PMs investigados por envolvimento com assaltantes e ladrões de carro - Noticias


PMs investigados por envolvimento com assaltantes e ladrões de carro

A Polícia chegou aos envolvidos por meio de interceptações telefônicas, autorizadas pela Justiça e operacionalizadas pelo sistema “Guardião” da Coin

Por Tribuna do Ceará em Polícia

28 de outubro de 2009 às 08:29

Há 10 anos

policia_Por suspeita de envolvimento com assaltantes e ladrões de carro, um grupo de policiais militares esta sendo investigado, há pelo menos dois meses, por uma força-tarefa especial da Polícia Civil com o acompanhamento do Ministério Público (MP) e o apoio logístico da Coordenadoria Integrada de Inteligência (Coin).

Os PMs estariam dando suporte logístico e facilitando as ações e fugas dos bandidos, que vinham agindo em Fortaleza, principalmente nos bairros Messejana e C idade dos Funcionários.

A Polícia chegou aos envolvidos por meio de interceptações telefônicas, autorizadas pela Justiça e operacionalizadas pelo sistema “Guardião” da Coin.

No último dia 7, foram presos o sargento Francisco das Chagas de Freitas Silva Júnior, conhecido como sargento Freitas, e o soldado Francisco Alderi Alves Rodrigues, juntamente com os assaltantes Antônio Fernando Santana e Cristiano de Souza Tavares. Eles foram capturados na localidade de Jenipapeiro, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza.

O sargento e o soldado foram transferidos para o Presídio Militar. Já os dois assaltantes estão recolhidos em uma das três Casas de Privação Provisória da Liberdade (CPPL) do Estado.

A prisão de mais um componente da corporação veio se somar ao trabalho do MP. Trata-se do soldado Fábio Cristiano de Medeiros, do Batalhão de Policiamento Turístico (PMTur). Ele foi preso depois de ser perseguido por colegas de farda, logo após praticar assalto contra um mototaxista. Durante a fuga, o militar acabou se envolvendo em um acidente na BR-116 e caiu da moto roubada. Quando os outros PMs que o perseguiam se aproximaram, o assaltante se identificou como policial militar. Socorrido, foi levado para o IJF-Centro e também deverá ser expulso das fileiras da PM.

Os nomes de outros dois sargentos, um soldado e um oficial também passaram a figurar nas investigações. Os nomes estão sendo mantidos em segredo pelas autoridades que apuram o fato.

Com informações do Jornal Diário do Nordeste.

Publicidade

Dê sua opinião

PMs investigados por envolvimento com assaltantes e ladrões de carro

A Polícia chegou aos envolvidos por meio de interceptações telefônicas, autorizadas pela Justiça e operacionalizadas pelo sistema “Guardião” da Coin

Por Tribuna do Ceará em Polícia

28 de outubro de 2009 às 08:29

Há 10 anos

policia_Por suspeita de envolvimento com assaltantes e ladrões de carro, um grupo de policiais militares esta sendo investigado, há pelo menos dois meses, por uma força-tarefa especial da Polícia Civil com o acompanhamento do Ministério Público (MP) e o apoio logístico da Coordenadoria Integrada de Inteligência (Coin).

Os PMs estariam dando suporte logístico e facilitando as ações e fugas dos bandidos, que vinham agindo em Fortaleza, principalmente nos bairros Messejana e C idade dos Funcionários.

A Polícia chegou aos envolvidos por meio de interceptações telefônicas, autorizadas pela Justiça e operacionalizadas pelo sistema “Guardião” da Coin.

No último dia 7, foram presos o sargento Francisco das Chagas de Freitas Silva Júnior, conhecido como sargento Freitas, e o soldado Francisco Alderi Alves Rodrigues, juntamente com os assaltantes Antônio Fernando Santana e Cristiano de Souza Tavares. Eles foram capturados na localidade de Jenipapeiro, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza.

O sargento e o soldado foram transferidos para o Presídio Militar. Já os dois assaltantes estão recolhidos em uma das três Casas de Privação Provisória da Liberdade (CPPL) do Estado.

A prisão de mais um componente da corporação veio se somar ao trabalho do MP. Trata-se do soldado Fábio Cristiano de Medeiros, do Batalhão de Policiamento Turístico (PMTur). Ele foi preso depois de ser perseguido por colegas de farda, logo após praticar assalto contra um mototaxista. Durante a fuga, o militar acabou se envolvendo em um acidente na BR-116 e caiu da moto roubada. Quando os outros PMs que o perseguiam se aproximaram, o assaltante se identificou como policial militar. Socorrido, foi levado para o IJF-Centro e também deverá ser expulso das fileiras da PM.

Os nomes de outros dois sargentos, um soldado e um oficial também passaram a figurar nas investigações. Os nomes estão sendo mantidos em segredo pelas autoridades que apuram o fato.

Com informações do Jornal Diário do Nordeste.