Professor que já foi agricultor hoje possui três pós-graduações e inspira alunos

EDUCAÇÃO TRANSFORMADORA

Professor que já foi agricultor hoje possui três pós-graduações e inspira alunos

Na infância, Antônio trabalhava com os pais em uma lavoura na zona rural de Quixeramobim. Hoje, o professor é responsável por uma das 50 melhores turmas escolares do Brasil

Por Tribuna do Ceará em Educação

24 de abril de 2019 às 07:00

Há 1 mês

Antônio Barbosa já foi aprovado em três concursos públicos e motiva alunos a permanecerem estudando (FOTO: Reprodução / Acervo Pessoal)

Por William Barros

Responsável por uma das 50 melhores turmas escolares do Brasil, segundo avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2017. Eleito Professor-Inspiração de Quixeramobim em 2016. Duas graduações. Três pós-graduações. Três aprovações em concursos públicos.

Estas são apenas algumas das informações do currículo do cearense Antônio Barbosa. Aos 28 anos, o pedagogo já comemora os êxitos de uma trajetória iniciada na infância, quando trabalhava com os pais em uma lavoura da zona rural de Quixeramobim, a 203 km de Fortaleza.

“Tudo isso é fruto da minha paixão pela educação”, avalia Barbosa sobre seus feitos.

Desde o ano passado, Antônio trabalha em três turnos. Às seis horas da manhã, ele sai de casa para dar aulas em Quixeramobim até o fim da tarde. Em seguida, viaja por 40 minutos a Quixadá, onde leciona até as 21h. “O descanso é só quando chego em casa mesmo”, conta.

Ele reconhece que o ideal seria trabalhar em no máximo dois turnos. “Todavia, muitas vezes, nos sentimos na obrigação de trabalhar mais para ter um pouco mais de conforto”, justifica.

Quando recorda a infância no distrito de Malhadinha, ele destaca o apoio da família. “O único trabalho que tinha lá era a agricultura, mas meus pais diziam que não queriam aquilo para mim. Eles sempre me incentivaram e brigavam para eu ficar em casa estudando para as provas em vez de ir para a ‘roça’”, relembra o professor.

Antônio obedecia as ordens paternas. “Sempre fui um bom aluno, sempre me dediquei muito”, afirma. Ele também relembra as dificuldades enfrentadas nesse período. “Íamos para a aula a pé ou de bicicleta, mas tenho imenso orgulho de dizer que estudei nas escolas mais simples do sertão”, enfatiza.

Em 2009, Barbosa utilizou sua nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para tentar uma bolsa de estudos. Por meio do Programa Universidade Para Todos (Prouni), ele começou a cursar Ciências Contábeis. Logo depois, iniciou os estudos em Pedagogia.

Durante as graduações, para custear seus gastos, ainda trabalhou em uma fábrica de calçados e em uma construtora imobiliária. “Sempre tive vontade de ser professor, mas quando a necessidade falava mais alto, a gente ia procurando outros caminhos”, explica.

Já formado, conquistou sua primeira aprovação em concurso público, no ano de 2014. Desde então, é professor da rede municipal de Quixeramobim, onde leciona Matemática e Língua Portuguesa para turmas de ensino fundamental da Escola Maria do Socorro Coelho Benício.

Em 2015, ele também foi aprovado para uma vaga em Boa Viagem, município que fica a 217 km da capital cearense, mas não assumiu. A terceira aprovação veio em 2016, no processo seletivo da prefeitura municipal de Quixadá. Esse último posto só foi ocupado em 2018, na Escola José Bonifácio de Sousa.

Ao longo da carreira, ele também já cursou três pós-graduações. Hoje, é especialista em gestão escolar, docência para ensino superior e docência para ensino técnico-profissional.

Autor de um projeto sobre aprendizagem cooperativa, o educador foi escolhido como Professor-Inspiração do município de Quixeramobim em 2016. No ano seguinte, mais um reconhecimento: sua turma ficou entre uma das 50 melhores do país, de acordo com o Ideb.

“Com essas conquistas, me sinto ainda mais motivado em continuar o meu trabalho. Graças a Deus, tive bons resultados em tudo que fiz”, agradece.

