CPMA e Centro de Zoonoses registram mais de 150 ocorrências de maus tratos contra animais em Fortaleza


CPMA e Centro de Zoonoses registram mais de 150 ocorrências de maus tratos contra animais em Fortaleza

O Companhia da Polícia Militar Ambiental (CPMA) registra 24 ocorrências de violência contra animais, durante estes meses de 2012, em Fortaleza

Por Jackson Cruz em Fortaleza

20 de julho de 2012 às 14:14

Há 7 anos

A Companhia da Polícia Militar Ambiental (CPMA) registra 24 ocorrências de violência contra animais, durante estes meses de 2012, em Fortaleza. De acordo com o major Marcus Vinicius Costa Saraiva, ao todo, foram nove ocorrências com recolhimentos de animais e 15 “em que o fato não pode ser configurado como maus tratos, por fatores como a retirada anterior do animal do local.”

Segundo o major Marcus, o animal que lidera o ranking de maus tratos é o galo. “Eles são utilizados em rinhas de briga. Em segundo lugar, aparecem os cães”, diz. Geralmente, as agressões mais comuns são ferimentos provocados no corpo do animal, além do confinamento em locais inadequados.

Denúncias de abandono

De acordo com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que faz parte da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), de janeiro a julho, já foram registradas cerca de 135 denúncias de abandono de animais. Segundo a veterinária da Zoonose, Camila Capitani, o setor recebe denúncias somente de cães e gatos, predominante as reclamações sobre cachorros, totalizando quase 98%.

A veterinária explica que os animais em situação de abandono, geralmente, apresentam sinais de maus tratos com relação a fome e sede. De acordo com Camila, quando há recolhimento, os animais desnutridos são tratados sem medicações. “Ele fica sob nosso cuidado. A gente disponibiliza ração, mas não damos soro na veia”, diz.

Como evitar?

De acordo com o major, a polícia está realizando ações para diminuir este tipo de violência. “Divulgação das ações repressivas, para inibir novas ações, e conscientização através da imprensa e ações de educação ambiental em condomínios, escolas e outros”, revela.

Já a Zoonose, segundo Camila, atua principalmente nas escolas. “A gente acredita que falando com as crianças iremos atingir aos pais”, confidencia. Ela fala que há também um trabalho de conscientização realizados com empresas privadas.

Punição

Para quem comete este tipo de maus tratos, há punição de multas, podendo levar a detenção, de três meses a um ano. De acordo com a Lei 9605/98 Art. 32, praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é considerado crime.

UPAC

A União Protetora dos Animais Carentes (UPAC) é uma ONG que trata de animais abandonados, mas que está constantemente precisando de ajuda. Para ser voluntário e ajudar no tratamento de cães e gatos, basta entrar em contato pelo e-mail contato@upac.org.br.

As principais necessidades da UPAS são:

Nossas principais necessidades são:

Ração para cão e gato
Medicamentos (antibióticos, antiinflamatórios, carrapaticidas, vermifugos, etc)
Materiais a serem vendidos no bazar(roupas, acessórios, brinquedos, etc)
Recursos para despesas veterinárias (consultas, cirurgias, exames, tratamentos, internações)
Transportes de animais do abrigo para a clínica e vice-versa
Realização de bazares
Arrecadar notas fiscais (colocação de urnas e contagem de notas)
Abrigar ou resgatar um animal
Apadrinhar um animal
Divulgar o trabalho, buscar patrocínio
Ajudar nas feiras de adoção (antes, durante e depois)
Auxiliar no acompanhamento dos animais adotados(ligar, visitar)
Auxiliar nos cuidados dos animais dos abrigos

Confira imagens de animais que precisam de sua ajuda:

Animais que precisam de ajuda (30)
Animais que precisam de ajuda (29)
Animais que precisam de ajuda (28)
Animais que precisam de ajuda (27)
Animais que precisam de ajuda (26)
Animais que precisam de ajuda (25)
Animais que precisam de ajuda (24)
Animais que precisam de ajuda (23)
Animais que precisam de ajuda (22)
Animais que precisam de ajuda (21)
Animais que precisam de ajuda (20)
Animais que precisam de ajuda (19)
Animais que precisam de ajuda (18)
Animais que precisam de ajuda (17)
Animais que precisam de ajuda (16)
Animais que precisam de ajuda (15)
Animais que precisam de ajuda (14)
Animais que precisam de ajuda (13)
Animais que precisam de ajuda (12)
Animais que precisam de ajuda (11)
Animais que precisam de ajuda (10)
Animais que precisam de ajuda (9)
Animais que precisam de ajuda (8)
Animais que precisam de ajuda (7)
Animais que precisam de ajuda (6)
Animais que precisam de ajuda (5)
Animais que precisam de ajuda (4)
Animais que precisam de ajuda (3)
Animais que precisam de ajuda (2)
Animais que precisam de ajuda (1)
Animais que precisam de ajuda
Publicidade

