Cearenses ganham prêmio do Google com projeto de purificação d'água

1º LUGAR

Cearenses ganham prêmio do Google com projeto de purificação d’água

João Gabriel Stefani e Letícia Pereira de Sousa ganharam o Prêmio Impacto na Comunidade – América Latina, oferecido pelo Google Science Fair

Por Tribuna Bandnews FM em Educação

19 de julho de 2016 às 14:34

Há 3 anos
estudantes projeto ciências

Estudantes conquistaram o primeiro lugar com um projeto de purificação d’água (FOTO: Divulgação)

Não é de hoje que cearenses conseguem ser premiados por pesquisas científicas totalmente inovadoras. Com a pesquisa “Semente Mágica – Transformando água contaminada em água potável”, os cearenses João Gabriel Stefani, 15 anos, e Letícia Pereira de Sousa, 18 anos, conquistaram o Prêmio Impacto na Comunidade – América Latina. A premiação foi oferecida pela Google Science Fair na última segunda-feira (18), em Fortaleza.

A ideia dos estudantes é utilizar as sementes de moringa oleifera – planta originária da Índia -, um coagulante natural, barato, viável e totalmente biodegradável para purificar a água poluída de maneira mais rápida e econômica.

Em entrevista à rádio Tribuna Bandnews FM, Letícia explicou que a ideia do projeto surgiu após o desastre ambiental ocorrido na cidade mineira Mariana, no ano passado. “A ideia surgiu após o ocorrido em Mariana em que muita gente ficou realmente sem água potável por um bom tempo. Na época, eu estava no processo de monitoria e a gente resolveu juntar as duas coisas e começou a fazer um projeto nosso com a ideia de ajudar essas pessoas”, disse.

Ainda segundo a estudante, a meta do projeto é conseguir um meio viável para que a ideia seja aplicada na sociedade. “Qualquer ajuda financeira que a gente conseguir será para investir em nosso projeto mesmo. Então, mostra que a pesquisa é séria e da margem para nós apresentarmos nossa ideia para outras pessoas que possam nos ajudar a colocar tudo isso em prática”, contou.

A premiação

A Google Science Fair se trata de uma competição de ciência e tecnologia que acontece em todo o mundo. O congresso busca projetos inovadores que façam diferença prática na comunidade ao solucionar um desafio ambiental, de saúde ou de recursos utilizando a ciência, a matemática e a engenharia.

Os Prêmios Impacto na Comunidade contemplam cinco regiões do mundo África/Oriente Médio, Pacífico Asiático, Europa, América Latina e América do Norte.

Confira a reportagem completa da rádio Tribuna Bandnews FM:

Publicidade

Dê sua opinião

1º LUGAR

Cearenses ganham prêmio do Google com projeto de purificação d’água

João Gabriel Stefani e Letícia Pereira de Sousa ganharam o Prêmio Impacto na Comunidade – América Latina, oferecido pelo Google Science Fair

Por Tribuna Bandnews FM em Educação

19 de julho de 2016 às 14:34

Há 3 anos
estudantes projeto ciências

Estudantes conquistaram o primeiro lugar com um projeto de purificação d’água (FOTO: Divulgação)

Não é de hoje que cearenses conseguem ser premiados por pesquisas científicas totalmente inovadoras. Com a pesquisa “Semente Mágica – Transformando água contaminada em água potável”, os cearenses João Gabriel Stefani, 15 anos, e Letícia Pereira de Sousa, 18 anos, conquistaram o Prêmio Impacto na Comunidade – América Latina. A premiação foi oferecida pela Google Science Fair na última segunda-feira (18), em Fortaleza.

A ideia dos estudantes é utilizar as sementes de moringa oleifera – planta originária da Índia -, um coagulante natural, barato, viável e totalmente biodegradável para purificar a água poluída de maneira mais rápida e econômica.

Em entrevista à rádio Tribuna Bandnews FM, Letícia explicou que a ideia do projeto surgiu após o desastre ambiental ocorrido na cidade mineira Mariana, no ano passado. “A ideia surgiu após o ocorrido em Mariana em que muita gente ficou realmente sem água potável por um bom tempo. Na época, eu estava no processo de monitoria e a gente resolveu juntar as duas coisas e começou a fazer um projeto nosso com a ideia de ajudar essas pessoas”, disse.

Ainda segundo a estudante, a meta do projeto é conseguir um meio viável para que a ideia seja aplicada na sociedade. “Qualquer ajuda financeira que a gente conseguir será para investir em nosso projeto mesmo. Então, mostra que a pesquisa é séria e da margem para nós apresentarmos nossa ideia para outras pessoas que possam nos ajudar a colocar tudo isso em prática”, contou.

A premiação

A Google Science Fair se trata de uma competição de ciência e tecnologia que acontece em todo o mundo. O congresso busca projetos inovadores que façam diferença prática na comunidade ao solucionar um desafio ambiental, de saúde ou de recursos utilizando a ciência, a matemática e a engenharia.

Os Prêmios Impacto na Comunidade contemplam cinco regiões do mundo África/Oriente Médio, Pacífico Asiático, Europa, América Latina e América do Norte.

Confira a reportagem completa da rádio Tribuna Bandnews FM: