Menina que sonha em ser médica é diagnosticada com tumor no cérebro e pede ajuda na internet

CAMPANHA

Menina que sonha em ser médica é diagnosticada com tumor no cérebro e pede ajuda na internet

Isabella Albuquerque, de 16 anos, tenta arrecadar dinheiro para o tratamento. Família precisa de, no mínimo, R$ 10 mil

Por Matheus Ribeiro em Cotidiano

18 de agosto de 2016 às 06:30

Há 3 anos
Isabella-Campanha

Isabella precisa de ajuda para dar continuidade ao seu tratamento (FOTO: Arquivo Pessoal)

Aos 16 anos, a cearense Isabella Albuquerque está mobilizando vários internautas com uma campanha para arrecadar dinheiro. No último dia 4 de agosto, a jovem foi diagnosticada com um tumor cerebral após sofrer uma convulsão e ser levada às pressas ao hospital. Sem condições financeiras para arcar com as despesas do tratamento, a família pede ajuda para tentar ajudá-la.

Através de uma campanha de financiamento coletivo e usando as redes sociais, a jovem tentou apresentar um pouco sua história. Na página “Isabella vai vencer”, ela explica que a cirurgia já está marcada, mas ainda necessita de ajudas.

“Sofri uma convulsão e fui levada imediatamente ao hospital. Após exames de eletroencefalograma e ressonância, fui diagnosticada com um tumor cerebral. Os médicos confirmaram a presença do tumor e marcaram minha cirurgia para o dia 16 de agosto”, escreveu. Mas, apesar da gravidade do caso, a cirurgia da adolescente teve que ser adiada para a próxima terça-feira (23).

Em entrevista ao Tribuna do Ceará, a mãe da jovem, Raquel Oliveira, informou que todo o dinheiro arrecadado será pra auxiliar Isabella, que tem o sonho de ser médica. “Trabalho como vendedora e estou sem trabalhar desde o dia que ela teve convulsão. Mesmo assim, juntamos R$ 10 mil para fazer exames pré-operatórios e gastos extras, mas o mais preocupante é o pós-operatório, pois precisaremos de mais dinheiro para custear tudo e, por isso, estamos pedindo ajuda”, contou.

O tratamento

O caso de Isabella é considerado grave pelos médicos. Os pedidos da família são feitos com urgência. “O tratamento depois da cirurgia é o mais complicado. Ainda não sabemos como ela vai reagir e o que vai ser preciso fazer. Os médicos falaram que, ao todo, serão dois anos de tratamento. O tumor está numa área muito delicada e ele está muito infiltrado no cérebro”, afirmou Raquel. 

Devido à gravidade da localização na qual o tumor se encontra, o caso se torna ainda mais delicado. Após a cirurgia, a jovem corre sérios riscos de adquirir sequelas. “Há possibilidade de que ela não fale mais, e que a memória seja comprometida. Mas temos certeza que isso não vai acontecer e que conseguiremos realizar o tratamento como necessário”, ressaltou a mãe.

Entre as alternativas para melhorar a situação de Isabella, Raquel conta que uma delas é realizar a cirurgia em São Paulo. No entanto, o problema financeiro é o principal empecilho.”Há a possibilidade também de fazer o tratamento em São Paulo por causa das tecnologias de lá, que são mais avançadas, e devido à cirurgia ser feita com a pessoa acordada. Mas, para a gente fazer isso, seria preciso mais dinheiro, mais tempo de espera, e a situação dela não permite esperar três meses para conseguirmos tudo isso”, concluiu.

 

 

Como doar?

Quem pretende realizar a doação e ajudar o tratamento da adolescente é simples. Basta transferir qualquer quantia para as contas bancárias da família ou realizar a doação por meio da campanha de financiamento coletivo.

