Jovens fazem “beijaço” em shopping de Fortaleza após denúncia de homofobia


Jovens fazem “beijaço” em shopping de Fortaleza após denúncia de homofobia

Jovem havia denunciado em perfil no Facebook atitude preconceituosa que teria sido praticada por um segurança do Shopping Benfica

Por Roberta Tavares em Cotidiano

11 de abril de 2016 às 13:57

Há 3 anos
Jovens se reuniram e participaram de beijo coletivo em estabelecimento (FOTO: Reprodução)

Jovens se reuniram e participaram de beijo coletivo em estabelecimento (FOTO: Reprodução)

Como forma de protesto contra um possível episódio homofóbico ocorrido em um shopping de Fortaleza, jovens se reuniram no estabelecimento para participar de um “beijaço”. O evento foi realizado na última sexta-feira (8), na Praça de Alimentação do Shopping Benfica.

Com bandeira da causa LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) e sob gritos de “Eu beijo homem, beijo mulher, tenho o direito de beijar quem eu quiser”, o beijo coletivo aconteceu.

O “beijaço” foi registrado após o que seria atitude preconceituosa de um dos seguranças do shopping, na segunda-feira (4), denunciada por um estudante. De acordo com publicação no perfil do Facebook de Michel Vicent Sampaio, ele estava beijando o namorado quando um funcionário do estabelecimento teria pedido para o jovem “maneirar nos beijos, pois tinha criança na mesa ao lado”.

Advertência

O rapaz teria recusado o pedido e, então, foi advertido pelo segurança: “Bem, vocês já estão avisados”. Michel informou que nunca imaginou passar pelo constrangimento. “Fiquei pensando por que eu teria que parar de beijar, se um casal hétero pode fazer o mesmo, e nenhum guarda vai lá proibir”. Após o caso, o jovem fez denúncia formal na Secretaria Executiva Regional IV.

“Eu beijo homem, beijo mulher, tenho o direito de beijar quem eu quiser”. (Grito de guerra)

De acordo com a Lei Municipal 8211/98, de Fortaleza, os estabelecimentos comerciais, industriais, empresas prestadoras de serviços e similares que discriminarem pessoas em virtude de sua orientação sexual, na forma do inciso XXI do artigo 7º da Lei Orgânica do Município, poderão sofrer advertência, multa mínima de 1.250 Ufir, suspensão do funcionamento por 30dias e até cassação de alvará.

O Tribuna do Ceará entrou em contato com a assessoria do Shopping Benfica, mas até a publicação da matéria não obteve resposta.

Veja as imagens:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15826288″]

Publicidade

Dê sua opinião

Jovens fazem “beijaço” em shopping de Fortaleza após denúncia de homofobia

Jovem havia denunciado em perfil no Facebook atitude preconceituosa que teria sido praticada por um segurança do Shopping Benfica

Por Roberta Tavares em Cotidiano

11 de abril de 2016 às 13:57

Há 3 anos
Jovens se reuniram e participaram de beijo coletivo em estabelecimento (FOTO: Reprodução)

Jovens se reuniram e participaram de beijo coletivo em estabelecimento (FOTO: Reprodução)

Como forma de protesto contra um possível episódio homofóbico ocorrido em um shopping de Fortaleza, jovens se reuniram no estabelecimento para participar de um “beijaço”. O evento foi realizado na última sexta-feira (8), na Praça de Alimentação do Shopping Benfica.

Com bandeira da causa LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) e sob gritos de “Eu beijo homem, beijo mulher, tenho o direito de beijar quem eu quiser”, o beijo coletivo aconteceu.

O “beijaço” foi registrado após o que seria atitude preconceituosa de um dos seguranças do shopping, na segunda-feira (4), denunciada por um estudante. De acordo com publicação no perfil do Facebook de Michel Vicent Sampaio, ele estava beijando o namorado quando um funcionário do estabelecimento teria pedido para o jovem “maneirar nos beijos, pois tinha criança na mesa ao lado”.

Advertência

O rapaz teria recusado o pedido e, então, foi advertido pelo segurança: “Bem, vocês já estão avisados”. Michel informou que nunca imaginou passar pelo constrangimento. “Fiquei pensando por que eu teria que parar de beijar, se um casal hétero pode fazer o mesmo, e nenhum guarda vai lá proibir”. Após o caso, o jovem fez denúncia formal na Secretaria Executiva Regional IV.

“Eu beijo homem, beijo mulher, tenho o direito de beijar quem eu quiser”. (Grito de guerra)

De acordo com a Lei Municipal 8211/98, de Fortaleza, os estabelecimentos comerciais, industriais, empresas prestadoras de serviços e similares que discriminarem pessoas em virtude de sua orientação sexual, na forma do inciso XXI do artigo 7º da Lei Orgânica do Município, poderão sofrer advertência, multa mínima de 1.250 Ufir, suspensão do funcionamento por 30dias e até cassação de alvará.

O Tribuna do Ceará entrou em contato com a assessoria do Shopping Benfica, mas até a publicação da matéria não obteve resposta.

Veja as imagens:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15826288″]