Acompanhe online o debate dos candidatos à Prefeitura de Fortaleza na TV Jangadeiro

MINUTO A MINUTO

Veja como foi o debate dos candidatos à Prefeitura de Fortaleza na TV Jangadeiro

Roberto Cláudio e Capitão Wagner se encontraram novamente em mais um debate do Sistema Jangadeiro de Comunicação, realizado nesta terça-feira

Por Hayanne Narlla em Política

25 de outubro de 2016 às 11:31

Há 3 anos

selo eleições 2016

Os candidatos à Prefeitura de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) e Capitão Wagner (PR) se encontraram novamente em mais um debate do Sistema Jangadeiro de Comunicação, realizado nesta terça-feira (25). Em meio à campanha acirrada, com ações judiciais, propagandas suspensas e ataques mútuos, ambos tiveram oportunidade de apresentar propostas e se defender das acusações do adversário.

O encontro foi realizado no teatro Nadir Papi Sabóia, do Sistema de Ensino Farias Brito. O debate teve cinco blocos. No primeiro, os candidatos responderam aos questionamentos de universitários presentes na plateia. Nos três blocos seguintes, houve confronto direto entre os adversários que disputam o pleito, com temas livres. O debate foi finalizado com uma pergunta comum a ambos os candidatos. A mediação foi realizada pela Diretora de Jornalismo do Sistema Jangadeiro, Isabela Martin.

O debate foi transmitido pela TV Jangadeiro/SBT, Nordestv/Band, Rádio Tribuna Bandnews FM 101.7, Rádio Jangadeiro FM 88.9, pelo Tribuna do Ceará e pelo Facebook Live do Tribuna do Ceará.

Veja o minuto a minuto:

13h40: No último bloco, os candidatos foram perguntados sobre quais qualidades enxergavam no adversário. Capitão Wagner ressaltou a educação e o respeito que o atual prefeito tem pelos outros. Já Roberto Cláudio apontou o carisma e a força política do candidato do PR.

13h31: Capitão Wagner volta a tocar no assunto sobre medicamentos. O candidato pelo PDT afirma que o tema foi proibido pela Justiça de ser comentado, mas respondeu que medicamentos também faltam em algumas farmácias. Além disso, falou que viu o assunto vir à tona várias vezes, mas afirmou não ter presenciado o candidato do PR apresentar uma solução.

13h28:
Atual prefeito fala sobre o Bilhete Único. Capitão Wagner reconhece o investimento, mas critica a falta de segurança para utilizá-los. “Fortaleza, após 20 anos, voltou a ganhar passageiros no transporte público. E não aconteceu por acaso”, respondeu Roberto Cláudio.

13h25: O candidato do PR pergunta sobre a promessa da Academia do Professor de Fortaleza. Roberto Cláudio responde que a obra não ficou pronta, mas está em andamento. Capitão Wagner reclama, afirmando que um prefeito se elege por quatro anos, por isso a promessa não deve ser cumprida por faltar apenas dois meses do fim da gestão.

No quarto bloco, RC exigiu respeito e falou que não toleraria ofensas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

No quarto bloco, RC exigiu respeito e falou que não toleraria ofensas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

13h20: Com os ânimos mais controlados, os candidatos iniciam o quarto bloco sobre a questão de Uber e taxistas. Roberto Cláudio se diz contrário ao Uber e ressalta que vai ampliar vagas de táxi, além de garantir melhor atendimento. Capitão Wagner afirma que é a favor e utilizaria o exemplo de São Paulo para regularizar o serviço.

13h15: Capitão Wagner questiona sobre a feira da José Avelino. “Quem assinou o TAC para manter a feira naquele local fui eu, mas com prazo para sair”, ressaltou Roberto Cláudio. Além disso, ressaltou que há insalubridade no trabalho dos feirantes, além de o espaço estar desordenado e, “por trás, há tubarões sonegadores”. O candidato do PR bateu de frente, afirmando o desejo de manter a feira no local. Ainda disse que a mudança da feira de local beneficiaria empresários simpatizantes do atual prefeito. RC exigiu respeito e falou que não toleraria ofensas. “Termino o governo sem nenhum escândalo”.

13h10: Sobre o tema de saúde e os hospitais da cidade, Wagner diz que as falas de Roberto Cláudio “não correspondem com a realidade”. Ainda indica que obstetras e ortopedistas devem paralisar as atividades. O atual prefeito contesta, citando reformas em hospitais e melhoras nos atendimentos, com aparelhos mais tecnológicos.

13h05: Capitão Wagner pergunta duas vezes sobre saneamento básico, afirmando que Roberto Cláudio havia prometido cobrar “judicialmente” da Cagece que ampliasse a rede de esgoto. “Infelizmente não vemos a mudança”. Roberto Cláudio respondeu que o candidato do PR havia prometido privatizar o serviço de esgoto em outro debate, realizado antes do primeiro turno das eleições. Wagner rebate e corrige informando que a promessa seria, na verdade, de Luizianne Lins.

