Sistema de bicicletas compartilhadas será implantado em setembro


Sistema de bicicletas compartilhadas será implantado em setembro

Com ele, qualquer pessoa retira uma bicicleta em uma estação e a devolve ao sistema em outra

Por Roberta Tavares em Cotidiano

26 de julho de 2014 às 14:00

Há 5 anos
Sistema deve ser instalado em setembro (FOTO: Arquivo/Tribuna do Ceará)

Sistema deve ser instalado em setembro (FOTO: Arquivo/Tribuna do Ceará)

O sistema de bicicletas compartilhadas será implantado em setembro, de acordo com a Prefeitura Municipal de Fortaleza. Com ele, qualquer pessoa retira uma bicicleta em uma estação e a devolve ao sistema em outra, de forma gratuita, utilizando apenas o Bilhete Único. A cidade do Rio de Janeiro foi a pioneira a adotar o sistema no Brasil em 2008.

Atualmente, a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos prepara edital de chamamento público para a escolha da empresa que implantará o sistema em Fortaleza. “Este primeiro momento é de aprendizagem, de caráter experimental. Vamos criar um modelo que se adapte às necessidades da nossa cidade”, disse o coordenador do Plano de Ações Imediatas em Transporte e Trânsito (Paitt) e secretário em exercício da SCSP, Luis Alberto Saboia.

O sistema a ser usado em Fortaleza prevê a instalação de 40 a 60 estações com, aproximadamente, 600 bicicletas, usando a integração com o Bilhete Único para garantir a gratuidade do transporte. A primeira hora de uso será gratuita e, a cada hora excedente, será cobrada uma taxa no valor de R$5 para manutenção do sistema.

Publicidade

Dê sua opinião

Sistema de bicicletas compartilhadas será implantado em setembro

Com ele, qualquer pessoa retira uma bicicleta em uma estação e a devolve ao sistema em outra

Por Roberta Tavares em Cotidiano

26 de julho de 2014 às 14:00

Há 5 anos
Sistema deve ser instalado em setembro (FOTO: Arquivo/Tribuna do Ceará)

Sistema deve ser instalado em setembro (FOTO: Arquivo/Tribuna do Ceará)

O sistema de bicicletas compartilhadas será implantado em setembro, de acordo com a Prefeitura Municipal de Fortaleza. Com ele, qualquer pessoa retira uma bicicleta em uma estação e a devolve ao sistema em outra, de forma gratuita, utilizando apenas o Bilhete Único. A cidade do Rio de Janeiro foi a pioneira a adotar o sistema no Brasil em 2008.

Atualmente, a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos prepara edital de chamamento público para a escolha da empresa que implantará o sistema em Fortaleza. “Este primeiro momento é de aprendizagem, de caráter experimental. Vamos criar um modelo que se adapte às necessidades da nossa cidade”, disse o coordenador do Plano de Ações Imediatas em Transporte e Trânsito (Paitt) e secretário em exercício da SCSP, Luis Alberto Saboia.

O sistema a ser usado em Fortaleza prevê a instalação de 40 a 60 estações com, aproximadamente, 600 bicicletas, usando a integração com o Bilhete Único para garantir a gratuidade do transporte. A primeira hora de uso será gratuita e, a cada hora excedente, será cobrada uma taxa no valor de R$5 para manutenção do sistema.