#Retrospectiva2018: Os cearenses que morreram neste ano

OBITUÁRIO

#Retrospectiva2018: Os cearenses que morreram neste ano

Listamos cearenses que ajudaram a construir nossa história e que faleceram neste ano

Por Tribuna do Ceará em Perfil

30 de dezembro de 2018 às 07:00

Há 4 meses

Alguns cearenses se tornam personalidades conhecidas por fazerem a diferença no Ceará. Alguns criam empreendimentos que mudam o percurso financeiro do Ceará, outros contribuem para a cultura do estado, e por aí vai. Alguns desses se foram este ano. O Tribuna do Ceará relembra abaixo.

1) Exemplo de inovação e pioneirismo, José Dias de Macedo morre aos 99 anos (06/12/18)

O empresário José Dias de Macedo faleceu às 4h30 do dia 6 de dezembro. Natural de Camocim, ele morreu em casa, aos 99 anos. O cearense fundou o Grupo J. Macedo, que possui 79 anos de história.

Empresário morreu aos 99 anos (FOTO: Arquivo)

Empresário morreu aos 99 anos (FOTO: Arquivo)

2) Morre o poeta cearense Horácio Dídimo aos 83 anos (03/09/18)

Aos 83 anos, o poeta cearense Horácio Dídimo faleceu na manhã de 3 de setembro, após complicações renais. Horácio estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo do hospital Unimed, em Fortaleza, desde a madrugada do dia 1º de setembro.

Horácio faleceu nesta segunda-feira (FOTO: Reprodução Facebook)

Horácio faleceu nesta segunda-feira (FOTO: Reprodução Facebook)

3) Morre o jornalista José Rangel, aos 72 anos (22/07/18)

O jornalista José Rangel faleceu na tarde do dia 21 de julho, em Fortaleza. Rangel tinha 72 anos e estava internado em decorrência de uma grave pneumonia.

José Rangel foi um dos grandes nomes do colunismo social (FOTO: Reprodução)

José Rangel foi um dos grandes nomes do colunismo social (FOTO: Reprodução)

4) Morre Miguel Dias, presidente do Grupo Cidade de Comunicação (20/03/18)

O presidente do Grupo Cidade de Comunicação, Miguel Dias, morreu no dia 20 de março. Ele passou mal em casa e foi levado até o hospital, onde teve um infarto fulminante e não resistiu.

Miguel Dias, presidente do Grupo Cidade de Comunicação

O empresário foi vitima de um infarto fulminante (FOTO: Reprodução/Cnews)

5) Morre o fundador da Sorveteria Juarez, a mais antiga de Fortaleza (25/01/18)

Morreu o dono da Sorveteria Juarez, a mais antiga de Fortaleza em atividade. João Juarez Albuquerque fundou o negócio em 1960, na cidade de Parnaíba (PI), e desde 1972 atuava em Fortaleza, para onde se mudou. Ele faleceu aos 90 anos.

Seu Juarez, dono da Sorveteria Juarez, morre aos 90 anos. (FOTO: Tribuna do Ceará)

Publicidade

Dê sua opinião

OBITUÁRIO

#Retrospectiva2018: Os cearenses que morreram neste ano

Listamos cearenses que ajudaram a construir nossa história e que faleceram neste ano

Por Tribuna do Ceará em Perfil

30 de dezembro de 2018 às 07:00

Há 4 meses

Alguns cearenses se tornam personalidades conhecidas por fazerem a diferença no Ceará. Alguns criam empreendimentos que mudam o percurso financeiro do Ceará, outros contribuem para a cultura do estado, e por aí vai. Alguns desses se foram este ano. O Tribuna do Ceará relembra abaixo.

1) Exemplo de inovação e pioneirismo, José Dias de Macedo morre aos 99 anos (06/12/18)

O empresário José Dias de Macedo faleceu às 4h30 do dia 6 de dezembro. Natural de Camocim, ele morreu em casa, aos 99 anos. O cearense fundou o Grupo J. Macedo, que possui 79 anos de história.

Empresário morreu aos 99 anos (FOTO: Arquivo)

Empresário morreu aos 99 anos (FOTO: Arquivo)

2) Morre o poeta cearense Horácio Dídimo aos 83 anos (03/09/18)

Aos 83 anos, o poeta cearense Horácio Dídimo faleceu na manhã de 3 de setembro, após complicações renais. Horácio estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo do hospital Unimed, em Fortaleza, desde a madrugada do dia 1º de setembro.

Horácio faleceu nesta segunda-feira (FOTO: Reprodução Facebook)

Horácio faleceu nesta segunda-feira (FOTO: Reprodução Facebook)

3) Morre o jornalista José Rangel, aos 72 anos (22/07/18)

O jornalista José Rangel faleceu na tarde do dia 21 de julho, em Fortaleza. Rangel tinha 72 anos e estava internado em decorrência de uma grave pneumonia.

José Rangel foi um dos grandes nomes do colunismo social (FOTO: Reprodução)

José Rangel foi um dos grandes nomes do colunismo social (FOTO: Reprodução)

4) Morre Miguel Dias, presidente do Grupo Cidade de Comunicação (20/03/18)

O presidente do Grupo Cidade de Comunicação, Miguel Dias, morreu no dia 20 de março. Ele passou mal em casa e foi levado até o hospital, onde teve um infarto fulminante e não resistiu.

Miguel Dias, presidente do Grupo Cidade de Comunicação

O empresário foi vitima de um infarto fulminante (FOTO: Reprodução/Cnews)

5) Morre o fundador da Sorveteria Juarez, a mais antiga de Fortaleza (25/01/18)

Morreu o dono da Sorveteria Juarez, a mais antiga de Fortaleza em atividade. João Juarez Albuquerque fundou o negócio em 1960, na cidade de Parnaíba (PI), e desde 1972 atuava em Fortaleza, para onde se mudou. Ele faleceu aos 90 anos.

Seu Juarez, dono da Sorveteria Juarez, morre aos 90 anos. (FOTO: Tribuna do Ceará)