“Prefeito da quinta capital do Brasil tem que fazer coisas difíceis”, disse Capitão Wagner (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

“Prefeito da quinta capital do Brasil tem que fazer coisas difíceis”, disse Capitão Wagner (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

13h02: No terceiro bloco, embate segue o ritmo acirrado no confronto. O atual prefeito afirma que o adversário só vê problemas em sua gestão, dizendo que há muita ofensa e pouca proposta. “Administrar um cidade como Fortaleza parece fácil, mas não é”, afirmou RC. Em resposta, Capitão Wagner alfinetou: “Prometer e não cumprir é a mesma coisa que mentir. E mentir não é certo para o cidadão”.

12h52: No final do segundo bloco, candidato do PR pergunta “verdadeiro ou falso” sobre ligação do atual prefeito com o ISGH [Instituto de Gestão Hospitalar]. Roberto Cláudio fala que o tema foi proibido na Justiça e que o ISGH é uma organização sem fins lucrativos, criada pelo apoiador de Wagner, Tasso Jereissati. Wagner insiste que não houve licitação na contratação da organização. O atual prefeito disse que seria “mentira que a empresa tenha lucro, como o candidato deu a entender”.

12h50: Em outra troca de farpas, Wagner critica um pagamento de R$ 40 mil ao secretário de Segurança do município e a falta de pagamento do aluguel da sede da secretaria. Roberto Cláudio rebate garantindo que a campanha não está de alto nível. “Agora há pouco ele falou que eu nunca fui médico. Já pensou eu ter que mostrar os meus plantões? Faltou honestidade intelectual no debate”.

12h45: Ao fazer sua pergunta, Capitão diz que o prefeito só quer realizar o que é fácil, mas ele quer fazer o que é difícil. “Prefeito da 5ª capital do Brasil tem que fazer coisas difíceis”. Além disso afirma que pretender dar continuidade a todas as obras em andamento. “Mais uma vez a experiência é fundamental para administrar Fortaleza. Administrar é tratar de tudo, trânsito, educação”, responde Roberto Cláudio. Após tal afirmação, o adversário questionou a “experiência de estagiário no IJF [Instituto Dr. José Frota]”.

12h40: Capitão Wagner abre o questionamento sobre Passe Livre. Roberto Cláudio afirma que a ideia é “simpática”, mas não é possível ser executada. Wagner bate de frente, dizendo que dá para tirar dinheiro de campanhas publicitárias. O atual prefeito aponta que a inexperiência do adversário faz achar que as coisas são simples.

12h40:
No segundo bloco, cada candidato fará três perguntas de tema livre a outro candidato. A ordem foi previamente definida em sorteio.

12h37: Roberto Cláudio respondeu pergunta sobre segurança e questionou as promessas do adversário, chamando de “subjetivas”. Além disso, ressaltou que essa área deve ser integrada com o Governo Estadual e Federal. Ainda comentou que a prefeitura é responsável por mudar as circunstâncias.

12h35:
Capitão Wagner partiu para o ataque na resposta a duas perguntas feitas por estudantes. Na primeira, sobre educação, o candidato do PR disse que, “diferentemente do adversário”, concordava em usar um método de investimento da ex-prefeita Luizianne Lins. Já na resposta sobre áreas de risco, Capitão apontou que o atual prefeito prometeu cerca de 20 mil moradias, mas entregou apenas 2 mil.

12h30: A primeira pergunta feita por um estudante foi sobre a falta de medicamentos e segurança em postos de saúde. Roberto Cláudio responde que houve melhora na estrutura dos postos em sua gestão e ressalta que quer ser reeleito para cuidar dessa questão.

12h27: No primeiro bloco, candidatos respondem a perguntas formuladas por estudantes.

12h25: Começou o debate entre os candidatos à Prefeitura de Fortaleza, no segundo turno das eleições.

12h20: Candidatos se posicionam no estúdio para o início do debate.

Debate do Sistema Jangadeiro de Comunicação (FOTO: Matheus Ribeiro/Tribuna do Ceará)

Debate do Sistema Jangadeiro de Comunicação (FOTO: Matheus Ribeiro/Tribuna do Ceará)


11h45:
Roberto Cláudio chega em seu carro, ao lado do vice Moroni Torgan.

11h35: Capitão Wagner chega ao colégio e é recepcionado por gritos dos militantes de Roberto Cláudio.

Debate
1/2

Debate

(FOTO: Matheus Ribeiro/ Tribuna do Ceará)

Debate
2/2

Debate

(FOTO: Matheus Ribeiro/ Tribuna do Ceará)


11h30:
Tudo pronto nos estúdios para começar o debate.

