Eventos eleitorais irônicos fazem propaganda negativa de candidatos


Eventos eleitorais irônicos fazem propaganda negativa de candidatos

Nem o atual governador do Ceará, Cid Gomes, foi deixado de lado, mesmo não lançando candidatura neste ano

Por Hayanne Narlla em Política

16 de setembro de 2014 às 10:00

Há 5 anos
Internauta cria evento no Facebook com críticas a Cid Gomes (FOTO: Reprodução Facebook)

Internauta cria evento no Facebook com críticas a Cid Gomes (FOTO: Reprodução Facebook)

Internautas criaram eventos bem irônicos no Facebook relacionados às eleições. Com bastante humor, candidatos e governantes não escaparam das opiniões muitas vezes cheias de rancor dos usuários. Envolvendo figuras nacionais e regionais, nem o atual governador do Ceará, Cid Gomes, foi deixado de lado – mesmo não lançando candidatura neste ano.

“Festa de despedida de Cid Gomes” e “Marina, tu não me engana” estão entre os eventos. O último, que envolve a presidenciável, já conta com mais de 300 mil internautas confirmados. Os dois eventos são semelhantes quanto às críticas, já que unem pessoas que desaprovam tais políticos.

Em caso de denúncia ofensiva, o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) não comenta casos específicos. E nesses, não houve denúncias, nem processos, segundo informa a assessoria do órgão.

Na contramão

Já a campanha do PT utilizou a ferramenta para criar um evento em que convida os militantes e simpatizantes a comemorar uma possível reeleição de Dilma Rousseff. Criado pela fanpage Dilma Bolada, uma versão bem-humorada de marketing da candidata, a atividade reuniu mais de 80 mil seguidores.

Evento no Facebook
1/2

Evento no Facebook

Internautas criticam postura de Marina nas redes sociais (FOTO: Reprodução Facebook)

Evento no Facebook
2/2

Evento no Facebook

Enquanto PT aproveita redes sociais para fazer campanha (FOTO: Reprodução Facebook)

Legislação

A legislação eleitoral para as eleições de 2014 nada aborda sobre a criação de tais eventos. Apenas deixa claro que haver propaganda na internet nas redes sociais, cujo conteúdo seja gerado ou editado por candidatos, partidos ou coligações ou de iniciativa de qualquer pessoa natural.

Além disso, ressalta que é “livre a manifestação do pensamento, vedado o anonimato durante a campanha eleitoral, por meio da rede mundial de computadores – internet”.

Publicidade

Dê sua opinião

Eventos eleitorais irônicos fazem propaganda negativa de candidatos

Nem o atual governador do Ceará, Cid Gomes, foi deixado de lado, mesmo não lançando candidatura neste ano

Por Hayanne Narlla em Política

16 de setembro de 2014 às 10:00

Há 5 anos
Internauta cria evento no Facebook com críticas a Cid Gomes (FOTO: Reprodução Facebook)

Internauta cria evento no Facebook com críticas a Cid Gomes (FOTO: Reprodução Facebook)

Internautas criaram eventos bem irônicos no Facebook relacionados às eleições. Com bastante humor, candidatos e governantes não escaparam das opiniões muitas vezes cheias de rancor dos usuários. Envolvendo figuras nacionais e regionais, nem o atual governador do Ceará, Cid Gomes, foi deixado de lado – mesmo não lançando candidatura neste ano.

“Festa de despedida de Cid Gomes” e “Marina, tu não me engana” estão entre os eventos. O último, que envolve a presidenciável, já conta com mais de 300 mil internautas confirmados. Os dois eventos são semelhantes quanto às críticas, já que unem pessoas que desaprovam tais políticos.

Em caso de denúncia ofensiva, o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) não comenta casos específicos. E nesses, não houve denúncias, nem processos, segundo informa a assessoria do órgão.

Na contramão

Já a campanha do PT utilizou a ferramenta para criar um evento em que convida os militantes e simpatizantes a comemorar uma possível reeleição de Dilma Rousseff. Criado pela fanpage Dilma Bolada, uma versão bem-humorada de marketing da candidata, a atividade reuniu mais de 80 mil seguidores.

Evento no Facebook
1/2

Evento no Facebook

Internautas criticam postura de Marina nas redes sociais (FOTO: Reprodução Facebook)

Evento no Facebook
2/2

Evento no Facebook

Enquanto PT aproveita redes sociais para fazer campanha (FOTO: Reprodução Facebook)

Legislação

A legislação eleitoral para as eleições de 2014 nada aborda sobre a criação de tais eventos. Apenas deixa claro que haver propaganda na internet nas redes sociais, cujo conteúdo seja gerado ou editado por candidatos, partidos ou coligações ou de iniciativa de qualquer pessoa natural.

Além disso, ressalta que é “livre a manifestação do pensamento, vedado o anonimato durante a campanha eleitoral, por meio da rede mundial de computadores – internet”.