Francês é preso com 6,6 kg de cocaína no Aeroporto de Fortaleza


Francês é preso com 6,6 kg de cocaína no Aeroporto de Fortaleza

O preso responderá por tráfico internacional de drogas com pena de 5 a 15 anos de reclusão

Por Tribuna do Ceará em Polícia

23 de abril de 2014 às 12:00

Há 5 anos
O preso responderá por tráfico internacional de drogas com pena de 5 a 15 anos de reclusão (FOTO: DIVULGAÇÃO/PF)

O preso responderá por tráfico internacional de drogas com pena de 5 a 15 anos de reclusão (FOTO: DIVULGAÇÃO/PF)

A Polícia Federal prendeu nesta madrugada, quarta-feira (23), no Aeroporto Internacional Pinto Martins, um francês de 35 anos, quando ele tentava embarcar para Lisboa/Portugal, portando cocaína.

Durante fiscalização de rotina, policiais federais abordaram o francês por ocasião do embarque e detectaram que no forro de sua mala, estavam escondidos 6,6 quilos de cocaína.

> LEIA MAIS:

O preso responderá por tráfico internacional de drogas com pena de 5 a 15 anos de reclusão, e encontra-se nesta Superintendência Regional da Polícia Federal no Ceará, à disposição da Justiça Federal.

Publicidade

Dê sua opinião

Francês é preso com 6,6 kg de cocaína no Aeroporto de Fortaleza

O preso responderá por tráfico internacional de drogas com pena de 5 a 15 anos de reclusão

Por Tribuna do Ceará em Polícia

23 de abril de 2014 às 12:00

Há 5 anos
O preso responderá por tráfico internacional de drogas com pena de 5 a 15 anos de reclusão (FOTO: DIVULGAÇÃO/PF)

O preso responderá por tráfico internacional de drogas com pena de 5 a 15 anos de reclusão (FOTO: DIVULGAÇÃO/PF)

A Polícia Federal prendeu nesta madrugada, quarta-feira (23), no Aeroporto Internacional Pinto Martins, um francês de 35 anos, quando ele tentava embarcar para Lisboa/Portugal, portando cocaína.

Durante fiscalização de rotina, policiais federais abordaram o francês por ocasião do embarque e detectaram que no forro de sua mala, estavam escondidos 6,6 quilos de cocaína.

> LEIA MAIS:

O preso responderá por tráfico internacional de drogas com pena de 5 a 15 anos de reclusão, e encontra-se nesta Superintendência Regional da Polícia Federal no Ceará, à disposição da Justiça Federal.