Mala com mais de R$ 1 milhão falsificado é apreendida na Praça da Gentilândia

FALSIFICAÇÃO

Mala com mais de R$ 1 milhão falsificado é apreendida na Praça da Gentilândia

Três homens que estavam com a quantia foram presos. Eles fazem parte de uma quadrilha de falsificadores

Por Tribuna do Ceará em Polícia

14 de abril de 2016 às 20:26

Há 3 anos
Segundo a polícia, esse dinheiro seria vendido pelo valor de R$ 500 mil. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Segundo a polícia, esse dinheiro seria vendido pelo valor de R$ 500 mil. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Agentes do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIP) prenderam três homens na Praça da Gentilândia, no bairro Benfica, em Fortaleza. Com Francisco Monteiro, José Dias da Cruz e Francisco Ilânio da Silva foi encontrada uma mala com dinheiro falso que possivelmente seria repassado no comércio de Fortaleza.

A quantia apreendida é exorbitante, somando R$ 1,7 milhão. Segundo a polícia, esse dinheiro seria vendido pelo valor de R$ 500 mil.

A quadrilha de falsificadores costumava agir em todo o Nordeste, principalmente em Sergipe e Alagoas, que é de onde partiu a denúncia que gerou a prisão dos três homens.

http://mais.uol.com.br/view/15830030

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro 2°edição.
Publicidade

Dê sua opinião

FALSIFICAÇÃO

Mala com mais de R$ 1 milhão falsificado é apreendida na Praça da Gentilândia

Três homens que estavam com a quantia foram presos. Eles fazem parte de uma quadrilha de falsificadores

Por Tribuna do Ceará em Polícia

14 de abril de 2016 às 20:26

Há 3 anos
Segundo a polícia, esse dinheiro seria vendido pelo valor de R$ 500 mil. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Segundo a polícia, esse dinheiro seria vendido pelo valor de R$ 500 mil. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Agentes do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIP) prenderam três homens na Praça da Gentilândia, no bairro Benfica, em Fortaleza. Com Francisco Monteiro, José Dias da Cruz e Francisco Ilânio da Silva foi encontrada uma mala com dinheiro falso que possivelmente seria repassado no comércio de Fortaleza.

A quantia apreendida é exorbitante, somando R$ 1,7 milhão. Segundo a polícia, esse dinheiro seria vendido pelo valor de R$ 500 mil.

A quadrilha de falsificadores costumava agir em todo o Nordeste, principalmente em Sergipe e Alagoas, que é de onde partiu a denúncia que gerou a prisão dos três homens.

http://mais.uol.com.br/view/15830030

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro 2°edição.