Detento é assassinado e queimado em casa de custódia da RMF


Detento é assassinado e queimado em casa de custódia da RMF

Um detento foi assassinado a facadas e teve o corpo parcialmente queimado em seguida, na noite desta terça-feira (21), dentro da CPPL II, em Itaitinga

Por Felipe Lima e Thamiris Treigher em Polícia

22 de agosto de 2012 às 08:19

Há 7 anos

Um detento foi assassinado a facadas e teve o corpo parcialmente queimado em seguida, na noite desta terça-feira (21), dentro da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II), em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com a Perícia Forense, o preso foi morto com golpes de “cossoco”, espécie de faca artesanal. Além disso, foram constatadas pedradas no corpo do interno. Com parte do corpo queimado, a vítima ficou desfigurada, impossibilitando a identificação.

Segundo a Secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus), durante a manhã desta quarta-feira (22), agentes penitenciários trabalharam na identificação dos 170 internos da vivência onde o crime ocorreu, para o reconhecimento do detento morto, cujo nome ainda não foi divulgado.

Vistoria

A Sejus informou ainda que o homicídio pode estar relacionado a uma vistoria realizada durante a tarde de terça-feira, dentro da vivência onde o crime ocorreu, quando o Grupo de Apoio Penitenciário (GAP) e os agentes encontraram nove cossocos, seis celulares e cinco carregadores.

Com a vistoria, os presos, que estavam recolhidos na quadra, foram novamente trancados às 18h, e a movimentação anormal na vivência só foi verificada após o homicídio. Conforme a Sejus, os agentes de plantão resgataram a vítima ainda em chamas, mas não conseguiram reanimá-la.

Publicidade

Dê sua opinião

Detento é assassinado e queimado em casa de custódia da RMF

Um detento foi assassinado a facadas e teve o corpo parcialmente queimado em seguida, na noite desta terça-feira (21), dentro da CPPL II, em Itaitinga

Por Felipe Lima e Thamiris Treigher em Polícia

22 de agosto de 2012 às 08:19

Há 7 anos

Um detento foi assassinado a facadas e teve o corpo parcialmente queimado em seguida, na noite desta terça-feira (21), dentro da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II), em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com a Perícia Forense, o preso foi morto com golpes de “cossoco”, espécie de faca artesanal. Além disso, foram constatadas pedradas no corpo do interno. Com parte do corpo queimado, a vítima ficou desfigurada, impossibilitando a identificação.

Segundo a Secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus), durante a manhã desta quarta-feira (22), agentes penitenciários trabalharam na identificação dos 170 internos da vivência onde o crime ocorreu, para o reconhecimento do detento morto, cujo nome ainda não foi divulgado.

Vistoria

A Sejus informou ainda que o homicídio pode estar relacionado a uma vistoria realizada durante a tarde de terça-feira, dentro da vivência onde o crime ocorreu, quando o Grupo de Apoio Penitenciário (GAP) e os agentes encontraram nove cossocos, seis celulares e cinco carregadores.

Com a vistoria, os presos, que estavam recolhidos na quadra, foram novamente trancados às 18h, e a movimentação anormal na vivência só foi verificada após o homicídio. Conforme a Sejus, os agentes de plantão resgataram a vítima ainda em chamas, mas não conseguiram reanimá-la.