Garoto do vídeo do “Pintinho Piu” sonha em ser ator, quatro anos após fazer sucesso


Garoto do vídeo do “Pintinho Piu” sonha em ser ator, quatro anos após fazer sucesso

Os pais venderam carro, casa e pediram demissão para investir na carreira de Dheymerson que, aos 14 anos, sonha em fazer Artes Cênicas

Por Roberta Tavares em Perfil

4 de junho de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Família de Dheymerson mudou-se para Fortaleza, a fim de investir no sucesso do garoto (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

Família de Dheymerson mudou-se para Fortaleza, a fim de investir no sucesso do garoto (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

Com 11 anos e sem pretensões de fama, Dheymerson Farias publicou um vídeo no YouTube dublando de um jeito bem engraçado a música do “Pintinho Piu”. O que surgiu como uma brincadeira acabou tomando proporções inesperadas. A gravação se tornou viral, com mais de 40 milhões de visualizações, até ser retirada do ar por questões de direitos autorais. Agora, aos 14 anos, a fama repentina só alimentou um desejo: o de ser ator.

Pelo sonho do filho, os pais abriram mão de tudo, apesar da dificuldade iminente. A esperança é de que o sonho do garoto traga novas mudanças, que não sejam passageiras. O vídeo “Pintinho Piu” trouxe expectativas não correspondidas, mas ainda pode ser lembrado, no futuro, como o pontapé de uma história de superação. “Eu mostrei a música, ele ficou dublando, fazendo gestos. Um dia, em casa, colocou na cozinha o som do celular e gravou. Depois publicou na internet”, conta o pai Elias Santos Farias, de 36 anos.

Foi o suficiente para a pacata rotina de Dheymerson mudar completamente. Morador de Russas, no interior do Ceará, mas nascido em Jaguaruana, o garoto foi presença carimbada em programas de auditório de TV, desde locais a nacionais, como o do Ratinho, Domingo Legal, Sábado Total, Astros, Eliana, Profissão Repórter, e outros – além de ser notícia em revistas como a Galileu, Época e Mais Feliz.

Graças à repercussão, Dheymerson e os pais tiveram a oportunidade de conhecer outros estados brasileiros e viajar de avião. “Foram muitas novidades, conhecemos muitos lugares. Ninguém tinha andado de avião ainda. Foram aventuras diferentes na vida da gente”, relata. Os pais, então, decidiram investir na carreira do filho. Esforçaram-se para fazer com que o sucesso do viral se transformasse em uma renda para a família. Venderam carro, casa, pediram demissão dos empregos para sair do interior e morar em Fortaleza, onde o menino conseguiu bolsa de estudos em um colégio particular.

Veja as fotos:

'Pintinho Piu'
1/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
2/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
3/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
4/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
5/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
6/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
7/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
8/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
9/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
10/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
11/12

‘Pintinho Piu’

Dheymerson mora em Fortaleza e sonha em cursar Artes Cênicas (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

'Pintinho Piu'
12/12

‘Pintinho Piu’

Dheymerson mora em Fortaleza e sonha em cursar Artes Cênicas (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

Mas as oportunidades foram bem diferentes das promessas. “Encontramos muitas portas fechadas. Gravamos um CD de músicas infantis e nem conseguimos lançar”, lamenta. As músicas e o estúdio ficaram por conta da família, no entanto, as garantias do lançamento em rede nacional foram deixadas de lado, e os poucos exemplares só foram divulgados na internet e entre amigos.

“Encontramos muitas portas fechadas. Gravamos um CD de músicas infantis e nem conseguimos lançar” (Elias Santos, pai do garoto)

Em 2014, no canal de YouTube do garoto há uma postagem de um vídeo no estilo daquele que ele publicou na internet, anos atrás. “Será que a Arara Loura falará”, música do CD “Festa Animal”, teve desempenho mais tímido que o “Pintinho Piu”, com 25 mil visualizações. Apesar das dificuldades, a família conseguiu dar a volta por cima. Elias Santos é motorista, e Ediana Lima faz curso técnico.

Até hoje, Dheymerson é reconhecido nas ruas da cidade. “Mesmo quatro anos depois, ele já adolescente, de vez em quando alguém passa e grita: ‘Pintinho Piu’. Ele ainda tem a feição parecida com a da época das imagens”. Essa lembrança é considerada pelos pais um ponto positivo para a realização do sonho de Dheymerson. Quem sabe as cortinas se abram para o garoto, que sempre quis ser ator. “No vídeo, ele fez a parte teatral, imitou os animais e deu vida à música. Ele já participou de peças teatrais no colégio e sonha em, futuramente, cursar Artes Cênicas”.

Os pais apoiam a decisão, acrescentando que fariam tudo novamente. “Andamos de ônibus, moramos de aluguel, mas faríamos de novo. Não nos arrependemos, nem ele se arrepende. Temos que nos arrepender do que não fizemos. Todo mundo passa por situações difíceis e dá a volta por cima. Ele fez história, que é difícil de ser apagada”, finaliza. Vale se prender à alegria que o vídeo trouxe, para continuar em busca dos sonhos. O dele, de ser ator, e o dos pais, de ver o filho feliz como no vídeo.

