Inicia 2º ciclo de fumacê nas ruas de Fortaleza


2º ciclo de fumacê inicia nas ruas de Fortaleza

Trinta carros fumacê prosseguem, até sexta-feira (19), o segundo ciclo de pulverização espacial de inseticida para combater a proliferação do mosquito da dengue em Fortaleza

Por Rodrigo Cavalcante em Fortaleza

15 de maio de 2012 às 07:48

Há 7 anos

Neste 2º ciclo, foram disponibilizados 30 carros fumacês

Trinta carros fumacê prosseguem, até sexta-feira (19), o segundo ciclo de pulverização espacial de inseticida para combater a proliferação do mosquito da dengue em Fortaleza.

O arrastão promovido pelo Núcleo de Controle de Vetores (Nuvet), da Secretaria da Saúde do Estado, percorre 18.473 quarteirões dos 119 bairros da Capital.

A recomendação é de que as famílias abram janelas e portas para que o inseticida possa alcançar o mosquito que está dentro de casa, nos jardins ou nos quintais.

Controle

A aplicação do inseticida provoca o desalojamento do Aedes aegypti. Atinge somente o mosquito adulto em pleno voo. Ou seja, o inseticida não mata as larvas do Aedes aegypti, que estão em caixas d’água, potes, baldes, pneus, lajes.

Ciclos

A Secretaria da Saúde do Estado realizará seis ciclos de pulverização de inseticida em Fortaleza. O controle químico do mosquito da dengue foi iniciado na Capital no dia 7 de maio, com o primeiro ciclo de pulverização que se estendeu até o dia 11. Os próximos ciclos serão iniciados sempre às segundas-feiras, nos dias 21 e 28 de maio, 4 e 11 de junho.

Publicidade

Dê sua opinião

2º ciclo de fumacê inicia nas ruas de Fortaleza

Trinta carros fumacê prosseguem, até sexta-feira (19), o segundo ciclo de pulverização espacial de inseticida para combater a proliferação do mosquito da dengue em Fortaleza

Por Rodrigo Cavalcante em Fortaleza

15 de maio de 2012 às 07:48

Há 7 anos

Neste 2º ciclo, foram disponibilizados 30 carros fumacês

Trinta carros fumacê prosseguem, até sexta-feira (19), o segundo ciclo de pulverização espacial de inseticida para combater a proliferação do mosquito da dengue em Fortaleza.

O arrastão promovido pelo Núcleo de Controle de Vetores (Nuvet), da Secretaria da Saúde do Estado, percorre 18.473 quarteirões dos 119 bairros da Capital.

A recomendação é de que as famílias abram janelas e portas para que o inseticida possa alcançar o mosquito que está dentro de casa, nos jardins ou nos quintais.

Controle

A aplicação do inseticida provoca o desalojamento do Aedes aegypti. Atinge somente o mosquito adulto em pleno voo. Ou seja, o inseticida não mata as larvas do Aedes aegypti, que estão em caixas d’água, potes, baldes, pneus, lajes.

Ciclos

A Secretaria da Saúde do Estado realizará seis ciclos de pulverização de inseticida em Fortaleza. O controle químico do mosquito da dengue foi iniciado na Capital no dia 7 de maio, com o primeiro ciclo de pulverização que se estendeu até o dia 11. Os próximos ciclos serão iniciados sempre às segundas-feiras, nos dias 21 e 28 de maio, 4 e 11 de junho.