Candidatos ao Senado no Ceará participam de debate na TV Jangadeiro nesta terça-feira

ELEIÇÕES 2018

Candidatos ao Senado no Ceará participam de debate na TV Jangadeiro nesta terça-feira

A dez dias das eleições, o eleitor terá a oportunidade de conhecer os candidatos ao Senado e suas propostas no debate da TV Jangadeiro

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

24 de setembro de 2018 às 16:53

Há 7 meses
Oito candidatos ao Senado estão confirmados no debate da TV Jangadeiro.

Oito candidatos ao Senado estão confirmados no debate da TV Jangadeiro.

A TV Jangadeiro e o Tribuna do Ceará transmitem nesta terça-feira (25) o primeiro debate entre os candidatos ao Senado no Ceará. Em 2018, doze candidatos disputam duas vagas no Senado. Foram convidados nove postulantes cujos partidos têm representação na Câmara dos Deputados. O debate acontecerá a partir das 11 horas.

Estão confirmados os candidatos Cid Gomes (PDT), Eduardo Girão (Pros), Mayra Pinheiro (PSDB), Anna Karina (Psol), Pastor Simões (Psol), Bardawil (Pode), Dr. Márcio Pinheiro (PSL) e Pastor Pedro Ribeiro (PSL).

A diretora de jornalismo da TV Jangadeiro, Isabela Martin, ressalta que esse será o momento de o eleitor prestar atenção nas propostas dos candidatos. “O Senado é uma casa do parlamento muito importante para a democracia”, pontua.

O debate terá transmissão ao vivo na TV Jangadeiro (SBT), no portal Tribuna do Ceará e nas redes sociais do Sistema Jangadeiro.

A expectativa é que o eleitor, além de ter acesso às propostas, possa conhecer o perfil de cada candidato. A votação para o Senado obedece a regra majoritária, vence quem conquista o maior número de votos. Nas últimas eleições, um senador já foi eleito. Dessa vez, serão mais dois.

Entre as funções do senador, está a de representar o Estado durante oito anos.

A cientista política Carla Michele destaca a importância de o eleitor conhecer as responsabilidades da Casa Legislativa. “O Senado tem uma função importantíssima que é de verificar a viabilidade, a constitucionalidade, inclusive daquilo que é proposto pela Câmara dos Deputados. Só o Senado Federal pode decretar o impeachment, por exemplo, de um Presidente da República ou de ministros da Suprema Corte”, lembra.

http://mais.uol.com.br/view/16547158

Publicidade

Dê sua opinião

ELEIÇÕES 2018

Candidatos ao Senado no Ceará participam de debate na TV Jangadeiro nesta terça-feira

A dez dias das eleições, o eleitor terá a oportunidade de conhecer os candidatos ao Senado e suas propostas no debate da TV Jangadeiro

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

24 de setembro de 2018 às 16:53

Há 7 meses
Oito candidatos ao Senado estão confirmados no debate da TV Jangadeiro.

Oito candidatos ao Senado estão confirmados no debate da TV Jangadeiro.

A TV Jangadeiro e o Tribuna do Ceará transmitem nesta terça-feira (25) o primeiro debate entre os candidatos ao Senado no Ceará. Em 2018, doze candidatos disputam duas vagas no Senado. Foram convidados nove postulantes cujos partidos têm representação na Câmara dos Deputados. O debate acontecerá a partir das 11 horas.

Estão confirmados os candidatos Cid Gomes (PDT), Eduardo Girão (Pros), Mayra Pinheiro (PSDB), Anna Karina (Psol), Pastor Simões (Psol), Bardawil (Pode), Dr. Márcio Pinheiro (PSL) e Pastor Pedro Ribeiro (PSL).

A diretora de jornalismo da TV Jangadeiro, Isabela Martin, ressalta que esse será o momento de o eleitor prestar atenção nas propostas dos candidatos. “O Senado é uma casa do parlamento muito importante para a democracia”, pontua.

O debate terá transmissão ao vivo na TV Jangadeiro (SBT), no portal Tribuna do Ceará e nas redes sociais do Sistema Jangadeiro.

A expectativa é que o eleitor, além de ter acesso às propostas, possa conhecer o perfil de cada candidato. A votação para o Senado obedece a regra majoritária, vence quem conquista o maior número de votos. Nas últimas eleições, um senador já foi eleito. Dessa vez, serão mais dois.

Entre as funções do senador, está a de representar o Estado durante oito anos.

A cientista política Carla Michele destaca a importância de o eleitor conhecer as responsabilidades da Casa Legislativa. “O Senado tem uma função importantíssima que é de verificar a viabilidade, a constitucionalidade, inclusive daquilo que é proposto pela Câmara dos Deputados. Só o Senado Federal pode decretar o impeachment, por exemplo, de um Presidente da República ou de ministros da Suprema Corte”, lembra.

http://mais.uol.com.br/view/16547158