Barra do Ceará e Montese lideram apreensões de crack em Fortaleza


Barra do Ceará e Montese lideram apreensões de crack em Fortaleza

Barra do Ceará e Montese são os bairros de Fortaleza em que mais há apreensões de crack. A polícia apreendeu 9,5 kg e 7,5 kg, respectivamente, em 2012, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Por Jackson Cruz em Política

3 de julho de 2012 às 18:08

Há 7 anos

Barra do Ceará e Montese são os bairros de Fortaleza em que mais há apreensões de crack. A polícia apreendeu 9,5 kg e 7,5 kg, respectivamente, em 2012, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Segundo o delegado titular da Delegacia de Narcóticos (Denarc), Pedro Viana, o destaque para os bairros se deve a uma atuação mais intensa na área. “O aumento das apreensões da polícia, aumento do trabalho no local, rendeu o número”, explicou.

Confira os cinco bairros de Fortaleza com maior apreensão de drogas entre janeiro e maio desde ano:

ARTE: Emerson Melo

Ele explicou que o crack não é um problema específico de Fortaleza, mas em todo o estado há grande incidência da droga. “É uma realidade não só em Fortaleza, como em todo Ceará. Hoje, [o crack] é encontrado em todo estado, inclusive no interior. É uma droga tida como a principal causadora de violência”, ressaltou.

Consumo

Pedro contou que o crack é vendido por pedra para pequenos usuários, já para traficantes pode ser vendido por quilo. “Mas pode variar, não tem algo exato, geralmente é assim”, avaliou.

De acordo com o delegado, o valor de revenda do crack torna a droga mais acessível, mas não é algo determinante. “Mas você encontra bola de maconha por dois reais, assim como a pedra de crack. Além disso, a cocaína é mais cara e é bem consumida”, disse.

Publicidade

Dê sua opinião

Barra do Ceará e Montese lideram apreensões de crack em Fortaleza

Barra do Ceará e Montese são os bairros de Fortaleza em que mais há apreensões de crack. A polícia apreendeu 9,5 kg e 7,5 kg, respectivamente, em 2012, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Por Jackson Cruz em Política

3 de julho de 2012 às 18:08

Há 7 anos

Barra do Ceará e Montese são os bairros de Fortaleza em que mais há apreensões de crack. A polícia apreendeu 9,5 kg e 7,5 kg, respectivamente, em 2012, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Segundo o delegado titular da Delegacia de Narcóticos (Denarc), Pedro Viana, o destaque para os bairros se deve a uma atuação mais intensa na área. “O aumento das apreensões da polícia, aumento do trabalho no local, rendeu o número”, explicou.

Confira os cinco bairros de Fortaleza com maior apreensão de drogas entre janeiro e maio desde ano:

ARTE: Emerson Melo

Ele explicou que o crack não é um problema específico de Fortaleza, mas em todo o estado há grande incidência da droga. “É uma realidade não só em Fortaleza, como em todo Ceará. Hoje, [o crack] é encontrado em todo estado, inclusive no interior. É uma droga tida como a principal causadora de violência”, ressaltou.

Consumo

Pedro contou que o crack é vendido por pedra para pequenos usuários, já para traficantes pode ser vendido por quilo. “Mas pode variar, não tem algo exato, geralmente é assim”, avaliou.

De acordo com o delegado, o valor de revenda do crack torna a droga mais acessível, mas não é algo determinante. “Mas você encontra bola de maconha por dois reais, assim como a pedra de crack. Além disso, a cocaína é mais cara e é bem consumida”, disse.