Companhia Siderúrgica do Pecém realiza expedição da 1ª placa de aço

MARCO

Companhia Siderúrgica do Pecém realiza expedição da 1ª placa de aço

Serão 20 mil toneladas de placas de aço pela CSP. As próximas exportações serão para Europa, Ásia África e Estados Unidos

Por Tribuna do Ceará em Negócios

26 de julho de 2016 às 16:43

Há 3 anos
Companhia dá continuidade da ação em agosto (FOTO: Divulgação)

Companhia dá continuidade da ação em agosto (FOTO: Divulgação)

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) deu início, nesta terça-feira (26), à expedição da primeira placa de aço comercial até o Porto do Pecém. A operação efetiva desta encomenda para um dos sócios da joint-venture – Dongkuk -, totalizando 20 mil toneladas de placas de aço, terá continuidade na próxima segunda-feira (1º).

O transporte das placas acontecerá pela CE-155, por meio de 16 carretas. O embarque via Porto do Pecém, tendo como destino a Turquia e Itália, será feito até o final da primeira quinzena de agosto. Com dimensões entre 220 mm até 11.800mm, as primeiras placas de aço da CSP para exportação serão utilizadas no processo de relaminação à quente. As próximas exportações, com datas a serem definidas, serão para Europa, Ásia África e Estados Unidos. A segunda encomenda atenderá pedido do outro sócio da CSP, no caso, a sul-coreana Posco.

A CSP produzirá placas de aço para geração de produtos laminados de alta qualidade para a indústria naval, de óleo & gás, automotiva e construção civil. Toda a produção, que até o momento soma 68 mil toneladas de placas de aço, será voltada para os sócios Vale, Dongkuk e Posco, que definirão os tipos de aço e a quantidade que necessitam.

A expedição das primeiras placas acontece nesta fase de comissionamento das principais plantas da usina – coqueria, sinterização, alto-forno, aciaria e lingotamento contínuo. A CSP terá capacidade máxima de produção anual de até 3,156 milhões toneladas de aço líquido e 3 milhões de toneladas de placas semi-acabadas.

Publicidade

Dê sua opinião

MARCO

Companhia Siderúrgica do Pecém realiza expedição da 1ª placa de aço

Serão 20 mil toneladas de placas de aço pela CSP. As próximas exportações serão para Europa, Ásia África e Estados Unidos

Por Tribuna do Ceará em Negócios

26 de julho de 2016 às 16:43

Há 3 anos
Companhia dá continuidade da ação em agosto (FOTO: Divulgação)

Companhia dá continuidade da ação em agosto (FOTO: Divulgação)

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) deu início, nesta terça-feira (26), à expedição da primeira placa de aço comercial até o Porto do Pecém. A operação efetiva desta encomenda para um dos sócios da joint-venture – Dongkuk -, totalizando 20 mil toneladas de placas de aço, terá continuidade na próxima segunda-feira (1º).

O transporte das placas acontecerá pela CE-155, por meio de 16 carretas. O embarque via Porto do Pecém, tendo como destino a Turquia e Itália, será feito até o final da primeira quinzena de agosto. Com dimensões entre 220 mm até 11.800mm, as primeiras placas de aço da CSP para exportação serão utilizadas no processo de relaminação à quente. As próximas exportações, com datas a serem definidas, serão para Europa, Ásia África e Estados Unidos. A segunda encomenda atenderá pedido do outro sócio da CSP, no caso, a sul-coreana Posco.

A CSP produzirá placas de aço para geração de produtos laminados de alta qualidade para a indústria naval, de óleo & gás, automotiva e construção civil. Toda a produção, que até o momento soma 68 mil toneladas de placas de aço, será voltada para os sócios Vale, Dongkuk e Posco, que definirão os tipos de aço e a quantidade que necessitam.

A expedição das primeiras placas acontece nesta fase de comissionamento das principais plantas da usina – coqueria, sinterização, alto-forno, aciaria e lingotamento contínuo. A CSP terá capacidade máxima de produção anual de até 3,156 milhões toneladas de aço líquido e 3 milhões de toneladas de placas semi-acabadas.