Disputa eleitoral em Fortaleza já conta com possíveis candidatos


2016: disputa eleitoral em Fortaleza já conta com possíveis candidatos

Em Fortaleza, os possíveis candidatos são aqueles que tiveram boa votação e já são figuras repetidas na corrida eleitoral

Por Hayanne Narlla em Política

28 de outubro de 2014 às 10:00

Há 5 anos

As eleições 2014 chegaram ao fim e o cenário político já se articula para as próximas, em 2016, que decidirão prefeitos e vereadores. Em Fortaleza, os possíveis candidatos são aqueles que tiveram boa votação na capital cearense e já são figuras repetidas na corrida eleitoral.

Nomes como o de Moroni Torgan, Heitor Férrer e Luizianne Lins podem aparecer na disputa de 2016, além do atual prefeito Roberto Cláudio. Tais possíveis candidatos revelam uma influência sobre os eleitores de Fortaleza neste momento, mas as indicações e novas lideranças podem sofrer mudanças até lá.

“A gente tem que ver a conjuntura daqui a dois anos, que pode mudar muito. Dois anos é um período significativo e, em política, as coisas podem mudar da noite para o dia. Agora, eles representam esse eleitorado e a insatisfação da cidade. Esse voto pode caracterizar o desejo de mudança e permanecer até lá. Mas tudo pode se transformar, depende da forma como o governo vai conduzir”, explica o cientista político Francisco Moreira Ribeiro.

Além disso, o estudioso apontou que o voto dos fortalezenses historicamente é de oposição a gestão que está no poder. Mesmo assim, nas últimas eleições, o alencarino optou por reeleger quem já estava no poder, assim foi com Juraci Magalhães e Luizianne Lins.

Eleições 2016
1/7

Eleições 2016

Ailton Lopes (Psol) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
2/7

Eleições 2016

Capitão Wagner (PR) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
3/7

Eleições 2016

Heitor Férrer (PDT) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
4/7

Eleições 2016

Luizianne Lins (PT) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
5/7

Eleições 2016

Moroni Torgan (DEM) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
6/7

Eleições 2016

Renato Roseno (Psol) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
7/7

Eleições 2016

Roberto Cláudio (Pros) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Roberto Cláudio

Atual prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros) vai disputar a reeleição municipal em 2016. Após ter conquistado o cargo, com apoio de Cid Gomes, o gestor utilizará as ações positivas na cidade, com foco no setor de maior investimento visível, que é a mobilidade urbana.

Heitor Férrer

Terceiro colocado nas eleições municipais de 2012, Heitor Férrer (PDT) surpreendeu a todos com o grande número de votos. Em 2014, foi o quarto deputado estadual mais votado, conquistando 78.608 eleitores de Fortaleza.

Capitão Wagner

Principal opositor do governo de Cid Gomes, Capitão Wagner (PR) foi o deputado mais votado no Ceará e registrou 102.144 votos em Fortaleza. Ao lado de Eunício Oliveira (PMDB), que conquistou a maior parcela dos eleitores da capital, pode apostar nesse apadrinhamento para ter mais força eleitoral. Seu principal discurso é sobre segurança.

Luizianne Lins

Ex-prefeita de Fortaleza com dois mandatos seguidos (2005 – 2012), Luizianne Lins (PT) voltou à cena política do estado sendo uma das mais bem votadas para deputada federal. Na capital, conquistou 97.842 votos. Mesmo assim, não há um cenário político a favor da ex-prefeita, tendo em vista que Cid Gomes, seu desafeto, tem controle no partido e foi o padrinho de Camilo Santana (PT) para governador. Dessa forma, fica difícil lançar candidatura petista em oposição ao candidato de Cid.

Moroni Torgan

Deputado federal mais votado do Ceará, Moroni Torgan (DEM) já é figurinha repetida quando se trata de eleições em Fortaleza. Inclusive, já disputou segundo turno com Luizianne Lins em 2008. Atualmente, registrou 191.602 votos em Fortaleza, com propostas inseridas na área de segurança pública.

Renato Roseno ou Ailton Lopes

O Psol deve indicar seu candidato de oposição ao governo. A dúvida fica entre Renato Roseno, deputado estadual eleito com 47.519 votos só em Fortaleza, e Ailton Lopes, que disputou o governo do Ceará tendo 74.976 votos na capital. Renato já disputou as eleições municipais e é um dos líderes do partido. Já Ailton foi uma nova aposta do Psol, que agradou pelo desempenho em debates e nas urnas, com votação além do esperado.

