Estudantes do IFCE de Cedro criam robô autoguiado que desvia de obstáculos


Estudantes do IFCE de Cedro criam robô autoguiado que desvia de obstáculos

Os estudantes, que apresentaram seus projetos em feira em Fortaleza, planejam criar uma cadeira de rodas autoguiada com custo mais baixo

Por Hayanne Narlla em Educação

22 de outubro de 2015 às 06:00

Há 3 anos
Trio de estudantes de Cedro criou três robôs que se locomovem através do som (FOTO: Bruno Leonardo)

Trio de estudantes de Cedro criou três robôs que se locomovem através do som (FOTO: Bruno Leonardo)

Um robô capaz de desviar de obstáculos e sair de um labirinto. Outro que mapeia qualquer espaço em que esteja inserido para se locomover. E mais: uma tecnologia que se move de acordo com ordens de uma pessoa e reconhecimento de QR Code impresso. Todos esses projetos foram desenvolvidos por cearenses, ainda na fase de estudantes.

William de Souza, Artur Moreira e Ludianno Queiroz são alunos do 6o semestre de Mecatrônica do Instituto Federal do Ceará (IFCE) localizado em Cedro, a 400 quilômetros de Fortaleza. Com o objetivo apenas de passar em uma disciplina, eles se dedicaram a esses três projetos. Juntos, gastaram R$ 1,5 mil, mas tudo em prol de novas descobertas.

“Ainda precisa de mais pesquisa para desenvolver mais. Tem que envolver inteligências artificiais”, reconhece William. A ideia, agora, é de unir os três protótipos em uma tecnologia só e comercial. Uma cadeira de rodas autoguiada seria a melhor opção.

Por enquanto, eles permanecem na fase de pesquisa e elaboração de artigos científicos. Mas sonham em ter uma criação reconhecida e que realmente auxilie no quesito acessibilidade. Além disso, ainda esperam baratear o custo, utilizando peças mais em conta.

Confira o vídeo:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15651969″]

 

Evento

O trio apresentou seus robôs em um stand montado na 39ª edição da Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec), em Fortaleza. O evento acontece até esta sexta-feira (23), no hotel Praia Centro, na Praia de Iracema. A Reditec é um evento realizado todos os anos e valoriza a pesquisa dos estudantes.

Robô autoguiado
1/3

Robô autoguiado

Trio quer desenvolver cadeira de rodas autoguiada com baixo custo (FOTO: Bruno Leonardo)

Robô autoguiado
2/3

Robô autoguiado

Robô de William consegue sair de labirinto sozinho (FOTO: Bruno Leonardo)

Robô autoguiado
3/3

Robô autoguiado

Robô de William consegue sair de labirinto sozinho (FOTO: Bruno Leonardo)

Publicidade

Dê sua opinião

Estudantes do IFCE de Cedro criam robô autoguiado que desvia de obstáculos

Os estudantes, que apresentaram seus projetos em feira em Fortaleza, planejam criar uma cadeira de rodas autoguiada com custo mais baixo

Por Hayanne Narlla em Educação

22 de outubro de 2015 às 06:00

Há 3 anos
Trio de estudantes de Cedro criou três robôs que se locomovem através do som (FOTO: Bruno Leonardo)

Trio de estudantes de Cedro criou três robôs que se locomovem através do som (FOTO: Bruno Leonardo)

Um robô capaz de desviar de obstáculos e sair de um labirinto. Outro que mapeia qualquer espaço em que esteja inserido para se locomover. E mais: uma tecnologia que se move de acordo com ordens de uma pessoa e reconhecimento de QR Code impresso. Todos esses projetos foram desenvolvidos por cearenses, ainda na fase de estudantes.

William de Souza, Artur Moreira e Ludianno Queiroz são alunos do 6o semestre de Mecatrônica do Instituto Federal do Ceará (IFCE) localizado em Cedro, a 400 quilômetros de Fortaleza. Com o objetivo apenas de passar em uma disciplina, eles se dedicaram a esses três projetos. Juntos, gastaram R$ 1,5 mil, mas tudo em prol de novas descobertas.

“Ainda precisa de mais pesquisa para desenvolver mais. Tem que envolver inteligências artificiais”, reconhece William. A ideia, agora, é de unir os três protótipos em uma tecnologia só e comercial. Uma cadeira de rodas autoguiada seria a melhor opção.

Por enquanto, eles permanecem na fase de pesquisa e elaboração de artigos científicos. Mas sonham em ter uma criação reconhecida e que realmente auxilie no quesito acessibilidade. Além disso, ainda esperam baratear o custo, utilizando peças mais em conta.

Confira o vídeo:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15651969″]

 

Evento

O trio apresentou seus robôs em um stand montado na 39ª edição da Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec), em Fortaleza. O evento acontece até esta sexta-feira (23), no hotel Praia Centro, na Praia de Iracema. A Reditec é um evento realizado todos os anos e valoriza a pesquisa dos estudantes.

Robô autoguiado
1/3

Robô autoguiado

Trio quer desenvolver cadeira de rodas autoguiada com baixo custo (FOTO: Bruno Leonardo)

Robô autoguiado
2/3

Robô autoguiado

Robô de William consegue sair de labirinto sozinho (FOTO: Bruno Leonardo)

Robô autoguiado
3/3

Robô autoguiado

Robô de William consegue sair de labirinto sozinho (FOTO: Bruno Leonardo)