Os pais, que continuam morando em Malhadinha, sentem-se orgulhosos pelos feitos de Antônio. “Sempre que consigo alguma coisa, eu ligo para eles, que ficam muito felizes”, revela.

Para o pedagogo, incentivar outras pessoas a seguirem o caminho da educação é uma de suas missões. A motivação vale tanto para os alunos quanto para os irmão mais novos.

“Sempre falei aos meus alunos sobre a importância da educação, principalmente quando trabalhei com ensino médio. Também tenho dois irmãos que eu tento incentivar muito. A minha irmã mais nova está no terceiro semestre de Pedagogia”, comemora.

Segundo ele, o sucesso daqueles que se espelham na sua trajetória é gratificante. Mesmo após tantos desafios, ele classifica seu percurso de vida como “uma história simples”. “Gostaria de mostrar para outras pessoas a importância de não desistir e estudar sempre. Educação é o primeiro passo para tudo”, conclui Antônio.

Talvez nem todos os alunos de Barbosa concluam três pós-graduações e duas graduações. Talvez nem todos os estudantes sejam aprovados em um concurso público diferente a cada ano. Mas o que todos eles jamais poderão esquecer é da principal lição do professor Antônio: “educação pode transformar vidas e fazer sonhos virarem realidade”.

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim
1/3

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim

Antônio Barbosa foi eleito Professor-Inspiração de Quixeramobim em 2016 e é responsável por uma das 50 melhores turmas escolares do Brasil, segundo o Ideb de 2017 (FOTOS: Reprodução / Acervo Pessoal)

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim
2/3

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim

Antônio Barbosa foi eleito Professor-Inspiração de Quixeramobim em 2016 e é responsável por uma das 50 melhores turmas escolares do Brasil, segundo o Ideb de 2017 (FOTOS: Reprodução / Acervo Pessoal)

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim
3/3

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim

Antônio Barbosa foi eleito Professor-Inspiração de Quixeramobim em 2016 e é responsável por uma das 50 melhores turmas escolares do Brasil, segundo o Ideb de 2017 (FOTOS: Reprodução / Acervo Pessoal)

Publicidade

Dê sua opinião

EDUCAÇÃO TRANSFORMADORA

Professor que já foi agricultor hoje possui três pós-graduações e inspira alunos

Na infância, Antônio trabalhava com os pais em uma lavoura na zona rural de Quixeramobim. Hoje, o professor é responsável por uma das 50 melhores turmas escolares do Brasil

Por Tribuna do Ceará em Educação

24 de abril de 2019 às 07:00

Há 1 mês

Antônio Barbosa já foi aprovado em três concursos públicos e motiva alunos a permanecerem estudando (FOTO: Reprodução / Acervo Pessoal)

Por William Barros

Responsável por uma das 50 melhores turmas escolares do Brasil, segundo avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2017. Eleito Professor-Inspiração de Quixeramobim em 2016. Duas graduações. Três pós-graduações. Três aprovações em concursos públicos.

Estas são apenas algumas das informações do currículo do cearense Antônio Barbosa. Aos 28 anos, o pedagogo já comemora os êxitos de uma trajetória iniciada na infância, quando trabalhava com os pais em uma lavoura da zona rural de Quixeramobim, a 203 km de Fortaleza.

“Tudo isso é fruto da minha paixão pela educação”, avalia Barbosa sobre seus feitos.

Desde o ano passado, Antônio trabalha em três turnos. Às seis horas da manhã, ele sai de casa para dar aulas em Quixeramobim até o fim da tarde. Em seguida, viaja por 40 minutos a Quixadá, onde leciona até as 21h. “O descanso é só quando chego em casa mesmo”, conta.

Ele reconhece que o ideal seria trabalhar em no máximo dois turnos. “Todavia, muitas vezes, nos sentimos na obrigação de trabalhar mais para ter um pouco mais de conforto”, justifica.

Quando recorda a infância no distrito de Malhadinha, ele destaca o apoio da família. “O único trabalho que tinha lá era a agricultura, mas meus pais diziam que não queriam aquilo para mim. Eles sempre me incentivaram e brigavam para eu ficar em casa estudando para as provas em vez de ir para a ‘roça’”, relembra o professor.

