Cid Gomes se posiciona e 2º turno no Ceará deve contar com apoio de tropas federais


Cid Gomes se posiciona e 2º turno no Ceará deve contar com apoio de tropas federais

A Corte do TRE/CE se reunirá nesta quinta para deliberar sobre a solicitação ao TSE de envio de reforço das tropas federais

Por Tribuna do Ceará em Política

16 de outubro de 2014 às 10:07

Há 5 anos
A Corte do TRE/CE se reunirá nesta quinta para deliberar sobre a solicitação ao TSE de envio de reforço das tropas federais (FOTO: DIVULGAÇÃO)

A Corte do TRE/CE se reunirá nesta quinta para deliberar sobre a solicitação ao TSE de envio de reforço das tropas federais (FOTO: DIVULGAÇÃO)

O governador do Estado do Ceará, Cid Gomes, respondeu, nesta quarta-feira (15), à presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/CE), desembargadora Iracema do Vale, que havia pedido que ele se manifestasse em relação à necessidade de envio de tropas federais para reforçar a segurança no 2º turno das eleições, conforme solicitação do procurador regional eleitoral, Rômulo Conrado.

No Ofício GG nº 296/2014, enviado ao TRE/CE, o governador ressalta que “compreende salutar e fortalecedora a solicitação de atuação das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), no dia 26 de outubro, data do 2º turno das eleições, assim se posicionando não por todos os motivos levantados pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), mas para que seja possível garantir, com atuação conjunta e harmoniosa, a necessária e imprescindível isenção do pleito, contribuindo assim, com suficiência, para a tranquilidade dos trabalhos eleitorais, objetivo perseguido por todos”.

Diante da resposta do governador do Estado, a Corte do TRE/CE, presidida pela desembargadora Iracema do Vale, se reunirá nesta quinta-feira (16), às 14h, para deliberar sobre a solicitação ao TSE de envio de reforço das tropas federais para atuação na Região Metropolitana de Fortaleza no 2º turno das eleições.

Publicidade

Dê sua opinião

Cid Gomes se posiciona e 2º turno no Ceará deve contar com apoio de tropas federais

A Corte do TRE/CE se reunirá nesta quinta para deliberar sobre a solicitação ao TSE de envio de reforço das tropas federais

Por Tribuna do Ceará em Política

16 de outubro de 2014 às 10:07

Há 5 anos
A Corte do TRE/CE se reunirá nesta quinta para deliberar sobre a solicitação ao TSE de envio de reforço das tropas federais (FOTO: DIVULGAÇÃO)

A Corte do TRE/CE se reunirá nesta quinta para deliberar sobre a solicitação ao TSE de envio de reforço das tropas federais (FOTO: DIVULGAÇÃO)

O governador do Estado do Ceará, Cid Gomes, respondeu, nesta quarta-feira (15), à presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/CE), desembargadora Iracema do Vale, que havia pedido que ele se manifestasse em relação à necessidade de envio de tropas federais para reforçar a segurança no 2º turno das eleições, conforme solicitação do procurador regional eleitoral, Rômulo Conrado.

No Ofício GG nº 296/2014, enviado ao TRE/CE, o governador ressalta que “compreende salutar e fortalecedora a solicitação de atuação das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), no dia 26 de outubro, data do 2º turno das eleições, assim se posicionando não por todos os motivos levantados pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), mas para que seja possível garantir, com atuação conjunta e harmoniosa, a necessária e imprescindível isenção do pleito, contribuindo assim, com suficiência, para a tranquilidade dos trabalhos eleitorais, objetivo perseguido por todos”.

Diante da resposta do governador do Estado, a Corte do TRE/CE, presidida pela desembargadora Iracema do Vale, se reunirá nesta quinta-feira (16), às 14h, para deliberar sobre a solicitação ao TSE de envio de reforço das tropas federais para atuação na Região Metropolitana de Fortaleza no 2º turno das eleições.