Publicidade

Dê sua opinião

MINUTO A MINUTO

Veja como foi o debate dos candidatos à Prefeitura de Fortaleza na TV Jangadeiro

Roberto Cláudio e Capitão Wagner se encontraram novamente em mais um debate do Sistema Jangadeiro de Comunicação, realizado nesta terça-feira

Por Hayanne Narlla em Política

25 de outubro de 2016 às 11:31

Há 3 anos

selo eleições 2016

Os candidatos à Prefeitura de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) e Capitão Wagner (PR) se encontraram novamente em mais um debate do Sistema Jangadeiro de Comunicação, realizado nesta terça-feira (25). Em meio à campanha acirrada, com ações judiciais, propagandas suspensas e ataques mútuos, ambos tiveram oportunidade de apresentar propostas e se defender das acusações do adversário.

O encontro foi realizado no teatro Nadir Papi Sabóia, do Sistema de Ensino Farias Brito. O debate teve cinco blocos. No primeiro, os candidatos responderam aos questionamentos de universitários presentes na plateia. Nos três blocos seguintes, houve confronto direto entre os adversários que disputam o pleito, com temas livres. O debate foi finalizado com uma pergunta comum a ambos os candidatos. A mediação foi realizada pela Diretora de Jornalismo do Sistema Jangadeiro, Isabela Martin.

O debate foi transmitido pela TV Jangadeiro/SBT, Nordestv/Band, Rádio Tribuna Bandnews FM 101.7, Rádio Jangadeiro FM 88.9, pelo Tribuna do Ceará e pelo Facebook Live do Tribuna do Ceará.

Veja o minuto a minuto:

13h40: No último bloco, os candidatos foram perguntados sobre quais qualidades enxergavam no adversário. Capitão Wagner ressaltou a educação e o respeito que o atual prefeito tem pelos outros. Já Roberto Cláudio apontou o carisma e a força política do candidato do PR.

13h31: Capitão Wagner volta a tocar no assunto sobre medicamentos. O candidato pelo PDT afirma que o tema foi proibido pela Justiça de ser comentado, mas respondeu que medicamentos também faltam em algumas farmácias. Além disso, falou que viu o assunto vir à tona várias vezes, mas afirmou não ter presenciado o candidato do PR apresentar uma solução.

13h28:
Atual prefeito fala sobre o Bilhete Único. Capitão Wagner reconhece o investimento, mas critica a falta de segurança para utilizá-los. “Fortaleza, após 20 anos, voltou a ganhar passageiros no transporte público. E não aconteceu por acaso”, respondeu Roberto Cláudio.

13h25: O candidato do PR pergunta sobre a promessa da Academia do Professor de Fortaleza. Roberto Cláudio responde que a obra não ficou pronta, mas está em andamento. Capitão Wagner reclama, afirmando que um prefeito se elege por quatro anos, por isso a promessa não deve ser cumprida por faltar apenas dois meses do fim da gestão.

No quarto bloco, RC exigiu respeito e falou que não toleraria ofensas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

No quarto bloco, RC exigiu respeito e falou que não toleraria ofensas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

13h20: Com os ânimos mais controlados, os candidatos iniciam o quarto bloco sobre a questão de Uber e taxistas. Roberto Cláudio se diz contrário ao Uber e ressalta que vai ampliar vagas de táxi, além de garantir melhor atendimento. Capitão Wagner afirma que é a favor e utilizaria o exemplo de São Paulo para regularizar o serviço.

13h15: Capitão Wagner questiona sobre a feira da José Avelino. “Quem assinou o TAC para manter a feira naquele local fui eu, mas com prazo para sair”, ressaltou Roberto Cláudio. Além disso, ressaltou que há insalubridade no trabalho dos feirantes, além de o espaço estar desordenado e, “por trás, há tubarões sonegadores”. O candidato do PR bateu de frente, afirmando o desejo de manter a feira no local. Ainda disse que a mudança da feira de local beneficiaria empresários simpatizantes do atual prefeito. RC exigiu respeito e falou que não toleraria ofensas. “Termino o governo sem nenhum escândalo”.

13h10: Sobre o tema de saúde e os hospitais da cidade, Wagner diz que as falas de Roberto Cláudio “não correspondem com a realidade”. Ainda indica que obstetras e ortopedistas devem paralisar as atividades. O atual prefeito contesta, citando reformas em hospitais e melhoras nos atendimentos, com aparelhos mais tecnológicos.

13h05: Capitão Wagner pergunta duas vezes sobre saneamento básico, afirmando que Roberto Cláudio havia prometido cobrar “judicialmente” da Cagece que ampliasse a rede de esgoto. “Infelizmente não vemos a mudança”. Roberto Cláudio respondeu que o candidato do PR havia prometido privatizar o serviço de esgoto em outro debate, realizado antes do primeiro turno das eleições. Wagner rebate e corrige informando que a promessa seria, na verdade, de Luizianne Lins.