Antônio obedecia as ordens paternas. “Sempre fui um bom aluno, sempre me dediquei muito”, afirma. Ele também relembra as dificuldades enfrentadas nesse período. “Íamos para a aula a pé ou de bicicleta, mas tenho imenso orgulho de dizer que estudei nas escolas mais simples do sertão”, enfatiza.

Em 2009, Barbosa utilizou sua nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para tentar uma bolsa de estudos. Por meio do Programa Universidade Para Todos (Prouni), ele começou a cursar Ciências Contábeis. Logo depois, iniciou os estudos em Pedagogia.

Durante as graduações, para custear seus gastos, ainda trabalhou em uma fábrica de calçados e em uma construtora imobiliária. “Sempre tive vontade de ser professor, mas quando a necessidade falava mais alto, a gente ia procurando outros caminhos”, explica.

Já formado, conquistou sua primeira aprovação em concurso público, no ano de 2014. Desde então, é professor da rede municipal de Quixeramobim, onde leciona Matemática e Língua Portuguesa para turmas de ensino fundamental da Escola Maria do Socorro Coelho Benício.

Em 2015, ele também foi aprovado para uma vaga em Boa Viagem, município que fica a 217 km da capital cearense, mas não assumiu. A terceira aprovação veio em 2016, no processo seletivo da prefeitura municipal de Quixadá. Esse último posto só foi ocupado em 2018, na Escola José Bonifácio de Sousa.

Ao longo da carreira, ele também já cursou três pós-graduações. Hoje, é especialista em gestão escolar, docência para ensino superior e docência para ensino técnico-profissional.

Autor de um projeto sobre aprendizagem cooperativa, o educador foi escolhido como Professor-Inspiração do município de Quixeramobim em 2016. No ano seguinte, mais um reconhecimento: sua turma ficou entre uma das 50 melhores do país, de acordo com o Ideb.

“Com essas conquistas, me sinto ainda mais motivado em continuar o meu trabalho. Graças a Deus, tive bons resultados em tudo que fiz”, agradece.

Os pais, que continuam morando em Malhadinha, sentem-se orgulhosos pelos feitos de Antônio. “Sempre que consigo alguma coisa, eu ligo para eles, que ficam muito felizes”, revela.

Para o pedagogo, incentivar outras pessoas a seguirem o caminho da educação é uma de suas missões. A motivação vale tanto para os alunos quanto para os irmão mais novos.

“Sempre falei aos meus alunos sobre a importância da educação, principalmente quando trabalhei com ensino médio. Também tenho dois irmãos que eu tento incentivar muito. A minha irmã mais nova está no terceiro semestre de Pedagogia”, comemora.

Segundo ele, o sucesso daqueles que se espelham na sua trajetória é gratificante. Mesmo após tantos desafios, ele classifica seu percurso de vida como “uma história simples”. “Gostaria de mostrar para outras pessoas a importância de não desistir e estudar sempre. Educação é o primeiro passo para tudo”, conclui Antônio.

Talvez nem todos os alunos de Barbosa concluam três pós-graduações e duas graduações. Talvez nem todos os estudantes sejam aprovados em um concurso público diferente a cada ano. Mas o que todos eles jamais poderão esquecer é da principal lição do professor Antônio: “educação pode transformar vidas e fazer sonhos virarem realidade”.

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim
1/3

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim

Antônio Barbosa foi eleito Professor-Inspiração de Quixeramobim em 2016 e é responsável por uma das 50 melhores turmas escolares do Brasil, segundo o Ideb de 2017 (FOTOS: Reprodução / Acervo Pessoal)

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim
2/3

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim

Antônio Barbosa foi eleito Professor-Inspiração de Quixeramobim em 2016 e é responsável por uma das 50 melhores turmas escolares do Brasil, segundo o Ideb de 2017 (FOTOS: Reprodução / Acervo Pessoal)

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim
3/3

Agricultor na infância, professor inspira alunos em Quixeramobim

Antônio Barbosa foi eleito Professor-Inspiração de Quixeramobim em 2016 e é responsável por uma das 50 melhores turmas escolares do Brasil, segundo o Ideb de 2017 (FOTOS: Reprodução / Acervo Pessoal)