Detento tem dedo amputado após ser mordido durante briga de presos


Detento tem dedo amputado após ser mordido durante briga de presos

Um detento teve parte do dedo indicador amputado após ser mordido por outro preso na noite desta segunda-feira (23), na Cadeia Pública de Lavras da Mangabeira, na região do Cariri cearense

Por Felipe Lima e Thamiris Treigher em Polícia

24 de julho de 2012 às 09:09

Há 7 anos

Um detento teve parte do dedo indicador amputado após ser mordido por outro preso na noite desta segunda-feira (23), por volta de 19h, na Cadeia Pública do município de Lavras da Mangabeira, na região do Cariri cearense.

Segundo a Polícia Militar, o caso ocorreu após uma briga entre vítima e acusado, que eram companheiros de cela. Com o dedo ferido, o detento foi socorrido ao hospital local, sendo transferido em seguida para um hospital em Barbalha.

Por conta dos ferimentos graves, uma parte do dedo teve de ser amputada. De acordo com a PM, após os procedimentos médicos necessários, o preso retornou à Cadeia, onde permanece em cela separada da do detento acusado.

Conforme ainda informações da Polícia Militar, os policiais aguardam a chegada da delegada responsável pela Delegacia de Lavras da Mangabeira, Arlete Silveira – que está em Fortaleza – , a qual deve tomar as medidas cabíveis.

Publicidade

Dê sua opinião

Detento tem dedo amputado após ser mordido durante briga de presos

Um detento teve parte do dedo indicador amputado após ser mordido por outro preso na noite desta segunda-feira (23), na Cadeia Pública de Lavras da Mangabeira, na região do Cariri cearense

Por Felipe Lima e Thamiris Treigher em Polícia

24 de julho de 2012 às 09:09

Há 7 anos

Um detento teve parte do dedo indicador amputado após ser mordido por outro preso na noite desta segunda-feira (23), por volta de 19h, na Cadeia Pública do município de Lavras da Mangabeira, na região do Cariri cearense.

Segundo a Polícia Militar, o caso ocorreu após uma briga entre vítima e acusado, que eram companheiros de cela. Com o dedo ferido, o detento foi socorrido ao hospital local, sendo transferido em seguida para um hospital em Barbalha.

Por conta dos ferimentos graves, uma parte do dedo teve de ser amputada. De acordo com a PM, após os procedimentos médicos necessários, o preso retornou à Cadeia, onde permanece em cela separada da do detento acusado.

Conforme ainda informações da Polícia Militar, os policiais aguardam a chegada da delegada responsável pela Delegacia de Lavras da Mangabeira, Arlete Silveira – que está em Fortaleza – , a qual deve tomar as medidas cabíveis.