“Prefeito da quinta capital do Brasil tem que fazer coisas difíceis”, disse Capitão Wagner (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

“Prefeito da quinta capital do Brasil tem que fazer coisas difíceis”, disse Capitão Wagner (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

13h02: No terceiro bloco, embate segue o ritmo acirrado no confronto. O atual prefeito afirma que o adversário só vê problemas em sua gestão, dizendo que há muita ofensa e pouca proposta. “Administrar um cidade como Fortaleza parece fácil, mas não é”, afirmou RC. Em resposta, Capitão Wagner alfinetou: “Prometer e não cumprir é a mesma coisa que mentir. E mentir não é certo para o cidadão”.

12h52: No final do segundo bloco, candidato do PR pergunta “verdadeiro ou falso” sobre ligação do atual prefeito com o ISGH [Instituto de Gestão Hospitalar]. Roberto Cláudio fala que o tema foi proibido na Justiça e que o ISGH é uma organização sem fins lucrativos, criada pelo apoiador de Wagner, Tasso Jereissati. Wagner insiste que não houve licitação na contratação da organização. O atual prefeito disse que seria “mentira que a empresa tenha lucro, como o candidato deu a entender”.

12h50: Em outra troca de farpas, Wagner critica um pagamento de R$ 40 mil ao secretário de Segurança do município e a falta de pagamento do aluguel da sede da secretaria. Roberto Cláudio rebate garantindo que a campanha não está de alto nível. “Agora há pouco ele falou que eu nunca fui médico. Já pensou eu ter que mostrar os meus plantões? Faltou honestidade intelectual no debate”.

12h45: Ao fazer sua pergunta, Capitão diz que o prefeito só quer realizar o que é fácil, mas ele quer fazer o que é difícil. “Prefeito da 5ª capital do Brasil tem que fazer coisas difíceis”. Além disso afirma que pretender dar continuidade a todas as obras em andamento. “Mais uma vez a experiência é fundamental para administrar Fortaleza. Administrar é tratar de tudo, trânsito, educação”, responde Roberto Cláudio. Após tal afirmação, o adversário questionou a “experiência de estagiário no IJF [Instituto Dr. José Frota]”.

12h40: Capitão Wagner abre o questionamento sobre Passe Livre. Roberto Cláudio afirma que a ideia é “simpática”, mas não é possível ser executada. Wagner bate de frente, dizendo que dá para tirar dinheiro de campanhas publicitárias. O atual prefeito aponta que a inexperiência do adversário faz achar que as coisas são simples.

12h40:
No segundo bloco, cada candidato fará três perguntas de tema livre a outro candidato. A ordem foi previamente definida em sorteio.

12h37: Roberto Cláudio respondeu pergunta sobre segurança e questionou as promessas do adversário, chamando de “subjetivas”. Além disso, ressaltou que essa área deve ser integrada com o Governo Estadual e Federal. Ainda comentou que a prefeitura é responsável por mudar as circunstâncias.

12h35:
Capitão Wagner partiu para o ataque na resposta a duas perguntas feitas por estudantes. Na primeira, sobre educação, o candidato do PR disse que, “diferentemente do adversário”, concordava em usar um método de investimento da ex-prefeita Luizianne Lins. Já na resposta sobre áreas de risco, Capitão apontou que o atual prefeito prometeu cerca de 20 mil moradias, mas entregou apenas 2 mil.

12h30: A primeira pergunta feita por um estudante foi sobre a falta de medicamentos e segurança em postos de saúde. Roberto Cláudio responde que houve melhora na estrutura dos postos em sua gestão e ressalta que quer ser reeleito para cuidar dessa questão.

12h27: No primeiro bloco, candidatos respondem a perguntas formuladas por estudantes.

12h25: Começou o debate entre os candidatos à Prefeitura de Fortaleza, no segundo turno das eleições.

12h20: Candidatos se posicionam no estúdio para o início do debate.

Debate do Sistema Jangadeiro de Comunicação (FOTO: Matheus Ribeiro/Tribuna do Ceará)

Debate do Sistema Jangadeiro de Comunicação (FOTO: Matheus Ribeiro/Tribuna do Ceará)


11h45:
Roberto Cláudio chega em seu carro, ao lado do vice Moroni Torgan.

11h35: Capitão Wagner chega ao colégio e é recepcionado por gritos dos militantes de Roberto Cláudio.

Debate
1/2

Debate

(FOTO: Matheus Ribeiro/ Tribuna do Ceará)

Debate
2/2

Debate

(FOTO: Matheus Ribeiro/ Tribuna do Ceará)


11h30:
Tudo pronto nos estúdios para começar o debate.