Quixeramobim comemora Dia do Evangélico com show em feriado municipal


Quixeramobim comemora Dia do Evangélico com show gospel em feriado municipal

Apesar de os evangélicos serem 10% da população, Quixeramobim decretou feriado em 2011. O Dia do Evangélico é marcado por show gospel bancado pela prefeitura

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

15 de abril de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Show em comemoração do Dia do Evangélico ocorre na praça de Quixeramobim (FOTO: Divulgação)

Show em comemoração do Dia do Evangélico ocorre na praça de Quixeramobim (FOTO: Divulgação)

Shows e trabalhos de cunho social. O dia 15 de abril em Quixeramobim, a 200 quilômetros de Fortaleza, é feriado municipal. Na data é comemorado o Dia do Evangélico.

O projeto de lei foi aprovado na Câmara Municipal em 2011, tendo a primeira programação no ano seguinte. A proposta foi do vereador Antonio Filho (PTB), inspirada na data comemorativa nacional. É que dia 30 de novembro é o Dia Nacional do Evangélico. A leia foi sancionada em 2010 pelo então presidente Lula, porém não determina que seja feriado federal.

Programação

Para comemorar o dia, é realizado um show na praça de Quixeramobim, além de algum tipo de trabalho social, como arrecadação de alimentos e doação de sangue. A programação é gratuita e mobiliza não só evangélicos – cerca de 10% dos moradores –, mas a população em si, segundo André Ricardo, coordenador de eventos do Dia do Evangélico e assessor do gabinete da prefeitura. De acordo com o Censo 2010 do IBGE, a cidade tem 71.887 habitantes, cerca de 7 mil deles evangélicos.

Para criar a programação, a prefeitura mobiliza as igrejas evangélicas do município e propõe uma ideia central do evento. As tarefas são divididas entre os pastores, mas é necessário que todas as deliberações estejam dentro da proposta orçamentária.

“Obviamente dentro de um feriado desse tem aqueles que são favoráveis e contra. De certa forma, trabalhamos dentro da logística de um evento para todos que participem. Não há nenhum tipo de proselitismo discriminando outro tipo de público”, explicou.

Mesmo sendo um dia específico para um segmento religioso, não existem reclamações para a gestão municipal. As únicas considerações são realizadas pelos comerciantes, que não querem fechar durante o feriado.

Comemoração nacional

No dia 15 de setembro de 2010, o presidente Lula sancionou a Lei 12328/10, apresentada pelo deputado federal Ribamar Alves (PSB-MA). O objetivo era de incentivar a divulgação da espiritualidade, demonstrando por meio de ações públicas que o “caminho para um melhor viver é exatamente a nossa busca constante de Deus e, em especial, o caminhar com seu filho Jesus”.

Publicidade

Dê sua opinião

Quixeramobim comemora Dia do Evangélico com show gospel em feriado municipal

Apesar de os evangélicos serem 10% da população, Quixeramobim decretou feriado em 2011. O Dia do Evangélico é marcado por show gospel bancado pela prefeitura

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

15 de abril de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Show em comemoração do Dia do Evangélico ocorre na praça de Quixeramobim (FOTO: Divulgação)

Show em comemoração do Dia do Evangélico ocorre na praça de Quixeramobim (FOTO: Divulgação)

Shows e trabalhos de cunho social. O dia 15 de abril em Quixeramobim, a 200 quilômetros de Fortaleza, é feriado municipal. Na data é comemorado o Dia do Evangélico.

O projeto de lei foi aprovado na Câmara Municipal em 2011, tendo a primeira programação no ano seguinte. A proposta foi do vereador Antonio Filho (PTB), inspirada na data comemorativa nacional. É que dia 30 de novembro é o Dia Nacional do Evangélico. A leia foi sancionada em 2010 pelo então presidente Lula, porém não determina que seja feriado federal.

Programação

Para comemorar o dia, é realizado um show na praça de Quixeramobim, além de algum tipo de trabalho social, como arrecadação de alimentos e doação de sangue. A programação é gratuita e mobiliza não só evangélicos – cerca de 10% dos moradores –, mas a população em si, segundo André Ricardo, coordenador de eventos do Dia do Evangélico e assessor do gabinete da prefeitura. De acordo com o Censo 2010 do IBGE, a cidade tem 71.887 habitantes, cerca de 7 mil deles evangélicos.

Para criar a programação, a prefeitura mobiliza as igrejas evangélicas do município e propõe uma ideia central do evento. As tarefas são divididas entre os pastores, mas é necessário que todas as deliberações estejam dentro da proposta orçamentária.

“Obviamente dentro de um feriado desse tem aqueles que são favoráveis e contra. De certa forma, trabalhamos dentro da logística de um evento para todos que participem. Não há nenhum tipo de proselitismo discriminando outro tipo de público”, explicou.

Mesmo sendo um dia específico para um segmento religioso, não existem reclamações para a gestão municipal. As únicas considerações são realizadas pelos comerciantes, que não querem fechar durante o feriado.

Comemoração nacional

No dia 15 de setembro de 2010, o presidente Lula sancionou a Lei 12328/10, apresentada pelo deputado federal Ribamar Alves (PSB-MA). O objetivo era de incentivar a divulgação da espiritualidade, demonstrando por meio de ações públicas que o “caminho para um melhor viver é exatamente a nossa busca constante de Deus e, em especial, o caminhar com seu filho Jesus”.