foram dadas no comitê do governador eleito, na avenida Sebastião de Abreu.

“Minha participação se encerra aqui. Cumpri minha obrigação de ajudar os cearenses a entender que o Camilo representa um nova geração, que o Camilo é o novo líder do Ceará”, disse Ciro. Segundo ele, o desafio agora é entender o eleitorado que não votou em Camilo, principalmente parcela de Fortaleza.

Questionado se a rejeição de parcela do eleitorado da capital ao candidato Camilo representa temeridade para uma possível reeleição de Roberto Cláudio como prefeito, Ciro respondeu que “uma coisa não tem nada a ver com a outra”.