Mulheres que morreram ao tentar salvar crianças em açude não sabiam nadar

TRAGÉDIA

Mulheres que morreram ao tentar salvar crianças em açude não sabiam nadar

Pescadores conseguiram salvar as duas crianças, que foram arrastadas por correnteza. Segundo relatos, não foi o primeiro caso no açude

Por Tribuna Bandnews FM em Cotidiano

26 de fevereiro de 2019 às 11:23

Há 3 meses
Velório das duas mulheres

O velório aconteceu na tarde dessa segunda, no município de Caucaia (Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Tanto Valdiana Cardoso Sousa, de 37 anos, quanto Aline Maciel de Queiroz, 32, não sabiam nadar e pularam no açude na tentativa de salvar os filhos, segundo o irmão de uma das vítimas. O velório das duas mulheres que morreram após tentarem resgatar duas crianças em açude aconteceu na tarde dessa segunda-feira (25), em uma igreja evangélica, na cidade de Caucaia.

As duas morreram afogadas após verem as duas crianças sendo levadas pela correnteza do açude. Segundo familiares, essa não é a primeira vez que há casos de afogamentos no açude.

A igreja onde os corpos estavam sendo velados estava lotada por familiares e amigos de Valdiana e Aline. Para os familiares, a notícia da morte foi uma surpresa.

O irmão de Aline, Daniel Filho, conta que ao receber a informação do afogamento foi direto ao açude. Ao chegar ao local, encontrou uma equipe do Corpo de Bombeiros realizando os primeiros socorros no corpo de Aline Maciel. “Ela já estava sem pulso. Eles pararam quando uma ambulância confirmou o óbito”, comenta.

De acordo com Daniel, as duas mulheres estavam acompanhadas por duas crianças de 5 e de 11 anos e um adolescente de 13 anos. A mais nova estava tomando banho próximo à margem do açude quando foi levada pela correnteza.

Ao ver a irmã se afogando, o menino de 11 anos tentou resgatá-la, mas também não conseguiu. Desesperadas, Valdiana e Aline pularam imediatamente no açude para salvar os filhos. Entretanto, Daniel conta que as duas não sabiam nadar.

“Os pescadores viram e conseguiram salvar as crianças”, comenta. O corpo de Aline chegou a ser resgatado logo em seguida. Uma equipe do Corpo de Bombeiro realizou os primeiros socorros na tentativa de reanimá-la nas margens do açude, mas a vítima foi a óbito. Já o corpo de Valdiana foi encontrados momentos depois.

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta terça-feira (26).

Publicidade

Dê sua opinião

TRAGÉDIA

Mulheres que morreram ao tentar salvar crianças em açude não sabiam nadar

Pescadores conseguiram salvar as duas crianças, que foram arrastadas por correnteza. Segundo relatos, não foi o primeiro caso no açude

Por Tribuna Bandnews FM em Cotidiano

26 de fevereiro de 2019 às 11:23

Há 3 meses
Velório das duas mulheres

O velório aconteceu na tarde dessa segunda, no município de Caucaia (Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Tanto Valdiana Cardoso Sousa, de 37 anos, quanto Aline Maciel de Queiroz, 32, não sabiam nadar e pularam no açude na tentativa de salvar os filhos, segundo o irmão de uma das vítimas. O velório das duas mulheres que morreram após tentarem resgatar duas crianças em açude aconteceu na tarde dessa segunda-feira (25), em uma igreja evangélica, na cidade de Caucaia.

As duas morreram afogadas após verem as duas crianças sendo levadas pela correnteza do açude. Segundo familiares, essa não é a primeira vez que há casos de afogamentos no açude.

A igreja onde os corpos estavam sendo velados estava lotada por familiares e amigos de Valdiana e Aline. Para os familiares, a notícia da morte foi uma surpresa.

O irmão de Aline, Daniel Filho, conta que ao receber a informação do afogamento foi direto ao açude. Ao chegar ao local, encontrou uma equipe do Corpo de Bombeiros realizando os primeiros socorros no corpo de Aline Maciel. “Ela já estava sem pulso. Eles pararam quando uma ambulância confirmou o óbito”, comenta.

De acordo com Daniel, as duas mulheres estavam acompanhadas por duas crianças de 5 e de 11 anos e um adolescente de 13 anos. A mais nova estava tomando banho próximo à margem do açude quando foi levada pela correnteza.

Ao ver a irmã se afogando, o menino de 11 anos tentou resgatá-la, mas também não conseguiu. Desesperadas, Valdiana e Aline pularam imediatamente no açude para salvar os filhos. Entretanto, Daniel conta que as duas não sabiam nadar.

“Os pescadores viram e conseguiram salvar as crianças”, comenta. O corpo de Aline chegou a ser resgatado logo em seguida. Uma equipe do Corpo de Bombeiro realizou os primeiros socorros na tentativa de reanimá-la nas margens do açude, mas a vítima foi a óbito. Já o corpo de Valdiana foi encontrados momentos depois.

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta terça-feira (26).