Programa Cidades Digitais reabre inscrição


Programa Cidades Digitais reabre inscrição

Araripe, Barreira, Brejo Santo, Jaguaruana, Maracanaú, Milhã, Quixeramobim, São Gonçalo do Amarante,Varjota e Viçosa do Ceará já assinaram com o projeto

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

3 de fevereiro de 2013 às 15:05

Há 6 anos

O reforço de R$ 100 milhões no Programa Cidades Digitais abriu espaço para que seja aberta uma nova chamada de municípios interessados em participar do projeto. A partir desta segunda-feira (4), as inscrições vão estar disponíveis no site dos Ministério das Comunicações.

Na última terça-feira (29), foram assinados os contratos com os primeiros 80 municípios selecionados. No Ceará, os escolhidos foram: Araripe, Barreira, Brejo Santo, Jaguaruana, Maracanaú, Milhã, Quixeramobim, São Gonçalo do Amarante,Varjota e Viçosa do Ceará.

Os critérios de seleção de municípios são: cidades com até 50 mil habitantes; municípios com menor índice de desenvolvimento municipal e indicação de servidores públicos para gerenciamento e treinamento.

O objetivo do projeto é modernizar a gestão municipal, oferecer acesso da população a serviços de governo eletrônico e incentivar o desenvolvimento local. O programa prevê infraestrutura de conexão de rede entre os órgãos públicos municipais e a instalação de aplicativos de governo eletrônico para gerir os setores financeiro, tributário, da saúde e educação.

Publicidade

Dê sua opinião

Programa Cidades Digitais reabre inscrição

Araripe, Barreira, Brejo Santo, Jaguaruana, Maracanaú, Milhã, Quixeramobim, São Gonçalo do Amarante,Varjota e Viçosa do Ceará já assinaram com o projeto

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

3 de fevereiro de 2013 às 15:05

Há 6 anos

O reforço de R$ 100 milhões no Programa Cidades Digitais abriu espaço para que seja aberta uma nova chamada de municípios interessados em participar do projeto. A partir desta segunda-feira (4), as inscrições vão estar disponíveis no site dos Ministério das Comunicações.

Na última terça-feira (29), foram assinados os contratos com os primeiros 80 municípios selecionados. No Ceará, os escolhidos foram: Araripe, Barreira, Brejo Santo, Jaguaruana, Maracanaú, Milhã, Quixeramobim, São Gonçalo do Amarante,Varjota e Viçosa do Ceará.

Os critérios de seleção de municípios são: cidades com até 50 mil habitantes; municípios com menor índice de desenvolvimento municipal e indicação de servidores públicos para gerenciamento e treinamento.

O objetivo do projeto é modernizar a gestão municipal, oferecer acesso da população a serviços de governo eletrônico e incentivar o desenvolvimento local. O programa prevê infraestrutura de conexão de rede entre os órgãos públicos municipais e a instalação de aplicativos de governo eletrônico para gerir os setores financeiro, tributário, da saúde e educação.