Assista:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15488881″]

Publicidade

Dê sua opinião

Garoto do vídeo do “Pintinho Piu” sonha em ser ator, quatro anos após fazer sucesso

Os pais venderam carro, casa e pediram demissão para investir na carreira de Dheymerson que, aos 14 anos, sonha em fazer Artes Cênicas

Por Roberta Tavares em Perfil

4 de junho de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Família de Dheymerson mudou-se para Fortaleza, a fim de investir no sucesso do garoto (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

Família de Dheymerson mudou-se para Fortaleza, a fim de investir no sucesso do garoto (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

Com 11 anos e sem pretensões de fama, Dheymerson Farias publicou um vídeo no YouTube dublando de um jeito bem engraçado a música do “Pintinho Piu”. O que surgiu como uma brincadeira acabou tomando proporções inesperadas. A gravação se tornou viral, com mais de 40 milhões de visualizações, até ser retirada do ar por questões de direitos autorais. Agora, aos 14 anos, a fama repentina só alimentou um desejo: o de ser ator.

Pelo sonho do filho, os pais abriram mão de tudo, apesar da dificuldade iminente. A esperança é de que o sonho do garoto traga novas mudanças, que não sejam passageiras. O vídeo “Pintinho Piu” trouxe expectativas não correspondidas, mas ainda pode ser lembrado, no futuro, como o pontapé de uma história de superação. “Eu mostrei a música, ele ficou dublando, fazendo gestos. Um dia, em casa, colocou na cozinha o som do celular e gravou. Depois publicou na internet”, conta o pai Elias Santos Farias, de 36 anos.

Foi o suficiente para a pacata rotina de Dheymerson mudar completamente. Morador de Russas, no interior do Ceará, mas nascido em Jaguaruana, o garoto foi presença carimbada em programas de auditório de TV, desde locais a nacionais, como o do Ratinho, Domingo Legal, Sábado Total, Astros, Eliana, Profissão Repórter, e outros – além de ser notícia em revistas como a Galileu, Época e Mais Feliz.

Graças à repercussão, Dheymerson e os pais tiveram a oportunidade de conhecer outros estados brasileiros e viajar de avião. “Foram muitas novidades, conhecemos muitos lugares. Ninguém tinha andado de avião ainda. Foram aventuras diferentes na vida da gente”, relata. Os pais, então, decidiram investir na carreira do filho. Esforçaram-se para fazer com que o sucesso do viral se transformasse em uma renda para a família. Venderam carro, casa, pediram demissão dos empregos para sair do interior e morar em Fortaleza, onde o menino conseguiu bolsa de estudos em um colégio particular.

Veja as fotos:

'Pintinho Piu'
1/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
2/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
3/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
4/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
5/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
6/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
7/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
8/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
9/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
10/12

‘Pintinho Piu’

Graças ao sucesso, Dheymerson Farias foi convidado a participar de programas nacionais (FOTO: Arquivo pessoal)

'Pintinho Piu'
11/12

‘Pintinho Piu’

Dheymerson mora em Fortaleza e sonha em cursar Artes Cênicas (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

'Pintinho Piu'
12/12

‘Pintinho Piu’

Dheymerson mora em Fortaleza e sonha em cursar Artes Cênicas (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

Mas as oportunidades foram bem diferentes das promessas. “Encontramos muitas portas fechadas. Gravamos um CD de músicas infantis e nem conseguimos lançar”, lamenta. As músicas e o estúdio ficaram por conta da família, no entanto, as garantias do lançamento em rede nacional foram deixadas de lado, e os poucos exemplares só foram divulgados na internet e entre amigos.

“Encontramos muitas portas fechadas. Gravamos um CD de músicas infantis e nem conseguimos lançar” (Elias Santos, pai do garoto)

Em 2014, no canal de YouTube do garoto há uma postagem de um vídeo no estilo daquele que ele publicou na internet, anos atrás. “Será que a Arara Loura falará”, música do CD “Festa Animal”, teve desempenho mais tímido que o “Pintinho Piu”, com 25 mil visualizações. Apesar das dificuldades, a família conseguiu dar a volta por cima. Elias Santos é motorista, e Ediana Lima faz curso técnico.

Até hoje, Dheymerson é reconhecido nas ruas da cidade. “Mesmo quatro anos depois, ele já adolescente, de vez em quando alguém passa e grita: ‘Pintinho Piu’. Ele ainda tem a feição parecida com a da época das imagens”. Essa lembrança é considerada pelos pais um ponto positivo para a realização do sonho de Dheymerson. Quem sabe as cortinas se abram para o garoto, que sempre quis ser ator. “No vídeo, ele fez a parte teatral, imitou os animais e deu vida à música. Ele já participou de peças teatrais no colégio e sonha em, futuramente, cursar Artes Cênicas”.

Os pais apoiam a decisão, acrescentando que fariam tudo novamente. “Andamos de ônibus, moramos de aluguel, mas faríamos de novo. Não nos arrependemos, nem ele se arrepende. Temos que nos arrepender do que não fizemos. Todo mundo passa por situações difíceis e dá a volta por cima. Ele fez história, que é difícil de ser apagada”, finaliza. Vale se prender à alegria que o vídeo trouxe, para continuar em busca dos sonhos. O dele, de ser ator, e o dos pais, de ver o filho feliz como no vídeo.

Assista:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15488881″]