SERVIÇO

Campanha ‘Isabella vai vencer’
Financiamento coletivo: Isabela Vai Vencer

Contas bancárias:
RAQUEL BEZERRA OLIVEIRA
Banco – Caixa
AG. 1977
CC. 1895-0
Operação 013
CPF: 895.157.733-34

RAQUEL BEZERRA OLIVEIRA
Banco Itaú
AG. 0366
CC. 41849-9
CPF: 895.157.733-34

CRISTIANE BEZERRA OLIVEIRA
Banco do Brasil
AG. 0898-2
CC. 14233-6
CPF: 920.927.483-00

Publicidade

Dê sua opinião

CAMPANHA

Menina que sonha em ser médica é diagnosticada com tumor no cérebro e pede ajuda na internet

Isabella Albuquerque, de 16 anos, tenta arrecadar dinheiro para o tratamento. Família precisa de, no mínimo, R$ 10 mil

Por Matheus Ribeiro em Cotidiano

18 de agosto de 2016 às 06:30

Há 3 anos
Isabella-Campanha

Isabella precisa de ajuda para dar continuidade ao seu tratamento (FOTO: Arquivo Pessoal)

Aos 16 anos, a cearense Isabella Albuquerque está mobilizando vários internautas com uma campanha para arrecadar dinheiro. No último dia 4 de agosto, a jovem foi diagnosticada com um tumor cerebral após sofrer uma convulsão e ser levada às pressas ao hospital. Sem condições financeiras para arcar com as despesas do tratamento, a família pede ajuda para tentar ajudá-la.

Através de uma campanha de financiamento coletivo e usando as redes sociais, a jovem tentou apresentar um pouco sua história. Na página “Isabella vai vencer”, ela explica que a cirurgia já está marcada, mas ainda necessita de ajudas.

“Sofri uma convulsão e fui levada imediatamente ao hospital. Após exames de eletroencefalograma e ressonância, fui diagnosticada com um tumor cerebral. Os médicos confirmaram a presença do tumor e marcaram minha cirurgia para o dia 16 de agosto”, escreveu. Mas, apesar da gravidade do caso, a cirurgia da adolescente teve que ser adiada para a próxima terça-feira (23).

Em entrevista ao Tribuna do Ceará, a mãe da jovem, Raquel Oliveira, informou que todo o dinheiro arrecadado será pra auxiliar Isabella, que tem o sonho de ser médica. “Trabalho como vendedora e estou sem trabalhar desde o dia que ela teve convulsão. Mesmo assim, juntamos R$ 10 mil para fazer exames pré-operatórios e gastos extras, mas o mais preocupante é o pós-operatório, pois precisaremos de mais dinheiro para custear tudo e, por isso, estamos pedindo ajuda”, contou.

O tratamento

O caso de Isabella é considerado grave pelos médicos. Os pedidos da família são feitos com urgência. “O tratamento depois da cirurgia é o mais complicado. Ainda não sabemos como ela vai reagir e o que vai ser preciso fazer. Os médicos falaram que, ao todo, serão dois anos de tratamento. O tumor está numa área muito delicada e ele está muito infiltrado no cérebro”, afirmou Raquel. 

Devido à gravidade da localização na qual o tumor se encontra, o caso se torna ainda mais delicado. Após a cirurgia, a jovem corre sérios riscos de adquirir sequelas. “Há possibilidade de que ela não fale mais, e que a memória seja comprometida. Mas temos certeza que isso não vai acontecer e que conseguiremos realizar o tratamento como necessário”, ressaltou a mãe.

Entre as alternativas para melhorar a situação de Isabella, Raquel conta que uma delas é realizar a cirurgia em São Paulo. No entanto, o problema financeiro é o principal empecilho.”Há a possibilidade também de fazer o tratamento em São Paulo por causa das tecnologias de lá, que são mais avançadas, e devido à cirurgia ser feita com a pessoa acordada. Mas, para a gente fazer isso, seria preciso mais dinheiro, mais tempo de espera, e a situação dela não permite esperar três meses para conseguirmos tudo isso”, concluiu.

 

 

Como doar?

Quem pretende realizar a doação e ajudar o tratamento da adolescente é simples. Basta transferir qualquer quantia para as contas bancárias da família ou realizar a doação por meio da campanha de financiamento coletivo.

SERVIÇO

Campanha ‘Isabella vai vencer’
Financiamento coletivo: Isabela Vai Vencer

Contas bancárias:
RAQUEL BEZERRA OLIVEIRA
Banco – Caixa
AG. 1977
CC. 1895-0
Operação 013
CPF: 895.157.733-34

RAQUEL BEZERRA OLIVEIRA
Banco Itaú
AG. 0366
CC. 41849-9
CPF: 895.157.733-34

CRISTIANE BEZERRA OLIVEIRA
Banco do Brasil
AG. 0898-2
CC. 14233-6
CPF: 920.927.483-00