Saiba onde encontrar bibliotecas comunitárias em Fortaleza

INCENTIVO À LEITURA

Saiba onde encontrar bibliotecas comunitárias em Fortaleza

O Tribuna do Ceará criou um mapa colaborativo com os locais onde é possível compartilhar livros em bibliotecas comunitárias em Fortaleza

Por Jéssica Welma em Educação

13 de março de 2019 às 07:00

Há 2 meses
Biblioteca Comunitária Professor CL. Leônidas Magalhães. (Foto: Reprodução/Jangada Literária)

Biblioteca Comunitária Professor CL. Leônidas Magalhães. (Foto: Reprodução/Jangada Literária)

A criação de bibliotecas comunitárias em Fortaleza tem estimulado o hábito pela leitura e uma relação diferenciada com livros e bairros. O Tribuna do Ceará reuniu 12 bibliotecas em que é possível compartilhar livros e fazer doações em diferentes pontos da Capital.

O movimento de incentivo à leitura e ao compartilhamento de livros é estimulado por trabalhos voluntários, como do Livro Livre CE.  “O Livro Livre começou há pouco mais de quatro anos, comigo mesma deixando livro pela cidade. Mas hoje eu me sinto mais parte de um grande movimento. Trabalhamos na construção e manutenção de pontos de leitura compartilhada e de bibliotecas livres”, ressalta Annita Moura, mentora do Livro Livre.

Por atuarem como um coletivo, as iniciativas se ajudam em diferentes espaços. “Fomos nos tornando conhecidos e, devido ao volume de doações, passamos a doar para outras pessoas, outras bibliotecas”, destaca Annita. As bibliotecas geralmente são construídas, organizadas e mantidas pelas comunidades onde estão instaladas.

“A biblioteca comunitária funciona não só na questão do acervo de livro, é também um espaço de convivência da comunidade, onde a comunidade está atuante e dialoga com outras linguagens culturais”, afirma Sâmia Ellen, articuladora da rede de leitura Jangada Literária.

A rede começou em 2013, com cinco bibliotecas comunitárias. Em 2019, o total de equipamentos ligados ao grupo chega a 10, nove delas em Fortaleza e uma em São Gonçalo do Amarante. A Jangada Literária está integrada à Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias, que conta atualmente com 11 redes e 115 bibliotecas comunitárias nos estados do Pará, Maranhão, Ceará, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

“As bibliotecas são mantidas por doação. Quando ganhamos algum projeto, conseguimos recurso para o acervo. Temos atividades internas, que são mediação de leitura, contação de história, cinema para a comunidade, além de atividades externas nas praças dos bairros e seminários voltados para conscientização política”, ressalta Sâmia.

Quem tem interesse em doar livros ou começar um projeto de biblioteca comunitária pode entrar em contato com a Jangada Literária. O grupo promove formações para orientar na montagem de acervo e manutenção e na mediação de leitura. Também são feitas visitas a bibliotecas para estabelecer novas parcerias.

Para compartilhar livros:

Jangada Literária
Instagram: @jangadaliteraria
Site: www.jangadaliteraria.com
Contato: (85) 98747-7424 / (85) 98810-5786

Livro Livre CE
Instagram: @livrolivre.ce

Publicidade

Dê sua opinião

INCENTIVO À LEITURA

Saiba onde encontrar bibliotecas comunitárias em Fortaleza

O Tribuna do Ceará criou um mapa colaborativo com os locais onde é possível compartilhar livros em bibliotecas comunitárias em Fortaleza

Por Jéssica Welma em Educação

13 de março de 2019 às 07:00

Há 2 meses
Biblioteca Comunitária Professor CL. Leônidas Magalhães. (Foto: Reprodução/Jangada Literária)

Biblioteca Comunitária Professor CL. Leônidas Magalhães. (Foto: Reprodução/Jangada Literária)

A criação de bibliotecas comunitárias em Fortaleza tem estimulado o hábito pela leitura e uma relação diferenciada com livros e bairros. O Tribuna do Ceará reuniu 12 bibliotecas em que é possível compartilhar livros e fazer doações em diferentes pontos da Capital.

O movimento de incentivo à leitura e ao compartilhamento de livros é estimulado por trabalhos voluntários, como do Livro Livre CE.  “O Livro Livre começou há pouco mais de quatro anos, comigo mesma deixando livro pela cidade. Mas hoje eu me sinto mais parte de um grande movimento. Trabalhamos na construção e manutenção de pontos de leitura compartilhada e de bibliotecas livres”, ressalta Annita Moura, mentora do Livro Livre.

Por atuarem como um coletivo, as iniciativas se ajudam em diferentes espaços. “Fomos nos tornando conhecidos e, devido ao volume de doações, passamos a doar para outras pessoas, outras bibliotecas”, destaca Annita. As bibliotecas geralmente são construídas, organizadas e mantidas pelas comunidades onde estão instaladas.

“A biblioteca comunitária funciona não só na questão do acervo de livro, é também um espaço de convivência da comunidade, onde a comunidade está atuante e dialoga com outras linguagens culturais”, afirma Sâmia Ellen, articuladora da rede de leitura Jangada Literária.

A rede começou em 2013, com cinco bibliotecas comunitárias. Em 2019, o total de equipamentos ligados ao grupo chega a 10, nove delas em Fortaleza e uma em São Gonçalo do Amarante. A Jangada Literária está integrada à Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias, que conta atualmente com 11 redes e 115 bibliotecas comunitárias nos estados do Pará, Maranhão, Ceará, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

“As bibliotecas são mantidas por doação. Quando ganhamos algum projeto, conseguimos recurso para o acervo. Temos atividades internas, que são mediação de leitura, contação de história, cinema para a comunidade, além de atividades externas nas praças dos bairros e seminários voltados para conscientização política”, ressalta Sâmia.

Quem tem interesse em doar livros ou começar um projeto de biblioteca comunitária pode entrar em contato com a Jangada Literária. O grupo promove formações para orientar na montagem de acervo e manutenção e na mediação de leitura. Também são feitas visitas a bibliotecas para estabelecer novas parcerias.

Para compartilhar livros:

Jangada Literária
Instagram: @jangadaliteraria
Site: www.jangadaliteraria.com
Contato: (85) 98747-7424 / (85) 98810-5786

Livro Livre CE
Instagram: @livrolivre.ce