Dê sua opinião

CPMA e Centro de Zoonoses registram mais de 150 ocorrências de maus tratos contra animais em Fortaleza

O Companhia da Polícia Militar Ambiental (CPMA) registra 24 ocorrências de violência contra animais, durante estes meses de 2012, em Fortaleza

Por Jackson Cruz em Fortaleza

20 de julho de 2012 às 14:14

Há 7 anos

A Companhia da Polícia Militar Ambiental (CPMA) registra 24 ocorrências de violência contra animais, durante estes meses de 2012, em Fortaleza. De acordo com o major Marcus Vinicius Costa Saraiva, ao todo, foram nove ocorrências com recolhimentos de animais e 15 “em que o fato não pode ser configurado como maus tratos, por fatores como a retirada anterior do animal do local.”

Segundo o major Marcus, o animal que lidera o ranking de maus tratos é o galo. “Eles são utilizados em rinhas de briga. Em segundo lugar, aparecem os cães”, diz. Geralmente, as agressões mais comuns são ferimentos provocados no corpo do animal, além do confinamento em locais inadequados.

Denúncias de abandono

De acordo com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que faz parte da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), de janeiro a julho, já foram registradas cerca de 135 denúncias de abandono de animais. Segundo a veterinária da Zoonose, Camila Capitani, o setor recebe denúncias somente de cães e gatos, predominante as reclamações sobre cachorros, totalizando quase 98%.

A veterinária explica que os animais em situação de abandono, geralmente, apresentam sinais de maus tratos com relação a fome e sede. De acordo com Camila, quando há recolhimento, os animais desnutridos são tratados sem medicações. “Ele fica sob nosso cuidado. A gente disponibiliza ração, mas não damos soro na veia”, diz.

Como evitar?

De acordo com o major, a polícia está realizando ações para diminuir este tipo de violência. “Divulgação das ações repressivas, para inibir novas ações, e conscientização através da imprensa e ações de educação ambiental em condomínios, escolas e outros”, revela.

Já a Zoonose, segundo Camila, atua principalmente nas escolas. “A gente acredita que falando com as crianças iremos atingir aos pais”, confidencia. Ela fala que há também um trabalho de conscientização realizados com empresas privadas.

Punição

Para quem comete este tipo de maus tratos, há punição de multas, podendo levar a detenção, de três meses a um ano. De acordo com a Lei 9605/98 Art. 32, praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é considerado crime.

UPAC

A União Protetora dos Animais Carentes (UPAC) é uma ONG que trata de animais abandonados, mas que está constantemente precisando de ajuda. Para ser voluntário e ajudar no tratamento de cães e gatos, basta entrar em contato pelo e-mail contato@upac.org.br.

As principais necessidades da UPAS são:

Nossas principais necessidades são:

Ração para cão e gato
Medicamentos (antibióticos, antiinflamatórios, carrapaticidas, vermifugos, etc)
Materiais a serem vendidos no bazar(roupas, acessórios, brinquedos, etc)
Recursos para despesas veterinárias (consultas, cirurgias, exames, tratamentos, internações)
Transportes de animais do abrigo para a clínica e vice-versa
Realização de bazares
Arrecadar notas fiscais (colocação de urnas e contagem de notas)
Abrigar ou resgatar um animal
Apadrinhar um animal
Divulgar o trabalho, buscar patrocínio
Ajudar nas feiras de adoção (antes, durante e depois)
Auxiliar no acompanhamento dos animais adotados(ligar, visitar)
Auxiliar nos cuidados dos animais dos abrigos

Confira imagens de animais que precisam de sua ajuda:

Animais que precisam de ajuda (30)
Animais que precisam de ajuda (29)
Animais que precisam de ajuda (28)
Animais que precisam de ajuda (27)
Animais que precisam de ajuda (26)
Animais que precisam de ajuda (25)
Animais que precisam de ajuda (24)
Animais que precisam de ajuda (23)
Animais que precisam de ajuda (22)
Animais que precisam de ajuda (21)
Animais que precisam de ajuda (20)
Animais que precisam de ajuda (19)
Animais que precisam de ajuda (18)
Animais que precisam de ajuda (17)
Animais que precisam de ajuda (16)
Animais que precisam de ajuda (15)
Animais que precisam de ajuda (14)
Animais que precisam de ajuda (13)
Animais que precisam de ajuda (12)
Animais que precisam de ajuda (11)
Animais que precisam de ajuda (10)
Animais que precisam de ajuda (9)
Animais que precisam de ajuda (8)
Animais que precisam de ajuda (7)
Animais que precisam de ajuda (6)
Animais que precisam de ajuda (5)
Animais que precisam de ajuda (4)
Animais que precisam de ajuda (3)
Animais que precisam de ajuda (2)
Animais que precisam de ajuda (1)
Animais que precisam de ajuda