Publicidade

Dê sua opinião

2016: disputa eleitoral em Fortaleza já conta com possíveis candidatos

Em Fortaleza, os possíveis candidatos são aqueles que tiveram boa votação e já são figuras repetidas na corrida eleitoral

Por Hayanne Narlla em Política

28 de outubro de 2014 às 10:00

Há 5 anos

As eleições 2014 chegaram ao fim e o cenário político já se articula para as próximas, em 2016, que decidirão prefeitos e vereadores. Em Fortaleza, os possíveis candidatos são aqueles que tiveram boa votação na capital cearense e já são figuras repetidas na corrida eleitoral.

Nomes como o de Moroni Torgan, Heitor Férrer e Luizianne Lins podem aparecer na disputa de 2016, além do atual prefeito Roberto Cláudio. Tais possíveis candidatos revelam uma influência sobre os eleitores de Fortaleza neste momento, mas as indicações e novas lideranças podem sofrer mudanças até lá.

“A gente tem que ver a conjuntura daqui a dois anos, que pode mudar muito. Dois anos é um período significativo e, em política, as coisas podem mudar da noite para o dia. Agora, eles representam esse eleitorado e a insatisfação da cidade. Esse voto pode caracterizar o desejo de mudança e permanecer até lá. Mas tudo pode se transformar, depende da forma como o governo vai conduzir”, explica o cientista político Francisco Moreira Ribeiro.

Além disso, o estudioso apontou que o voto dos fortalezenses historicamente é de oposição a gestão que está no poder. Mesmo assim, nas últimas eleições, o alencarino optou por reeleger quem já estava no poder, assim foi com Juraci Magalhães e Luizianne Lins.

Eleições 2016
1/7

Eleições 2016

Ailton Lopes (Psol) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
2/7

Eleições 2016

Capitão Wagner (PR) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
3/7

Eleições 2016

Heitor Férrer (PDT) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
4/7

Eleições 2016

Luizianne Lins (PT) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
5/7

Eleições 2016

Moroni Torgan (DEM) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
6/7

Eleições 2016

Renato Roseno (Psol) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Eleições 2016
7/7

Eleições 2016

Roberto Cláudio (Pros) é um dos nomes que exercem influência atualmente no eleitorado de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Roberto Cláudio

Atual prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros) vai disputar a reeleição municipal em 2016. Após ter conquistado o cargo, com apoio de Cid Gomes, o gestor utilizará as ações positivas na cidade, com foco no setor de maior investimento visível, que é a mobilidade urbana.

Heitor Férrer

Terceiro colocado nas eleições municipais de 2012, Heitor Férrer (PDT) surpreendeu a todos com o grande número de votos. Em 2014, foi o quarto deputado estadual mais votado, conquistando 78.608 eleitores de Fortaleza.

Capitão Wagner

Principal opositor do governo de Cid Gomes, Capitão Wagner (PR) foi o deputado mais votado no Ceará e registrou 102.144 votos em Fortaleza. Ao lado de Eunício Oliveira (PMDB), que conquistou a maior parcela dos eleitores da capital, pode apostar nesse apadrinhamento para ter mais força eleitoral. Seu principal discurso é sobre segurança.

Luizianne Lins

Ex-prefeita de Fortaleza com dois mandatos seguidos (2005 – 2012), Luizianne Lins (PT) voltou à cena política do estado sendo uma das mais bem votadas para deputada federal. Na capital, conquistou 97.842 votos. Mesmo assim, não há um cenário político a favor da ex-prefeita, tendo em vista que Cid Gomes, seu desafeto, tem controle no partido e foi o padrinho de Camilo Santana (PT) para governador. Dessa forma, fica difícil lançar candidatura petista em oposição ao candidato de Cid.

Moroni Torgan

Deputado federal mais votado do Ceará, Moroni Torgan (DEM) já é figurinha repetida quando se trata de eleições em Fortaleza. Inclusive, já disputou segundo turno com Luizianne Lins em 2008. Atualmente, registrou 191.602 votos em Fortaleza, com propostas inseridas na área de segurança pública.

Renato Roseno ou Ailton Lopes

O Psol deve indicar seu candidato de oposição ao governo. A dúvida fica entre Renato Roseno, deputado estadual eleito com 47.519 votos só em Fortaleza, e Ailton Lopes, que disputou o governo do Ceará tendo 74.976 votos na capital. Renato já disputou as eleições municipais e é um dos líderes do partido. Já Ailton foi uma nova aposta do Psol, que agradou pelo desempenho em debates e nas urnas, com votação além do esperado.