Por que as eleições têm dois turnos? Origem remonta à Europa do século 19

ESCOLHA DO PRESIDENTE

Por que as eleições têm dois turnos? Origem remonta à Europa do século 19

A medida do sistema eleitoral é uma forma de evitar que candidatos sejam eleitos sem a maioria absoluta dos votos

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

28 de outubro de 2018 às 07:00

Há 7 meses
Votação das eleições do segundo turno

As eleições do segundo turno acontecem neste domingo (28) (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Os eleitores irão às urnas escolher o próximo presidente do País neste domingo (28). Como nenhum dos postulantes atingiu uma porcentagem acima de 50% no 1º turno, o sistema eleitoral determinou a ocorrência de um 2º turno.

Alguns eleitores têm dúvidas sobre a necessidade de outra votação. Segundo especialistas, o 2º turno possibilita aos eleitores mais tempo para avaliar as propostas dos presidenciáveis, entre outros benefícios à democracia.

Na disputa, estão os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), que conseguiram 46,09% e 29,20% dos votos válidos, respectivamente.

De acordo com o cientista político Luiz Domingo, o segundo turno permite que os candidatos possam aprofundar os debates ao apresentar suas propostas. É o momento de destacar as diferenças que às vezes não são tão evidentes durante o primeiro, por conta do excesso de candidatos – em 2018, foram 13 candidatos a presidente.

“Propicia ao eleitor votar em sua primeira escolha, naquele candidato que percebe estar mais próximo de suas crenças e interesses (voto sincero), e, ainda, votar conforme a correlação de forças (voto estratégico)”, destaca.

O especialista também acrescenta que este segundo momento das eleições permite que a classe política possa se organizar para um futuro governo. “Adiantam a formação dos blocos de governo e oposição, que é a clivagem fundamental que organiza o trabalho no Congresso Nacional”, indica.

O modelo de sistema eleitoral surgiu na Europa, no século XIX. A medida é uma forma de evitar que candidatos sejam eleitos sem a maioria absoluta dos votos. “O sistema de um turno forçava o eleitor a optar pelas candidaturas bem colocadas na disputa”, frisa.

As eleições do 2º turno acontecem neste domingo, das 8h às 17h. Se o eleitor estiver fora do município no dia da votação, deve comparecer a qualquer seção eleitoral para preencher o formulário e justificar sua ausência.

Publicidade

Dê sua opinião

ESCOLHA DO PRESIDENTE

Por que as eleições têm dois turnos? Origem remonta à Europa do século 19

A medida do sistema eleitoral é uma forma de evitar que candidatos sejam eleitos sem a maioria absoluta dos votos

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

28 de outubro de 2018 às 07:00

Há 7 meses
Votação das eleições do segundo turno

As eleições do segundo turno acontecem neste domingo (28) (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Os eleitores irão às urnas escolher o próximo presidente do País neste domingo (28). Como nenhum dos postulantes atingiu uma porcentagem acima de 50% no 1º turno, o sistema eleitoral determinou a ocorrência de um 2º turno.

Alguns eleitores têm dúvidas sobre a necessidade de outra votação. Segundo especialistas, o 2º turno possibilita aos eleitores mais tempo para avaliar as propostas dos presidenciáveis, entre outros benefícios à democracia.

Na disputa, estão os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), que conseguiram 46,09% e 29,20% dos votos válidos, respectivamente.

De acordo com o cientista político Luiz Domingo, o segundo turno permite que os candidatos possam aprofundar os debates ao apresentar suas propostas. É o momento de destacar as diferenças que às vezes não são tão evidentes durante o primeiro, por conta do excesso de candidatos – em 2018, foram 13 candidatos a presidente.

“Propicia ao eleitor votar em sua primeira escolha, naquele candidato que percebe estar mais próximo de suas crenças e interesses (voto sincero), e, ainda, votar conforme a correlação de forças (voto estratégico)”, destaca.

O especialista também acrescenta que este segundo momento das eleições permite que a classe política possa se organizar para um futuro governo. “Adiantam a formação dos blocos de governo e oposição, que é a clivagem fundamental que organiza o trabalho no Congresso Nacional”, indica.

O modelo de sistema eleitoral surgiu na Europa, no século XIX. A medida é uma forma de evitar que candidatos sejam eleitos sem a maioria absoluta dos votos. “O sistema de um turno forçava o eleitor a optar pelas candidaturas bem colocadas na disputa”, frisa.

As eleições do 2º turno acontecem neste domingo, das 8h às 17h. Se o eleitor estiver fora do município no dia da votação, deve comparecer a qualquer seção eleitoral para preencher o formulário e justificar sua ausência.