Minha matéria inesquecível nos #6AnosDoTribuna: o inspirador Vale da Rapadura

ANIVERSÁRIO DO PORTAL

Minha matéria inesquecível nos #6AnosDoTribuna: o inspirador Vale da Rapadura

No aniversário do Tribuna do Ceará, jornalista relembra a pauta em que percorreu quase mil quilômetros pelo Ceará para conhecer 6 das 24 melhores escolas públicas do Brasil

Por Jéssica Welma em Cotidiano

11 de março de 2019 às 07:01

Há 1 mês
Repórter do Tribuna do Ceará em escola de Coreaú. (Foto: Arquivo pessoal)

Repórter do Tribuna do Ceará em escola de Coreaú. (Foto: Arquivo pessoal)

Cheguei ao Tribuna do Ceará há três anos. Como veículo online mais premiado do Ceará, apesar de tão jovem, o portal me proporcionou experiências únicas com o jornalismo. Nas reportagens especiais, destaco o Vale da Rapadura. A reportagem que viajou até a Região Norte para contar o que fazem as escolas que ocupam os primeiros lugares no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) venceu três prêmios nacionais e tornou-se referência no jornalismo de educação.

Essa foi a primeira reportagem convergente no Sistema Jangadeiro. Ela foi feita por uma mesma equipe para TV, web e rádio, respeitando as especificidades de cada canal. A prioridade sempre foi a reportagem multimídia no Tribuna do Ceará, mas as adaptações de rádio e de TV nos surpreenderam maravilhosamente e inspiraram outros trabalhos multiplataforma.

+ LEIA TAMBÉM

A Vitória do Ensino Sobre a Distância
Violências Invisíveis
Mares Secos
Viúvas do Trabalho

Viajar pelo interior do Ceará foi uma experiência incrível. As paisagens tinham muito o que acrescentar nas histórias. Por exemplo, chamava atenção a quantidade de ônibus escolares que víamos nas estradas ou de “paus-de-arara”. Na estrada que liga Sobral a Coreaú, passávamos por uma comunidade chamada “Pedra de Fogo”.

No cenário, se via muita fumaça, justamente do processo de produção de cal. A maioria dos moradores vive dessa atividade, caracterizada por um ambiente hostil. São os filhos deles que estão em algumas das escolas que visitamos. Essa mesma relação do ambiente que antecedia a chegada nas escolas foi vista no distrito de Canto, em Coreaú. No caminho, a vegetação é dominada por carnaúba, e a extração e a produção de derivados da planta têm bastante impacto na rotina das famílias e das crianças da região. Vivências que não se esquece.

Com tão pouco tempo de vida, o Tribuna do Ceará se tornou o 5º veículo com mais prêmios na história do jornalismo cearense, segundo ranking do Portal dos Jornalistas. Já são 24 vitórias nesses seis anos, marcando o compromisso com o bom jornalismo e com as histórias que precisam ser contadas.

> Jéssica Welma é repórter do Tribuna do Ceará.

Leia a reportagem:

Vale da Rapadura

Veja outras memórias de profissionais do Tribuna do Ceará:

Roberta Tavares

Hayanne Narlla

Lyvia Rocha

Rafael Luis Azevedo

Publicidade

Dê sua opinião

ANIVERSÁRIO DO PORTAL

Minha matéria inesquecível nos #6AnosDoTribuna: o inspirador Vale da Rapadura

No aniversário do Tribuna do Ceará, jornalista relembra a pauta em que percorreu quase mil quilômetros pelo Ceará para conhecer 6 das 24 melhores escolas públicas do Brasil

Por Jéssica Welma em Cotidiano

11 de março de 2019 às 07:01

Há 1 mês
Repórter do Tribuna do Ceará em escola de Coreaú. (Foto: Arquivo pessoal)

Repórter do Tribuna do Ceará em escola de Coreaú. (Foto: Arquivo pessoal)

Cheguei ao Tribuna do Ceará há três anos. Como veículo online mais premiado do Ceará, apesar de tão jovem, o portal me proporcionou experiências únicas com o jornalismo. Nas reportagens especiais, destaco o Vale da Rapadura. A reportagem que viajou até a Região Norte para contar o que fazem as escolas que ocupam os primeiros lugares no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) venceu três prêmios nacionais e tornou-se referência no jornalismo de educação.

Essa foi a primeira reportagem convergente no Sistema Jangadeiro. Ela foi feita por uma mesma equipe para TV, web e rádio, respeitando as especificidades de cada canal. A prioridade sempre foi a reportagem multimídia no Tribuna do Ceará, mas as adaptações de rádio e de TV nos surpreenderam maravilhosamente e inspiraram outros trabalhos multiplataforma.

+ LEIA TAMBÉM

A Vitória do Ensino Sobre a Distância
Violências Invisíveis
Mares Secos
Viúvas do Trabalho

Viajar pelo interior do Ceará foi uma experiência incrível. As paisagens tinham muito o que acrescentar nas histórias. Por exemplo, chamava atenção a quantidade de ônibus escolares que víamos nas estradas ou de “paus-de-arara”. Na estrada que liga Sobral a Coreaú, passávamos por uma comunidade chamada “Pedra de Fogo”.

No cenário, se via muita fumaça, justamente do processo de produção de cal. A maioria dos moradores vive dessa atividade, caracterizada por um ambiente hostil. São os filhos deles que estão em algumas das escolas que visitamos. Essa mesma relação do ambiente que antecedia a chegada nas escolas foi vista no distrito de Canto, em Coreaú. No caminho, a vegetação é dominada por carnaúba, e a extração e a produção de derivados da planta têm bastante impacto na rotina das famílias e das crianças da região. Vivências que não se esquece.

Com tão pouco tempo de vida, o Tribuna do Ceará se tornou o 5º veículo com mais prêmios na história do jornalismo cearense, segundo ranking do Portal dos Jornalistas. Já são 24 vitórias nesses seis anos, marcando o compromisso com o bom jornalismo e com as histórias que precisam ser contadas.

> Jéssica Welma é repórter do Tribuna do Ceará.

Leia a reportagem:

Vale da Rapadura

Veja outras memórias de profissionais do Tribuna do Ceará:

Roberta Tavares

Hayanne Narlla

Lyvia Rocha

Rafael Luis Azevedo