Polícia ainda não identificou autores da morte de jovens durante aniversário - Noticias


Polícia ainda não identificou autores da morte de jovens durante aniversário

O crime aconteceu no bairro Jardim Iracema quando dois homens em uma moto atiraram contra jovens que tocavam violão na calçada

Por Tribuna do Ceará em Polícia

10 de abril de 2016 às 11:24

Há 3 anos
morte-jardim-iracema

Crime aconteceu no bairro Jardim Iracema

A Polícia ainda não prendeu os autores dos disparos que mataram dois jovens e deixaram outros três feridos no bairro Jardim Iracema, em Fortaleza.

O crime aconteceu na madrugada do sábado (9), quando eles comemoravam o aniversário de 18 anos de Hyago Castelo Branco Paixão da Silva, conversando e tocando violão na calçada das ruas Rio Tocantins com Altaneira. O aniversariante e o jovem Francisco Hernandes dos Santos Nobre, 19, foram mortos com tiro na cabeça.

O comandante do Policiamento da Capital, Francisco Souto, afirma que há indícios dos autores dos crimes, mas, até a manhã deste domingo, 10, não houve prisões. A motivação do tiroteio também não foi esclarecida. Os jovens mortos não tinha antecedentes criminais. 

O relato de testemunhas à Polícia foi de que os criminosos chegaram em uma moto com apoio de dois carros e efetuaram os disparos contra os jovens que comemoravam o aniversário. Cinco pessoas foram socorridas, duas delas levadas para o Instituto José Frota (IJF) em estado grave. 

Publicidade

Dê sua opinião

Polícia ainda não identificou autores da morte de jovens durante aniversário

O crime aconteceu no bairro Jardim Iracema quando dois homens em uma moto atiraram contra jovens que tocavam violão na calçada

Por Tribuna do Ceará em Polícia

10 de abril de 2016 às 11:24

Há 3 anos
morte-jardim-iracema

Crime aconteceu no bairro Jardim Iracema

A Polícia ainda não prendeu os autores dos disparos que mataram dois jovens e deixaram outros três feridos no bairro Jardim Iracema, em Fortaleza.

O crime aconteceu na madrugada do sábado (9), quando eles comemoravam o aniversário de 18 anos de Hyago Castelo Branco Paixão da Silva, conversando e tocando violão na calçada das ruas Rio Tocantins com Altaneira. O aniversariante e o jovem Francisco Hernandes dos Santos Nobre, 19, foram mortos com tiro na cabeça.

O comandante do Policiamento da Capital, Francisco Souto, afirma que há indícios dos autores dos crimes, mas, até a manhã deste domingo, 10, não houve prisões. A motivação do tiroteio também não foi esclarecida. Os jovens mortos não tinha antecedentes criminais. 

O relato de testemunhas à Polícia foi de que os criminosos chegaram em uma moto com apoio de dois carros e efetuaram os disparos contra os jovens que comemoravam o aniversário. Cinco pessoas foram socorridas, duas delas levadas para o Instituto José Frota (IJF) em estado grave.