Funcionários de agências do Itaú no Centro protestam contra demissões - Noticias


Funcionários de agências do Itaú no Centro protestam contra demissões

Bancários de quatro agências do Itaú no Centro de Fortaleza paralisaram as atividades nesta quarta-feira (23), em protesto contra as demissões ocorridas nessas unidades. A concentração ocorre principalmente em frente ao Museu do Ceará

Por Felipe Lima e Thamiris Treigher em Fortaleza

23 de maio de 2012 às 09:59

Há 7 anos

Bancários de quatro agências do Itaú, no Centro de Fortaleza, cumpriram a promessa e paralisaram as atividades nesta quarta-feira (23) em protesto contra as demissões ocorridas nessas unidades. A concentração ocorre principalmente em frente ao Museu do Ceará e na porta das agências.

De acordo com informações do Sindicato dos Bancários do Ceará (SEEB/CE), o protesto ocorre também em outros estados brasileiros e faz parte de uma campanha nacional contra o assédio moral, as condições precárias de trabalho e a terceirização.

Funcionários concentrados em frente à agência da rua Floriano Peixoto (Foto: Secretaria de Imprensa - SEEB-CE)

Demissões

Números do Sindicato mostram que mais de 20 funcionários do Itaú foram demitidos no Ceará nos últimos dois meses e mais de 10 mil desde a fusão Itaú – Unibanco. “Não podemos admitir que esses funcionários sejam colocados no olho da rua”, defende Ribamar Pacheco, diretor do Sindicato.

“A paralisação é uma advertência e tem a intenção de pressionar o banco a ir para a mesa de negociação e se comprometer a encerrar as demissões”, explica o diretor, que também é funcionário do Itaú. Segundo ele, caso o banco mantenha as demissões, pode haver paralisação geral.

Agências que paralisaram:

1. Rua Major Facundo, 819
2. Rua Floriano Peixoto, 397
3. R ua Floriano Peixoto, 326
4. Rua Barão do Rio Branco, 904

Publicidade

Dê sua opinião

Funcionários de agências do Itaú no Centro protestam contra demissões

Bancários de quatro agências do Itaú no Centro de Fortaleza paralisaram as atividades nesta quarta-feira (23), em protesto contra as demissões ocorridas nessas unidades. A concentração ocorre principalmente em frente ao Museu do Ceará

Por Felipe Lima e Thamiris Treigher em Fortaleza

23 de maio de 2012 às 09:59

Há 7 anos

Bancários de quatro agências do Itaú, no Centro de Fortaleza, cumpriram a promessa e paralisaram as atividades nesta quarta-feira (23) em protesto contra as demissões ocorridas nessas unidades. A concentração ocorre principalmente em frente ao Museu do Ceará e na porta das agências.

De acordo com informações do Sindicato dos Bancários do Ceará (SEEB/CE), o protesto ocorre também em outros estados brasileiros e faz parte de uma campanha nacional contra o assédio moral, as condições precárias de trabalho e a terceirização.

Funcionários concentrados em frente à agência da rua Floriano Peixoto (Foto: Secretaria de Imprensa - SEEB-CE)

Demissões

Números do Sindicato mostram que mais de 20 funcionários do Itaú foram demitidos no Ceará nos últimos dois meses e mais de 10 mil desde a fusão Itaú – Unibanco. “Não podemos admitir que esses funcionários sejam colocados no olho da rua”, defende Ribamar Pacheco, diretor do Sindicato.

“A paralisação é uma advertência e tem a intenção de pressionar o banco a ir para a mesa de negociação e se comprometer a encerrar as demissões”, explica o diretor, que também é funcionário do Itaú. Segundo ele, caso o banco mantenha as demissões, pode haver paralisação geral.

Agências que paralisaram:

1. Rua Major Facundo, 819
2. Rua Floriano Peixoto, 397
3. R ua Floriano Peixoto, 326
4. Rua Barão do Rio Branco, 904