Servidores do IJF iniciam greve na quarta-feira


Servidores do IJF iniciam greve na quarta-feira

O Instituto Dr. José Frota (IJF) é o maior hospital do Ceará, e atende a casos de Fortaleza e do interior do estado

Por Roberta Tavares em Cotidiano

16 de junho de 2014 às 19:48

Há 5 anos
Servidores entram em greve na quarta-feira (FOTO: Arquivo/Tribuna do Ceará)

Servidores entram em greve na quarta-feira (FOTO: Arquivo/Tribuna do Ceará)

Servidores do Instituto Dr. José Frota (IJF) iniciam greve por tempo indeterminado na quarta-feira (18). A greve, que estava prevista para o dia 10 de junho, foi suspensa por decisão judicial a pedido da Prefeitura Municipal de Fortaleza, afirmando que os servidores não haviam feito comunicação da mesma com antecedência de 48h.

A decisão sobre a paralisação foi tomada pela categoria em assembleia geral na última sexta-feira (13). Os servidores reclamam da falta de respostas à pauta de reivindicação. Além das questões salariais e de condições de trabalho, a categoria reivindica segurança para funcionários, pacientes e visitantes.

  Segundo o Sindicato dos Servidores Municipais, há casos de furtos, assassinatos e constantes ameaças aos profissionais no hospital. Durante a greve, haverá redução de 50% no efetivo do hospital, mas o atendimento a todos os casos de urgência e emergência será garantido. O IJF é o maior hospital do Ceará, e atende a casos de Fortaleza e do interior do estado.

Publicidade

Dê sua opinião

Servidores do IJF iniciam greve na quarta-feira

O Instituto Dr. José Frota (IJF) é o maior hospital do Ceará, e atende a casos de Fortaleza e do interior do estado

Por Roberta Tavares em Cotidiano

16 de junho de 2014 às 19:48

Há 5 anos
Servidores entram em greve na quarta-feira (FOTO: Arquivo/Tribuna do Ceará)

Servidores entram em greve na quarta-feira (FOTO: Arquivo/Tribuna do Ceará)

Servidores do Instituto Dr. José Frota (IJF) iniciam greve por tempo indeterminado na quarta-feira (18). A greve, que estava prevista para o dia 10 de junho, foi suspensa por decisão judicial a pedido da Prefeitura Municipal de Fortaleza, afirmando que os servidores não haviam feito comunicação da mesma com antecedência de 48h.

A decisão sobre a paralisação foi tomada pela categoria em assembleia geral na última sexta-feira (13). Os servidores reclamam da falta de respostas à pauta de reivindicação. Além das questões salariais e de condições de trabalho, a categoria reivindica segurança para funcionários, pacientes e visitantes.

  Segundo o Sindicato dos Servidores Municipais, há casos de furtos, assassinatos e constantes ameaças aos profissionais no hospital. Durante a greve, haverá redução de 50% no efetivo do hospital, mas o atendimento a todos os casos de urgência e emergência será garantido. O IJF é o maior hospital do Ceará, e atende a casos de Fortaleza e do interior do estado.