Dra. Mayra é desligada do HGF e espera notificação para denunciar "abuso de poder"

AÇÃO NA JUSTIÇA

Dra. Mayra é desligada do HGF e espera notificação para denunciar “abuso de poder”

Segundo a médica pediatra, o motivo teria sido as imagens em que faz denúncias da situação dos corredores do hospital desde 2015

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

25 de outubro de 2018 às 18:25

Há 7 meses
Dra. Mayra foi candidata ao senado (Foto: Divulgação)

Dra. Mayra foi candidata ao Senado Federal (FOTO: Divulgação)

A ex-presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará e médica pediatra Mayra Pinheiro vai acionar a Justiça após ser comunicada que será desligada do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) nesta quinta-feira (25).

Dra. Mayra retornou à função logo após o final da campanha do primeiro turno, quando foi candidata ao Senado Federal pelo PSDB, terminando em quarto lugar na disputa com 882 mil votos.

Segundo a médica, o desligamento foi comunicado pelo presidente da Cooperativa dos Pediatras do Ceará (Coopedce), Dr. Osmiro Barreto, pois parte dos profissionais médicos que trabalham no HGF, que pertence ao Governo do Ceará, são contratados via cooperativas profissionais. 

Ainda de acordo com a profissional, a motivação para o desligamento está relacionada às imagens e denúncias dos corredores do hospital divulgadas por ela desde 2015. Dra. Mayra publicou recentemente, em 21 de outubro, um vídeo mostrando o corredor do HGF com vários pacientes à espera de atendimento.

A médica, que recentemente presidiu o Sindicato dos Médicos, afirmou que está esperando a notificação oficial para entrar com ação no judiciário por abuso de poder. Ela ainda disse que, como não houve comunicação documentada, não deixará de comparecer aos plantões.

A Tribuna BandNews FM procurou o HGF para tratar sobre o desligamento da médica. No entanto, a assessoria de imprensa informou que o hospital não irá se pronunciar sobre o assunto.

Publicidade

Dê sua opinião

AÇÃO NA JUSTIÇA

Dra. Mayra é desligada do HGF e espera notificação para denunciar “abuso de poder”

Segundo a médica pediatra, o motivo teria sido as imagens em que faz denúncias da situação dos corredores do hospital desde 2015

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

25 de outubro de 2018 às 18:25

Há 7 meses
Dra. Mayra foi candidata ao senado (Foto: Divulgação)

Dra. Mayra foi candidata ao Senado Federal (FOTO: Divulgação)

A ex-presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará e médica pediatra Mayra Pinheiro vai acionar a Justiça após ser comunicada que será desligada do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) nesta quinta-feira (25).

Dra. Mayra retornou à função logo após o final da campanha do primeiro turno, quando foi candidata ao Senado Federal pelo PSDB, terminando em quarto lugar na disputa com 882 mil votos.

Segundo a médica, o desligamento foi comunicado pelo presidente da Cooperativa dos Pediatras do Ceará (Coopedce), Dr. Osmiro Barreto, pois parte dos profissionais médicos que trabalham no HGF, que pertence ao Governo do Ceará, são contratados via cooperativas profissionais. 

Ainda de acordo com a profissional, a motivação para o desligamento está relacionada às imagens e denúncias dos corredores do hospital divulgadas por ela desde 2015. Dra. Mayra publicou recentemente, em 21 de outubro, um vídeo mostrando o corredor do HGF com vários pacientes à espera de atendimento.

A médica, que recentemente presidiu o Sindicato dos Médicos, afirmou que está esperando a notificação oficial para entrar com ação no judiciário por abuso de poder. Ela ainda disse que, como não houve comunicação documentada, não deixará de comparecer aos plantões.

A Tribuna BandNews FM procurou o HGF para tratar sobre o desligamento da médica. No entanto, a assessoria de imprensa informou que o hospital não irá se pronunciar sobre o assunto.